De acordo com estudo recente, 47% das empresas brasileiras ainda não têm mulheres em cargos de liderança

mulheres-cargos-lideranca - 2

Frequentemente abordada no Blog Convenia, a participação das mulheres no mercado de trabalho atual é uma pauta cada vez mais constante no mundo empresarial – seja pelas tendências que apontam diferenças menores entre os gêneros em um futuro próximo ou pelo fato de que, na realidade, ainda há muitas indicações que provem o contrário; como a de que, hoje, o mercado brasileiro tem 47% de suas corporações sem a presença de mulheres em cargos de liderança.

Os dados – apresentados de acordo com o que foi coletado pelo International Business Report 2014 (IBR), realizado pela Grand Thornton – colocam o mercado brasileiro atrás da média global, que mostra a ausência de mulheres em cargos de liderança em 33% das empresas. Avaliando grandes corporações de todo o mundo, o IBR 2014 contou com a participação de 12,5 mil empresas de 45 países diferentes, sendo 300 delas brasileiras.

Junto com este, outro fator também aponta para um futuro pouco promissor para o gênero feminino no mercado profissional brasileiro, indicando que apenas 7% das corporações nacionais têm a intenção de contratar ou promover mulheres ao longo dos próximos meses – posicionando o País, mais uma vez, atrás da média global, de 14%.

Além de demonstrar este atraso no que se refere à atuação feminina, o Brasil também não evolui em relação ao que foi visto no mercado nacional ao longo dos últimos anos; já que, de acordo com as informações do IBR, a presença de mulheres em cargos de liderança não só está atrás de outros países, mas também têm diminuído por aqui – já que, em 2012, apenas 26% das empresas nacionais não contavam com a presença feminina em altos cargos.

Imagem: reprodução

Auto-avaliação Departamento Pessoal

 

Sobre o autor

Equipe Convenia

Deixe um comentário