Saiba em que detalhes prestar atenção para identificar o candidato errado para uma vaga na sua empresa

candidato-errado 4

Enquanto o recrutamento de talentos e a retenção de funcionários seguem entre os maiores desafios dos profissionais que atual na área de recursos humanos, profissionais ‘picaretas’ seguem aparecendo em entrevistas e seleções empresariais – colocando todo o trabalho feito pelo RH em risco e aumentando a possibilidade de que uma corporação desperdice recursos por contratar o candidato errado.

Para evitar a contratação de um candidato errado e, consequentemente, a perda de tempo e de recursos de uma empresa com este profissional, confira cinco fatores para ficar atento na hora de selecionar um novo colaborador para a sua organização:

  1. Atenção no currículo
    É preciso ficar atento à afirmações de grandes feitos em períodos muito curtos; este é um dos principais hábitos entre os candidatos ‘picaretas’.
  2. Preste atenção na linguagem corporal
    Olhar para cima, desviar o olhar dos olhos do entrevistador e mudar de posição logo após uma pergunta ser feita são sinais clássicos de desconforto, e devem ser itens bem observados no candidato durante uma entrevista de emprego.
  3. Foco no tom de voz
    Variações muito extremas para concordar com o que diz o entrevistador também podem revelar sinais importantes de que um candidato não se sente seguro suficiente ou não é qualificado para uma função específica.
  4. Elabore perguntas práticas e relacionadas à situações reais
    Perguntar sobre dificuldades em empregos antigos ou de que forma foram solucionados os problemas em uma função já exercida podem ser boas formas de avaliar as habilidades de um candidato.
  5. Cheque as referências
    Conversar com antigos empregadores e saber mais sobre a atuação do candidato em empregos antigos é fundamental para saber se o candidato pode atuar bem em uma vaga.

Imagem: reprodução

Auto-avaliação Departamento Pessoal

Sobre o autor

Equipe Convenia

Deixe um comentário