Confira oito passos fundamentais para fazer o seu networking funcionar e conquistar bons contatos no mercado

networking

Quem está inserido no mercado de trabalho de hoje sabe que o velho ditado do ‘ter contatos é ter tudo’ é bem verdadeiro; e que os profissionais que angariam relações com as pessoas certas podem se lanças em voos mais altos em função de indicações e até do simples poder que tais contatos podem gerar. No entanto, formar uma boa rede de networking, na prática, não é uma tarefa muito simples, e os profissionais que desejam conquistar bons contatos devem saber bem por quais caminhos seguir.

Para ajudar os profissionais que buscam posições mais altas na carreira e a evolução com o auxílio de uma boa rede de networking, uma lista especial com oito pontos fundamentais foi elaborada, dando dicas valiosas para que sua lista de contatos cresca cada vez mais. Confira:

  1. Autoconhecimento é essencial
    Quem não se conhece não sabe como se vender, e na hora de fazer novos contatos é fundamental saber quais são as suas potencialidades e fragilidades.
  2. Conheça e domine seu espaço
    Dominar o seu próprio ambiente e saber o seu papel dentro dele é a melhor forma de identificar novas e boas oportunidades.
  3. Determine seus principais alvos
    Antes de tentar fazer contatos, o tipo de pessoa (ou as pessoas específicas) que você quer conhecer deve estar previamente definido.
  4. Seja preciso na hora de escolher
    Não se jogue nos eventos do mercado enlouquecidamente pensando em networking. Gaste seu tempo, apenas, em locais e interações que realmente possam lhe trazer benefícios.
  5. Não descuide da sua imagem
    A famosa frase do “vista-se para o trabalho que deseja, e não para o que tem” é válida. Sua imagem e apresentação podem contar muito na hora do networking.
  6. Procure ser cativante
    Ser acolhedor, pessoal e agradável é essencial para passar uma boa imagem e criar um contato mais próximo com qualquer profissional.
  7. Explore as opções on e offline
    Redes como LinkedIn podem ajudar a estreitar relações, mas a porção presencial do networking não pode ser deixada de lado.
  8. Seja paciente
    Relações não são construídas do nada, e é preciso ser paciente para formar uma rede válida e útil de contatos.

Imagem: reprodução

Auto-avaliação Departamento Pessoal

 

Sobre o autor

Equipe Convenia

Deixe um comentário