Saiba como usar a linguagem corporativa da maneira correta no seu dia-a-dia de trabalho

Saiba como usar a linguagem corporativa da maneira correta no seu dia-a-dia de trabalho

linguagem-corporativa

Enquanto a postura e o linguajar de um profissional podem contar (ou tirar) muitos pontos na sua carreira, a linguagem corporativa também deve fazer parte das preocupações de quem deseja avançar no mercado – já que, embora seja ignorada em muitos casos, essa ‘fala profissional’ pode fazer toda a diferença para a imagem corporativa de um trabalhador nos olhos de quem ocupa cargos importantes no mercado.

Tendo em vista que uma comunicação clara é a forma mais eficiente de se atingir um profissional – ocupe ele o cargo que for – de maneira precisa, fica clara a importância de usar a linguagem corporativa adequada na hora de se dirigir à colegas e, principalmente, superiores ou possíveis parceiros de trabalho; facilitando o entendimento de quem recebe uma mensagem e, consequentemente, o alinhamento entre profissionais.

Pensando nisso, elaboramos uma pequena lista com alguns dos mais importantes detalhes a manter em foco na hora de redigir um e-mail ou um comunicado importante para o seu trabalho – apontando os itens que devem (ou não) fazer sempre parte da sua linguagem profissional. Confira, a seguir:

  • Seja objetivo
    Evite enrolar demais com apresentações ou ideias que não sejam absolutamente necessárias para a sua mensagem – isso pode tirar o foco de quem recebe o texto.
  • Seja claro
    Evite ‘florear’ demais as frases da sua redação. Palavras bonitas podem impressionar alguns, mas a clareza é algo fundamental para a comunicação no trabalho.
  • Edite
    Escrita a mensagem, analise-a e corte o que não for imprescindível para que a sua mensagem seja transmitida. Como já citado, objetividade é essencial!
  • Fuja dos clichês
    Muitos profissionais acreditam que incluir termos estrangeiros ou novos no mercado podem passar uma imagem melhor – no entanto, esse tipo de charme pode ser, justamente, o que mais prejudica a qualidade da comunicação corporativa.
  • Seja comedido
    Não se empolgue na mensagem e evite usar, por exemplo, pontos de exclamação demais ou mandar ‘beijos’. Um ‘atenciosamente’ já é o bastante para a comunicação com quem não lhe é próximo.
  • Atenção para a gramática
    Esteja sempre atento para não cometer erros gramaticais ou de concordância. Esse tipo de confusão pode ser muito mal visto.

Imagem: reprodução

Convenia Clube de Vantagens

Sobre o autor

Equipe Convenia

Deixe um comentário