Uma recente pesquisa investiga as principais motivações que levam um funcionário a pedir demissão de uma empresa

Uma recente pesquisa investiga as principais motivações que levam um funcionário a pedir demissão de uma empresa

PEDIR DEMISSÃO

O medo de ser mandado embora de um emprego estável e promissor é um dos maiores motivos de preocupação para uma grande parte dos profissionais nos dias de hoje. No entanto, também há uma série de fatores que podem levar um empregado a pedir demissão, deixando de lado toda a estabilidade e o futuro que poderia se desenvolver dentro de uma empresa.

Mas, levando em conta o fato de que, dificilmente, um funcionário iria pedir demissão por não precisar ou não querer mais trabalhar; fica claro que os motivos desse tipo de atitude precisam ser investigados – dando aos profissionais de recursos humanos uma ideia de que tipo de medidas poderiam funcionar para reter talentos e, ainda, evitar o descontentamento (e, consequentemente, o afastamento) de mais funcionários.

Com isso em mente, a Page Personnel – uma das maiores empresas globais de recrutamento e gestão – elaborou um estudo especifico (realizado com 400 profissionais de gestão entre agosto e setembro de 2014) para desvendar as razões que levam os profissionais de hoje a pedir demissão. De acordo com os resultados da pesquisa, quase 80% dos entrevistados já pediu demissão de um emprego em algum momento; e os motivos mais comuns para isso no mercado de hoje são:

  • Ter encontrado uma nova e melhor oportunidade profissional                                   22%
  • Gestão sem planejamento ou mal estruturada                                                            21%
  • Sentimento de estagnação com a função atual                                                                     18%
  • Falta de reconhecimento na empresa                                                                                       15%
  • Sentimento de desmotivação no cargo atual                                                                  14%
  • Falta de feedback da empresa                                                                                                       14%
  • Insatisfação com a remuneração atual                                                                                      9%
  • Desejo de tornar-se um empreendedor                                                                                     5%
  • Cobrança da empresa por qualificações não oferecidas em treinamentos                 4%
  • Insatisfação com os benefícios corporativos                                                                          3%
  • Falta de tempo para se dedicar à família                                                                               2%

Imagem: reprodução

Clube de Vantagens: Como Montar

Sobre o autor

Equipe Convenia