Saber como desenvolver liderança é um importante passo, afinal o crescimento da empresa e o sucesso das equipes depende disso. Sem bons líderes, seria muito difícil atingir os objetivos organizacionais, assim como manter os profissionais motivados.

É importante lembrar que nem todo chefe — portador do poder posicional — é um líder. Aliás, há profissionais que possuem uma posição de comando na organização, mas não sabem influenciar seus subordinados, precisando partir para a coação.

Pensando nisso, desenvolvemos um guia para você, com 7 dicas de ouro sobre como desenvolver liderança. Continue a leitura e fique por dentro do assunto!

1. Tenha empatia pela equipe de trabalho

Provavelmente, você já ouviu a frase “não faça com os outros o que não gostaria que fizessem com você”. Ela se refere a um pilar fundamental da liderança de pessoas e da inteligência emocional: a empatia — ou melhor, a capacidade de se colocar no lugar do outro.

Líderes que não se colocam no lugar de seus liderados normalmente não conseguem compreender suas angústias ou seus interesses e, por consequência, não atendem às suas necessidades. Então, sempre que possível, se coloque no lugar dos liderados.

Para exercitar a empatia, faça um trabalho operacional ao menos uma vez por mês, colocando-se verdadeiramente no lugar dos funcionários. Por exemplo: vá para o call center e atenda às ligações dos clientes. Depois, reflita sobre como essa tarefa pode ser melhorada.

2. Deixe a porta aberta para contribuições

Grandes líderes são profissionais acessíveis, que ouvem as pessoas ao redor e extraem boas lições de cada conversa. Algumas das maiores empresas do mundo incentivam essa cultura de transparência, estimulando os líderes a deixarem as portas abertas para os liderados.

Infelizmente, muitos se jugam sem tempo para fazer isso. Acham que trabalham demais e não possuem tempo para ouvir sua equipe. E aqui está outro segredo: os bons líderes também sabem administrar o seu tempo — e não vivem apagando “incêndio”.

Então, torne-se mais acessível. Mostre aos profissionais que deseja ouvi-los. Na Votorantim, há um momento chamado de bate-papo com a liderança, em que os operários podem tirar suas dúvidas ou dar sugestões aos mais altos líderes da instituição.

3. Aprenda a descentralizar o poder

Chefes inseguros gostam de manter o comando em suas mãos, então centralizam o poder e exigem que absolutamente tudo passe por eles. Mas essa não é uma postura adequada, pois é preciso demonstrar confiança no time de trabalho, atribuindo-lhe responsabilidades.

Portanto, comece a delegar mais tarefas, deixando que os trabalhadores assumam novas funções. Todavia, não basta “jogar” o que deve ser feito. É preciso preparar adequadamente os profissionais para isso, com treinamentos específicos.

Nesse sentido, uma grande vantagem é que o líder terá mais tempo para fazer o que é realmente importante: conduzir a equipe. O acúmulo de trabalho faz com que o gestor fique perdido em meio a burocracias e tarefas que são, muitas vezes, desnecessárias.

4. Melhore a comunicação com os liderados

No checklist da liderança, a comunicação é um dos tópicos mais importantes. Todo líder precisa se comunicar de forma eficaz para engajar e alinhar o time na busca por bons resultados. Além disso, uma boa comunicação previne erros, conflitos e acidentes no trabalho.

É certo que grande parte do sucesso do diálogo na empresa depende da implementação de canais adequados, como o mural de recado ou o e-mail corporativo. Porém, há uma grande responsabilidade do próprio líder, especialmente quanto às informações importantes.

Então, é crucial ter um diálogo aberto com a equipe, mantendo-a informada de tudo o que a diz respeito. Assim, será possível construir uma cultura de credibilidade e transparência, capaz de reter talentos e gerar melhores resultados no futuro.

5. Identifique e desenvolva outros líderes

Uma regra de ouro para que a liderança seja bem-sucedida é construir outros líderes, isto é, desenvolver, nos subordinados, as competências necessárias para que alcancem um cargo de comando na companhia. Tenha em mente que, quando os liderados crescem, o líder também prospera.

Nesse caso, os treinamentos pontuais não devem ser a principal preocupação. O objetivo é desenvolver os colaboradores por meio de programas de liderança, coaching ou feedbacks periódicos. Como é difícil fazer isso com todos os subordinados, foque naqueles com maior potencial.

Duas variáveis devem ser consideradas na hora de identificar futuros líderes: o zelo pelos valores da organização e os resultados entregues. Invista nos profissionais que apresentam comprometimento e resultado — nunca o contrário.

6. Saiba reconhecer e recompensar o time

Em muitas empresas, os funcionários não se sentem reconhecidos por seus superiores imediatos. Tais colaboradores acreditam que só enxergam suas falhas, mas nunca o que fazem de bom pela companhia. Por essa razão, outra dica é reconhecê-los e recompensá-los.

De acordo com pesquisa da Towers Watson, o desempenho de um profissional aumenta em cerca de 60% quando é reconhecido por seu superior imediato. Assim, um simples elogio pode fazer toda a diferença e inspirar a equipe à ação.

Todavia, é preciso recompensar os profissionais. Além das gratificações financeiras, tradicionalmente usadas, é possível investir em outras mais inovadoras. Que tal oferecer um dia de folga remunerada ou uma vaga exclusiva na garagem? Essas são recompensas inovadoras.

7. Seja o exemplo do que deseja ver

O antigo jargão “faça o que eu falo, mas não faça o que eu faço” não funciona mais. É essencial que o líder seja exemplar no ambiente de trabalho, mostrando — por meio das próprias atitudes — como as coisas devem ser feitas.

Um líder exemplar é aquele que abraça os valores da companhia, ouve seus superiores, se compromete pessoalmente com os resultados e atua com diligência. Mas deve-se ter cuidado para não criar a ideia de um super-homem, que não comete erros.

Mesmo os maiores líderes erram e, quando isso acontece, possuem humildade para pedir desculpas. Aliás, a humildade é outra competência a ser desenvolvida.

Agora você está por dentro do assunto e sabe como desenvolver liderança. Tenha em mente que nenhum líder nasce pronto, por mais comunicativo ou carismático que seja. A maioria das habilidades precisa ser lapidada ao longo da vida, com esforço e perseverança. Nesse sentido, um líder é como um atleta profissional que busca se aprimorar diariamente.

Gostou do conteúdo? Aproveite para curtir nossa página no Facebook e ficar sempre por dentro de nossas novidades!

Sobre o autor

Equipe Convenia

Deixe um comentário