Muitas empresas consideram o eSocial um problema, enquanto ele é, na verdade, uma oportunidade. O novo sistema, que traz mudanças que diminuem a burocracia, acabam com a papelada no escritório e permitem integrar diversas áreas da empresa, está perto de se tornar uma realidade para empresas de todos os portes. Por isso, é importante se inteirar sobre ele.

É comum que empresários tenham uma reação negativa ao eSocial por causa da adaptação necessária. Mas isso é um erro. Primeiro porque o sistema vai ao encontro das necessidades das empresas, que por muito tempo reclamaram de processos complicados na hora de enviar informações ao governo. Agora, tudo será feito online, o que torna as informações muito mais confiáveis.

Você vai ver que o período de adaptação pode ser complicado no início, mas trará benefícios que compensam. É sobre essas melhorias que falaremos neste post!

Integração

Um dos principais benefícios do eSocial é a integração entre diversas áreas da empresa, como RH, contabilidade, departamento pessoal, dentre outras.

Assim, evita-se a repetição de informações como acontecia antes, quando diversas equipes da empresa forneciam dados repetitivos. As informações ficarão disponíveis no eSocial para órgãos como Caixa Econômica, Ministério da Previdência Social, INSS e Ministério do Trabalho e emprego, dentre outros.

Processos mais transparentes

Com o eSocial, os processos da sua empresa tornam-se mais transparentes para todos: tanto para o governo e instituições financeiras quanto para seus clientes e fornecedores. Todos podem comprovar que a empresa é idônea e confiável.

Menos burocracia

Com o eSocial, não é mais preciso preencher formulários diferentes, levando ao fim complicações como DIRF e RAIS. Agora, a empresa preenche um único arquivo, enviado por sistemas de internet, para que os órgãos governamentais verifiquem. Informações sobre FGTS, aviso prévio, acidentes de trabalho, pagamento e outras devem ser realizadas no mesmo sistema. Assim, você tem menos burocracias para resolver.

Sem fraudes

O eSocial promete ainda evitar fraudes, já que é possível transmitir as informações ao governo de uma vez só, no mesmo documento. Isso evita problemas como sonegação de impostos e outros processos fraudulentos, e quem tentar burlar o sistema certamente sofrerá penalidades da justiça.

Direitos trabalhistas

Cumprir os direitos devidos aos funcionários só traz benefícios: os colaboradores trabalham com produtividade e você não se preocupa com multas e passivos trabalhistas.

Mas onde entra o eSocial? Bem, o novo sistema do governo pode ajudar muito nessa questão, pois a ideia é facilitar o cumprimento desses direitos. Isso porque o histórico do colaborador ficará vinculado ao seu CPF no novo sistema, de modo que é mais fácil fazer um pedido de aposentadoria, por exemplo.

Recupere dados

Com o eSocial você também evita multas e penalidades, já que as informações transmitidas ao sistema ficam gravadas e podem ser acessadas mais tarde. Caso haja alguma dúvida por parte do governo, das empresas ou dos funcionários, as informações podem ser acessadas e comprovadas.

Ferramenta ideal

Para ajudar nisso tudo, contar com uma ferramenta que automatize funções como gestão de férias, de benefícios, controle de ponto eletrônico e horas extras, dentre outras atividades de departamento pessoal, e que ainda permita integração com o eSocial, ajuda muito.

Agora que o sistema do governo está entrando em vigência, a solução mais eficaz é adotar um software que automatize todas as atividades citadas acima. Aqui no Convenia, nós temos nosso próprio software de gestão e controle de departamento pessoal, o rhConvenia. Você pode fazer um teste grátis de 14 dias clicando aqui.

Terceirize a folha de pagamento para esocial

Sobre o autor

Equipe Convenia

Deixe um comentário