Motivação nunca foi uma palavra tão presente no dia a dia das organizações como nos tempos atuais. As empresas já se deram conta de que os colaboradores são a sua verdadeira força motriz, e, por isso, cada vez mais recorrem a meios para despertar na sua equipe de trabalho esse desejo de engajamento.

Nesse âmbito, são vários os desafios — entre eles, a maior questão se refere a como motivar a nova geração de trabalhadores. Diferentemente das gerações anteriores, em que o maior desejo era a estabilidade profissional e uma boa remuneração, as gerações atuais — Y e Z — têm pretensões mais audaciosas.

Movidos pelo desafio e pelo desejo de realizar-se pessoal e profissionalmente, os colaboradores nascidos nas últimas duas décadas não querem apenas ter um bom emprego. Eles desejam muito mais.

Eles querem trabalhar em uma organização que lhes permita aprimorar os seus talentos, ganhar um bom salário e também promover mudanças positivas na sociedade. Todos esses desejos trazem desafios aos gestores de pessoas. É preciso criar mecanismos diferenciados para manter esses profissionais envolvidos nos objetivos empresariais.

Uma boa estratégia é envolvê-los na cultura organizacional e fomentar constantemente os seus talentos. Quer saber como fazer isso e como motivar esse novo contingente de jovens colaboradores e despertar neles o desejo de contribuir ativamente para o sucesso da empresa?

Acompanhe o nosso post de hoje!

Afinal, quem são os trabalhadores da geração millennial?

Como o próprio nome já indica, a geração millennial é formada por profissionais que nasceram perto da virada do milênio — entre os anos finais da década de oitenta e na década de noventa.

Os estudiosos da gestão de pessoas dividem esses profissionais em várias outras gerações: X, Y e, mais recentemente, Z (que seriam os nascidos depois do ano 2000). Embora alguns anos possam ter se passado de uma categoria para outra, o fato é que elas, dentro da chamada geração do milênio, têm algumas características em comum.

A principal delas talvez seja o desejo de mudar o mundo. Isso mesmo: diferentemente da geração de nossos pais e avós, em que a busca pela estabilidade profissional e financeira era o principal objetivo do trabalhador, os profissionais mais jovens estão em busca de realização. Eles querem algo com propósito.

Com isso, se eles não se sentem motivados com suas funções, se não vislumbram uma forma de agregar valor à sociedade com o seu trabalho, as chances de desligamento do emprego são enormes!

Por isso, é imprescindível apostar em formas de engajar esses profissionais para aproveitar as suas múltiplas qualidades e o seu ímpeto de inovar e promover mudanças, canalizando tudo isso para o sucesso do negócio.

Como motivar essa nova geração?

Como foi dito, os profissionais da geração millennial são marcados por uma maior inconstância e exigência. Por outro lado, são pessoas extremamente qualificadas, dedicadas e com desejo de inovar e de contribuir significativamente para os resultados da empresa.

Para aproveitar todo o potencial desses trabalhadores e evitar que eles se sintam desmotivados na empresa, aqui vão algumas dicas. Confira!

Aposte na flexibilidade

A flexibilidade é uma característica bastante apreciada pela nova geração quando o assunto é trabalho. Esses profissionais estão mais comprometidos com os resultados e querem contribuir decisivamente para o sucesso da empresa, fazendo a diferença na organização.

Assim, muito mais que cumprir horários rígidos, eles desejam cumprir metas. Isso é bom para os dois lados, afinal, quem mais ganha com isso é a empresa.

Invista em endomarketing

Outra boa dica para motivar os profissionais da nova geração é investir em endomarketing. Além de preocupar-se com a conquista do público externo, a empresa também precisa conquistar os seus próprios trabalhadores — principalmente os millennials.

Eles estão interessados em conhecer a organização, os valores, a qualidade dos produtos e dos serviços produzidos pela empresa em que trabalham. Os colaboradores são os primeiros e principais clientes de qualquer negócio. Além do mais, profissionais comprometidos são mais produtivos e geram mais resultados.

Dê voz aos seus colaboradores

Os profissionais mais jovens também têm o desejo de serem ouvidos pela empresa, dando opiniões que possam ajudar no desenvolvimento e no aprimoramento das atividades e dos processos internos.

Com grande capacidade de inovação e criatividade, a nova geração deseja contribuir de forma efetiva para o desenvolvimento do negócio, pois isso traz mais propósito ao trabalho. Assim, para manter esses trabalhadores motivados e engajados com suas funções, não deixe de abrir espaço para opiniões e críticas.

Cultive o hábito do feedback

Extremamente importante para a qualidade dos trabalhos desenvolvidos pela empresa, o feedback também é responsável por manter os colaboradores motivados. Tanto para alertá-los sobre possíveis erros, quanto para parabenizá-los pelas ações exitosas, o feedback é indispensável para o êxito da gestão de pessoas.

Ele funciona como uma bússola, que orienta o profissional na hora de desenvolver as suas atividades. Os profissionais da nova geração estão interessados em conhecer os resultados do seu trabalho e avaliar o seu desempenho.

Assim, a opinião do líder é fundamental para saber se estão no caminho certo e como podem melhorar ainda mais as suas atividades dentro da companhia.

Cuide do clima organizacional

Trabalhar num ambiente harmonioso, cooperativo, organizado e livre de estresse é outro desejo dos novos trabalhadores. O clima organizacional, além de ser essencial para tornar o ambiente mais produtivo, também interfere na qualidade de vida dos funcionários da empresa — e esta é palavra de ordem para a geração do milênio.

Gerir pessoas não é tarefa fácil. Assim, entender as características dos colaboradores de uma empresa pode ser decisivo para o êxito da estratégia de gestão de pessoas e também para os objetivos da própria organização.

Conhecer as peculiaridades e os anseios da sua equipe de trabalho é essencial para orientar a tomada consciente de decisões e para o implemento de ações eficazes.

A competitividade da economia exige eficiência e é preciso adequar-se às novas demandas do mercado para garantir a sobrevivência e o sucesso da empresa. Saber como motivar a nova geração é essencial para isso. Fique atento!

Gostou do nosso artigo? Ele foi útil para você? Então veja também por que a avaliação de desempenho é importante para a empresa! Até breve!

 

ebook_5_praticas_para_motivar

Sobre o autor

Equipe Convenia

Deixe um comentário