Conhecer e implementar boas práticas de gestão de pessoas é uma atividade-chave para o crescimento de qualquer companhia, especialmente para as pequenas e médias. Isso porque colaboradores bem conduzidos são mais engajados, comprometidos e eficientes.

Atualmente, a gestão de pessoas não se restringe apenas às atividades burocráticas, como contratar e pagar pessoas. Seu papel vai além: envolve a atração, integração, desenvolvimento, motivação e retenção de profissionais talentosos.

Você pode baixar gratuitamente nosso eBook Retenção de Talentos: Indo Além do Salário

Pensando nisso, criamos este artigo para você. Vamos falar sobre as melhores práticas de gestão de pessoas e como elas podem ser implementadas em sua empresa. Continue lendo nosso artigo e fique por dentro do assunto. Boa leitura!

1. Otimize o diálogo dentro da empresa

O diálogo dentro da empresa é uma importante prática para manter todos os funcionários informados e alinhados. Contudo, infelizmente, alguns gestores e empreendedores ainda não dão a devida atenção ao assunto — um grande equívoco.

Segundo Peter Drucker, guru da administração, mais de 60% dos problemas e conflitos internos acontecem pela falta de comunicação. Além disso, pelo mesmo problema, a sinergia entre os funcionários e equipes de trabalho é amplamente prejudicada.

Para melhorar a comunicação, é importante que toda a empresa esteja comprometida com o assunto, especialmente os seus líderes. Quando isso acontece, a comunicação é vista como algo crucial para alcançar grandes resultados.

Depois, é preciso contar com o auxílio de canais de comunicação que otimizem essa prática. Pode-se usar: murais de recados, intranet, e-mail corporativo ou modernos softwares. Um aplicativo que utilizamos aqui no Convenia e recomendamos é o Slack.

2. Aprimore o processo de atração de talentos

A atração de talentos é essencial para qualquer organização que deseja se destacar. Infelizmente, nosso país é considerado um dos piores do mundo para encontrar profissionais qualificados, segundo relatório do ManpowerGroup.

Para atrair gente talentosa, é necessário azeitar todo o processo de recrutamento e seleção, tornando-o mais ágil, barato e eficiente. Mas como fazer isso? Uma das táticas mais utilizadas é a construção de uma marca empregadora.

Essa marca busca mostrar que a empresa é um bom lugar para se trabalhar, que respeita e investe nos seus colaboradores. Existem algumas coisas que podem ser feitas para construir uma marca empregadora, as quais são simples e envolvem custos mínimos. Veja:

  • estabeleça presença nas redes sociais;
  • crie uma página de carreiras (onde poderá compartilhar mais informações sobre a empresa, sua cultura, líderes, missão, etc.);
  • utilize seus atuais trabalhadores como embaixadores da sua marca;
  • respeito todos os candidatos à vaga de emprego;

3. Recompense as conquistas dos profissionais

Quando se reconhece e recompensa um profissional por suas conquistas, cria-se um forte senso de meritocracia. Isso quer dizer que cada pessoa será recompensada (em termo de carreia, salário e prêmios) de acordo com o que produz.

Poucas coisas são mais eficientes para aumentar a produtividade da empresa. Quando os trabalhadores entendem essa mensagem, passam a produzir mais e melhor. Porém, é necessário saber definir boas recompensas. Veja algumas dicas:

  • estabeleça recompensas que sejam desejados por toda a equipe;
  • faça com que elas acompanhem o grau de complexidade de cada tarefa;
  • equilibre as recompensas financeiras e não-financeiras;
  • deixe claro a toda a equipe porque determinado funcionário está sendo premiado.

Ao fazer isso, conseguirá resultados ainda melhores. Não pense que precisará gastar muito para incentivar seus colaboradores. Existem recompensas inovadoras e bastante desejadas, tais como: vaga privilegiada na garagem, dia de folga ou almoço com acompanhante.

4. Ofereça constantes feedbacks à equipe

O feedback é um retorno de informação, ou melhor, falar para cada funcionário sobre seus pontos positivos e negativos na empresa. Alguns gestores, por medo de serem rejeitados ou mal vistos pela equipe, deixam de fazer isso — um grande erro.

Essa prática deve ser contínua dentro da empresa, sempre mostrando para os profissionais como podem melhorar ainda mais. Deixar de dar feedback à equipe é castigá-la com silêncio e indiferença. Veja como fazer isso de forma adequada:

  • de preferência, faça isso em particular com cada trabalhador;
  • saiba equilibrar as críticas e os elogios (nunca apenas critique);
  • dê exemplos práticos de como o profissional pode melhorar;
  • esteja disposto a ouvir o que ele precisa dizer.

Quando se cria uma cultura de feedback, em que ele é ofertado e recebido com atenção por todos dentro da empresa, é possível colher diversos benefícios. Isso aumenta a sensação de transparência, melhora o clima organizacional e subsidia grandes resultados.

5. Mantenha o time sempre treinado

Quando um colaborador está treinado, consegue desempenhar suas tarefas diárias com mais agilidade e eficácia. Além disso, é capaz de atender melhor aos clientes da empresa e solucionar problemas que surgem ao longo do dia, mesmo os mais complexos.

Mas antes de começar a treinar sua equipe, é preciso saber de que tipo de treinamento ela de fato precisa. Para isso o indicado é que realize uma avaliação de desempenho, buscando conhecer os conhecimentos, habilidades e atitudes que devem ser aprimorados.

A boa notícia é que treinar os colaboradores está cada vez mais fácil. Atualmente, existem diversos modais de capacitação. Os mais comuns são:

  • treinamentos à distância (EAD)
  • treinamentos colaborativos (quando um membro da equipe cria e compartilha o treinamento);
  • treinamento out company (workshops, cursos, palestras);
  • treinamento in company (cursos e palestras realizados dentro da empresa).

O melhor modelo pode variar bastante. Para definir qual mais se adéqua à sua companhia, é preciso levar ao menos três fatores em consideração: o perfil dos funcionários, a cultura da companhia e o orçamento disponível.

6. Utilize a tecnologia a seu favor

A gestão de pessoas tem uma grande aliada, a tecnologia. Hoje é possível utilizar softwares de ponta para facilitar todo o processo de RH, automatizando parte das atividades mais burocrática como o controle de ponto, férias e gestão de folha.

Assim é possível ter mais tempo para cuidar das atividades estratégicas, como atrair e reter profissionais talentosos. Além disso, com um bom sistema, é possível ter acesso a dados relevantes em tempo real, como o número de admissões ou desligamentos.

Veja que essas são excelentes práticas para a gestão de pessoas. Ao aplicá-las, conseguirá otimizar a produtividade dos funcionários e, por consequência, tornar a empresa mais prospera, saudável e atraente para possíveis investidores.

banner_post_retencao_de_talentos

Sobre o autor

admin