Saiba quais são as profissões em alta no País, requisitadas em função do pré-sal

 

Profissões em alta

De acordo com a empresa de recrutamento Michael Page, a realização do primeiro leilão do pré-sal deve desencadear um grande aumento da procura por profissionais dos setores de óleo e gás, modificando o cenário das profissões em alta no Brasil. Segundo matéria publicada no jornal Folha de S. Paulo, os investimentos pesados no campo de Libra – que devem começar a partir de 2017 – trarão oportunidades tanto para profissionais jovens como seniores.

Nesse novo cenário, as áreas de exploração, produção e perfuração ganham destaque, colocando geólogos e engenheiros entre as profissões em alta do momento – que devem pagar salários de até cerca de R$ 50 mil. Confira, a seguir, as 11 profissões que devem ganhar espaço e gerar oportunidades em função do desenvolvimento do campo de Libra no Brasil:

  • Geólogos
    Especialistas nas áreas com potencial para exploração, os formados em geologia devem ganhar salários iniciais de até R$ 8 mil.
  • Geofísicos
    Os geólogos com especialização em geofísica devem ter remunerações de até R$ 12 mil em início de carreira; sendo que esse número cresce para mais de R$ 30 mil entre os mais experientes.
  • Petrofísicos
    Requisitados na fase de investigação, os geólogos especializados em petrofísica terão acesso a salários entre R$ 8 mil e R$ 45 mil.
  • Engenheiros de perfuração
    Engenheiros civis, mecânicos e elétricos, entre outros, fazem parte desse grupo, que inclui os profissionais com experiência em prestação de serviços para as indústrias de gás e óleo. As remunerações podem passar de R$ 30 mil para os mais experientes, sendo que os mais jovens podem ter salários de até R$ 12 mil.
  • Gerentes de perfuração
    O perfil do profissional desse grupo é o mesmo dos engenheiros, no entanto, a experiência aqui é de pelo menos 20 anos, com salários que ultrapassam R$ 30 mil.
  • Gerente de contratos
    Com salários entre R$ 15 mil e R$ 40 mil, os engenheiros profissionais devem ter experiência técnica para garantir vaga neste grupo específico.
  • Gerente de projeto
    A formação em engenharia e a experiência são fundamentais para estes gestores, que devem ganhar remunerações de até R$ 40 mil.
  • Gerente de engenharia
    Com salário de até R$ 40 mil, esse profissional comanda as demais equipes de engenheiros.
  • Gerente de operação
    O engenheiro deve atuar nas indústrias química ou petroquímica para comandar a fase de produção, podendo ganhar mais de R$ 50 mil de acordo com seu nível de experiência.
  • Gerente de plataforma
    Experiência anterior e formação em engenharia são necessários, e o profissional deve ter foco no projeto e em suas questões de segurança, podendo alcançar salários entre R$ 25 mil e R$ 35 mil.
  • Oficiais de náutica
    Formados pela Marinha, os comandantes da Náutica podem ganhar mais de R$ 30 mil nessa função.

Imagem: reprodução

 

Sobre o autor

Equipe Convenia

Deixe um comentário