Funcionários insatisfeitos buscam mudança de trabalho em 2013 pelas mais diversas causasMudança de trabalho

Mudança de trabalho é um tópico cada vez mais discutido entre os que atuam no mercado de trabalho brasileiro e, de acordo com pesquisas realizadas por empresas do setor de recursos humanos, cerca de 40% dos funcionários em atividade pretendem trocar de emprego em breve. Entre os executivos essa projeção não é muito diferente, e a proporção se mantém a mesma entre os que devem deixar seu cargo atual em um período de até dois anos.

Os motivos desse desejo pela mudança de trabalho são os mais variados possíveis e, enquanto a grande maioria da força de trabalho de hoje tem as baixas remunerações como principal razão para a insatisfação, os grandes executivos – embora contem com salários pomposos – já não se contentam mais com a combinação de estabilidade e dinheiro, e buscam cada vez mais trabalhar em empresas onde discurso corporativo e prática estejam alinhados.

Segundo os estudos realizados, ganhar salários maiores também é um desejo entre os executivos, no entanto, fatores como a busca de mais motivação e inspiração por parte de seus líderes, mais comodidade e equilíbrio entre trabalho e vida pessoal e um crescimento maior e mais rápido na carreira também são primordiais na hora da decisão.

A falta de um plano de carreira fica em segundo lugar como principal motivação para que os funcionários em geral busquem uma mudança de trabalho, e itens como o desejo por mais flexibilidade nos horários e constantes problemas com a atual chefia também ajudam a engrossar a lista.

Conforme já foi abordado no blog Convenia, a insatisfação de funcionários com os benefícios corporativos oferecidos pelo mercado de trabalho atual também fica no topo da lista dos fatores que fazem com que colaboradores considerem empregos diferentes, fato que deixa clara a importância de um bom planejamento por parte do setor de RH em relação ao assunto.

Sobre o autor

Equipe Convenia

Deixe um comentário