A avaliação de desempenho não é um processo novo. Ela já vem sendo utilizada pelas organizações há algum tempo e tem se mostrado uma ferramenta muito importante para o crescimento dos colaboradores e da empresa como um todo. Porém, existem diversas formas de realizar esse processo, e entender bem essa ferramenta e a realidade da sua empresa é essencial para escolher a melhor para você.

Você sabe o quanto os seus colaboradores estão crescendo com o passar do tempo? Sabe como medir o seu desenvolvimento? A avaliação de desempenho é uma ferramenta que evidencia esses aspectos em relação aos seus funcionários. Entenda neste artigo como ela funciona e quais tipos de avaliação de desempenho existem!

O que é uma avaliação de desempenho?

A avaliação de desempenho é uma ferramenta utilizada pelas empresas para medir o desempenho de um colaborador ou de uma equipe em um determinado período de tempo. Ou seja, ela mensura o quanto os seus funcionários estão contribuindo para o seu negócio, assim como o quanto eles estão se desenvolvendo na sua empresa.

Com ela você pode mensurar qual o nível de conhecimento técnico dos seus colaboradores, assim como a qualidade do relacionamento deles com os seus colegas e líderes. Além disso, consegue entender qual o seu perfil profissional, principais competências e limitações.

Dessa forma, você avalia o quanto o comportamento do seu funcionário está de acordo com o que é esperado dele. Além disso, consegue acompanhar os resultados obtidos a partir dos desafios propostos, planejando intervenções quando necessário.

Quais são os benefícios da avaliação de desempenho para sua empresa?

Com uma boa avaliação de desempenho, seu funcionário ganha mais clareza sobre o seu perfil profissional. Além disso, ele consegue perceber os seus pontos fortes e fracos, assim como formas de melhorá-los.

Dessa forma, se torna mais responsável pelo seu próprio crescimento dentro da empresa, buscando formas de melhorar o seu desempenho, passando também a entender melhor qual o seu papel na organização e o que ela espera dele.

Os gestores também entendem melhor qual o perfil de trabalho da sua equipe, o que possibilita que tomem decisões mais assertivas em relação a eles. Além disso, ganham conhecimento sobre o próprio papel e influência no comportamento dos seus funcionários, melhorando também o seu desempenho.

Já a empresa consegue identificar os seus funcionários com maior potencial, assim como as áreas que mais precisam de auxílio. Consegue identificar as lacunas de conhecimento existentes nos seus setores e, com isso, desenvolver seus colaboradores por meio de treinamentos e capacitações mais pontuais e assertivos.

Quais são os tipos de avaliação de desempenho?

Existem diversas formas de aplicar essa ferramenta na sua empresa. Para escolher o que melhor se adéqua à sua realidade, é essencial ter claros os seus objetivos com a avaliação de desempenho e a situação atual da sua empresa.

Você também precisa entender cada um desses tipos, assim como suas vantagens e limitações. Conheça agora os principais tipos de avaliação de desempenho.

Autoavaliação

Nesse tipo de avaliação de desempenho, o seu colaborador avalia a si mesmo de acordo com alguns critérios. Após refletir sobre o próprio comportamento e desempenho nas suas funções, o seu funcionário discute com o seu superior direto sobre as conclusões nas quais chegou.

Portanto, esse processo permite que o seu funcionário seja protagonista no seu processo de avaliação. Além disso, melhora a sua autocrítica e autorreflexão, uma vez que o induz a pensar sobre seus comportamentos e pontos de melhoria. Também mostra aos seus colaboradores as diferenças entre a forma como ele e o seu líder percebem o seu desempenho.

Porém, esse tipo de avaliação de desempenho exige maturidade da sua equipe de colaboradores. O autoconhecimento não é um processo simples, por isso, pode ser que os seus funcionários não estejam preparados e capacitados para avaliarem de forma realista o próprio desempenho.

Avaliação por superior imediato

Nesse tipo de avaliação de desempenho os seus gestores irão avaliar o desempenho dos seus colaboradores. Ou seja, a equipe de trabalho será ponderada pelo seu líder direto com o apoio do setor de RH da sua empresa.

Esse tipo de avaliação é eficiente uma vez que os seus colaboradores são analisados pela pessoa que tem mais contato com eles — o seu superior direto. Ele é quem delega as tarefas e estabelece metas, sendo quem tem maior conhecimento sobre a própria equipe.

Porém, dependendo do tipo de liderança e da relação entre os líderes e sua equipe, essa avaliação pode não refletir a realidade da empresa. Isso porque uma proximidade demasiada pode fazer com que o gestor não perceba algumas falhas e limitações do seu time. De forma contrária, problemas de relacionamento entre o líder e algum dos membros dessa equipe podem enviesar a avaliação.

Avaliação por competências

Esse tipo de avaliação é baseado na teoria de competências. Para realizá-la você deve definir as principais competências esperadas dos membros de determinada área ou setor da sua empresa. A partir dessa definição, você avalia quais dessas competências estão sendo praticadas por esses colaboradores e quais precisam ser desenvolvidas.

Dessa forma, você consegue ter um panorama mais completo das habilidades técnicas e comportamentais que a sua equipe precisa desenvolver. Além disso, consegue estabelecer metas e comparar resultados de avaliações passadas, mensurando o crescimento da sua equipe.

Porém, para a utilização desse método de avaliação é essencial que você tenha descritas as aptidões essenciais para cada um dos cargos e funções da sua empresa. Além disso, a sua equipe de RH precisa ter um conhecimento de competências bem desenvolvido para que a avaliação seja precisa.


Avaliação por objetivos

Nesse tipo de avaliação, a própria equipe cria, junto ao seu líder, uma série de metas e objetivos que devem ser atingidos em um determinado período. Com isso, após esse tempo, a própria equipe avalia o seu desempenho de acordo com os resultados obtidos.

A partir dessa avaliação, você consegue mensurar não apenas o desempenho da equipe, mas a forma como cada um dos seus colaboradores age para atingir os seus objetivos. Além disso, consegue ver com muita clareza quais os setores que mais precisam de intervenção.

Esse tipo de avaliação é mais adequado para empresas com uma gestão mais voltada para resultados. Isso porque toda a sua análise será feita baseada nos objetivos atingidos. Por isso, antes de implementá-la na sua empresa, identifique o quão alinhada está a sua forma de gestão.

Avaliação 180 graus

Essa avaliação também é chamada de avaliação conjunta, já que é realizada pelo avaliador e avaliado simultaneamente. Isso significa que o colaborador avalia o seu líder ao mesmo tempo em que é avaliado por ele, enquanto eles discutem sobre esse feedback.

Ela é mediada pelo setor de RH e pode ser um importante momento de troca e abertura de canais de comunicação entre líder e funcionário. Também possibilita a discussão dos resultados durante a realização da avaliação.

Porém, ela é mais adequada para empresas que já têm uma cultura de feedback bem estruturada. Isso porque, se alguma das partes não souber como dar o feedback de forma adequada, ela pode gerar mais conflitos do que comunicação.

Avaliação 360 graus

É o tipo de avaliação mais utilizado pelas empresas hoje em dia. Na avaliação 360 graus, todas as pessoas que têm contato com o colaborador participam da sua avaliação. Ou seja, o seu funcionário é avaliado por colegas e líderes — podendo incluir clientes e fornecedores, caso necessário.

Essa avaliação fornece mais credibilidade em seus resultados, uma vez que parte de vários pontos de vista na hora de avaliar o seu colaborador. Além disso, o colaborador também avalia o líder no questionário, o que gera feedback para toda a empresa.

Porém, é uma avaliação grande e demorada. Além de tomar tempo da sua equipe, ela pode gerar desmotivação nos seus funcionários, o que pode comprometer a qualidade das suas respostas.

Entendendo todos os tipos de avaliação de desempenho que você pode utilizar na sua empresa, você estará pronto para escolher a mais adequada a sua realidade. Dessa forma, conseguirá mensurar o crescimento dos seus colaboradores e da sua empresa como um todo.

E para aumentar ainda mais a qualidade da sua avaliação de desempenho, confira mais um de nossos posts e continue aprendendo: 5 modelos de questionário para avaliação de desempenho!

Imagem: reprodução

Convenia Clube de Vantagens

 

Sobre o autor

Equipe Convenia

Deixe um comentário