Saiba quais são os principais e piores erros que se pode ter em relação a conduta no ambiente de trabalho

Conduta no ambiente de trabalhoA conduta no ambiente de trabalho é fator de grande importância para o sucesso ou o fracasso de uma carreira, e há alguns fatores reconhecidamente negativos para se ter em mente durante a busca por um bom posicionamento no ambiente empresarial. De acordo com uma pesquisa realizada pelo CTI – Center of Talent Innovation em parceria com a revista Marie Claire, alguns pontos específicos podem tirar a posição de liderança das mãos de um trabalhador, restringindo suas possibilidades de alcançar um cargo de alto escalão na hierarquia de qualquer empresa.

Segundo o estudo – realizado ao longo de um ano com a participação de 4 mil profissionais de formação superior e 268 executivos sênior – manter uma postura executiva como conduta no ambiente de trabalho é primordial para atingir níveis maiores de responsabilidade e, tendo isso em vista, dez fatores foram determinados como os mais perigosos e nocivos ao longo desse processo.

Os dois primeiros itens da lista são, além de parecidos, igualmente negativos para se manter uma boa imagem profissional: fazer piadas raciais ou não apropriadas no ambiente de trabalho. A capacidade de ajustar a linguagem de acordo com a situação é tida como um grande bônus na comunicação profissional e, praticando qualquer dos itens descritos acima, tanto credibilidade como inteligência emocional de um colaborador tem suas imagens prejudicadas.

O ato de chorar também é visto como um grande ponto negativo para quem busca posições de liderança (especialmente no caso dos homens), assim como passar uma imagem de má educação e grosseria ou falar palavras chulas e xingamentos em ambientes empresariais.

Na sexta posição da lista destaca-se o ato de flertar no mundo empresarial, seguido por ações como mexer demais em aparelhos celulares ou tocar-se demais durante o trabalho (praticando atos como mexer nos cabelos, coçar a cabeça, etc.), pois, passam a impressão de falta de atenção e comprometimento.

Na últimas posições destacadas no estudo são citados o ato de evitar contato visual, enrolar demais na hora de dar explicações ou apresentar dados e, finalmente, rir ou cochichar demais no ambiente de trabalho.

Imagem: reprodução

Sobre o autor

Equipe Convenia

Deixe um comentário