Atuar 4 dias por semana é raro, no entanto, essa nova forma de trabalho ganha cada vez mais incentivadores no mundo empresarial

Nova forma de trabalho

A felicidade parece encher os escritórios em todo o mundo quando a semana reserva um feriado e, portanto, determina um dia a menos de trabalho. Rara no mercado mundial, a nova forma de trabalho que destaca apenas quatro dias de atuação (ao invés de cinco – ou mais, em alguns casos) vem sendo pauta de debate entre os profissionais de recursos humanos, que acreditam cada vez mais no fato de que colaboradores podem produzir mais – além de atuar com maior satisfação – quando trabalham mais horas durante menos dias da semana.

Sendo 40 horas semanais a média de trabalho mais adotada ao redor do mundo, tarefas necessárias na vida pessoal dos funcionários acabam ficando de lado em função da vida empresarial, que raramente abre mão de um trabalhador durante algumas horas no horário comercial para compromissos que não sejam ligados ao próprio emprego ou a saúde do colaborador. E este é um dos principais pontos que tornam essa nova forma de trabalho algo válido, já que o balanceamento entre vida pessoal e profissional poderia ser muito melhor no caso da adoção de mais um dia livre na semana.

De acordo com especialistas do setor de recursos humanos, esse tempo livre extra na vida dos colaboradores poderia ter muitos reflexos positivos, ajudando com que os funcionários continuem colaborando com seus trabalhos sem deixar de lado os momentos de lazer e descanso: que podem contribuir muito para uma produtividade maior por parte do trabalhador em questão.

Ainda raro no mundo empresarial, o trabalho de quatro dias por semana deve seguir sendo debatido nas estratégias de recursos humanos, podendo se tornar uma prática revolucionária que beneficia tanto corporações como seus funcionários que, além de satisfeitos, seriam mais motivados a exercer suas tarefas em uma empresa onde podem balancear e suavizar a rotina de trabalho.

Imagem: reprodução

Sobre o autor

Equipe Convenia

Deixe um comentário