Os modelos de gestão adotados pelo mercado de hoje e como escolher o melhor para a sua empresa

Modelo de GestãoO modelo de gestão é um ponto fundamental a se analisar quando o assunto é motivação de funcionários. Enquanto grande parte das corporações apostam em bônus fincanceiros como forma de reconhecer o trabalho de seus colaboradores, muitas delas acabam pecando nas formas de avaliar e prestigiar seus empregados, o que pode acabar prejudicando o desempenho deles ao invés de motivá-los, indo contra todo o planejamento desenvolvido pelo setor de recursos humanos.

Prestigiar e bonificar funcionários de acordo com metas e resultados alcançados é, na maioria das vezes, o modelo de gestão adotado. No entanto, deve ser observado no planejamento do setor de recursos humanos, o quanto um único funcionário pode ser responsável pelas realizações dentro de uma empresa, já que, em muitos casos, atingir metas depende do trabalho de um grupo como um todo.

Sendo assim, dificilmente um funcionário aplicado, responsável e produtivo conseguirá receber algum tipo de reconhecimento se fizer parte de uma equipe que não segue seu modo de trabalho – e isso pode acabar desmotivando o colaborador (que é empenhado mas não atinge metas em tarefas em equipe), trazendo resultados contrários ao que se propõem as estratégias de rh.

O grande desafio dos gestores fica, portanto, na criação de metas reais e atingíveis – tanto aplicadas a grupos como a trabalhadores individuais – e na disponibilidade de um suporte adequado de trabalho para os funcionários que, desta forma, tornam-se mais motivados (por trabalharem com metas que se julguem capazes de atingir) e confiantes (por terem as ferramentas que necessitam para aprimorar suas tarefas).

O ideal é que gestores e colaboradores possam se ajudar na definição de métricas para construir um modelo de gestão, permitindo que resultados individuais sejam reconhecidos e premiados, já que trabalhadores com necessidades diferenciadas devem, também, ser avaliados de maneira diferenciada.

Imagem: reprodução

Sobre o autor

Marcelo Furtado

Co-fundador e CEO do Convenia.

Deixe um comentário