Saiba de que maneira o departamento pessoal pode manter a empatia enquanto agiliza o processo de desligamento de um funcionário

departamento-pessoal-02 - 1

Conforme explicado na Parte I deste artigo, o processo de desligamento de um funcionário pode ser uma situação delicada para quem atua no departamento pessoal de uma empresa, devendo ser levado com cuidado e atenção para evitar erros e problemas com o colaborador em questão.

Confira, a seguir, mais algumas dicas de como o departamento pessoal pode encaminhar esse tipo de situação sem prejuízos e danos para a corporação ou seus profissionais:

  1. Oriente e defina o comunicador da notícia
    Embora o RH possa e deva fornecer ajuda, a responsabilidade de comunicar a demissão ao funcionário é do seu superior direto – e ele deve ser orientado sobre a melhor maneira de fazê-lo, sendo respeitoso e dando tempo suficiente na reunião onde o caso é abordado para que o funcionário possa absorver esta nova informação.
  2. Prepare o ambiente para dar a notícia
    O local da reunião onde o colaborador saberá sobre seu afastamento deve ser afastado de olhares curiosos e, de preferência, próximo à um banheiro – já que, em muitos casos, ao receber a notícia, o funcionário pode se emocionar e precisar lavar o rosto, por exemplo.
  3. Escolha o melhor horário
    Não há por que adiar a notícia se os fatos não vão mudar e, portanto, se for possível, comunique a decisão da empresa ao funcionário durante a parte da manhã – evitando reuniões com pressa no fim do dia e dando a oportunidade para que o profissional afastado possa despedir-se e passar pendências sem correrias.
  4. Seja cordial e respeitoso
    Muitos funcionários, ao receber esse tipo de notícia, podem se tornar um tanto nervosos; mas lembre-se, não é pessoal; e você deve manter o controle, já que representa a empresa que o demitiu.

 

Imagem: reprodução

Auto-avaliação Departamento Pessoal

Sobre o autor

Equipe Convenia

Deixe um comentário