Embora ainda seja menor quando comparado aos números de 2012, o nível de confiança dos empresários cresceu no mês de novembro

Empresários

Os empresários brasileiros estão mais otimistas em relação ao mercado brasileiro, de acordo com o levantamento divulgado, na última semana, pelo CNI – Conselho Nacional da Indústria. Embora o nível de otimismo ainda seja mais baixo do que os registrados no mesmo período, em 2012, ele cresceu 0,7 ponto em novembro, em relação ao mês de outubro, segundo o ICEI – Índice de Confiança do Empresário Industrial.

Realizado entre os dias 1º e 13º de novembro, o levantamento foi realizado com mais de 2.6 mil empresas brasileiras de todos os tipos de porte, revelando que os empresários estão menos pessimistas em relação ao mercado. De acordo com os resultados – que avaliaram os três segmentos da indústria – o setor de extração é o mais otimista, registrando um aumento de 2,4 pontos no ICEI.

No segmento de construção, o crescimento foi de 1,3 pontos, enquanto o setor de transformação teve um aumento de 0,5 ponto no ICEI – sendo o menos confiante entre os três segmentos analisados. No geral, o índice de confiança somou 54,5 pontos no mês de novembro, ficando 3,9 pontos atrás dos índices obtidos em novembro de 2012.

Embora os resultados não mostrem um crescimento extraordinário, o cenário se apresenta mais otimista, também, em relação a percepção dos empresários sobre as condições atuais do mercado, que tiveram um crescimento de 1,7 pontos no mês de novembro – em comparação com outubro.

No que se refere às expectativas das empresas sobre os resultados que devem ser gerados nos próximos seis meses, a estabilidade predominou; registrando uma variação de até 0,2 ponto no período – o que mostra que, embora a confiança tenha crescido, ainda há um certo receio por parte das empresas brasileiras em relação ao futuro.

Imagem: reprodução

 

Sobre o autor

Equipe Convenia

Deixe um comentário