Saiba que fator mais contribui para que a força de trabalho dos dias de hoje seja workaholic

O fato de que a competitividade e a grande concorrência do cenário atual (tanto em um sentido profissional e individual como no sentido geral do mercado) influenciam de maneira cada vez mais forte a atuação dos trabalhadores já é sabido. No entanto, há mais uma série de fatores que contribuem bastante para o perfil workaholic que se apodera do mercado nos tempos de hoje, e é importante conhecê-los para não cair no grupo dos colaboradores que trabalham demais e se divertem ou têm lazer de menos.workaholic

Enquanto os millennials começam a abocanhar uma fatia cada vez maior do mercado – tendo o equilíbrio entre trabalho e vida pessoal, além da qualidade de vida, entre os seus principais desejos – ainda há quem trabalhe como um workaholic em busca de níveis absolutos de produtividade; sem levar em conta que, em muitos casos, as melhores ideias surgem, justamente, em momentos de prazer e relaxamento, e não na mesa de um escritório.

A velha máxima de que o trabalho deve ser feito de forma inteligente, e não exagerada, continua em alta, embora boa parte dos trabalhadores da atualidade ainda não entendam, de fato, o que isso significa; fazendo com que insistam na dedicação total ao trabalho e se esqueçam de desfrutar dos momentos de lazer, ganhando a insatisfação e a falta de motivação como resultado – sem perceber que, com esse tipo de atitude, acabam prejudicando a própria produtividade, ao invés de aumentá-la.

Ao contrário do que muitos podem imaginar, um dos fatores que mais contribui para o cenário que vemos na atualidade é, justamente, o que os profissionais mais acreditam facilitar o seu trabalho: a tecnologia. Confira a segunda parte desse artigo e saiba de que forma as inovações tecnológicas podem atrapalhar a vida dos trabalhadores nos dias de hoje.

Imagem: reprodução

Auto-avaliação Departamento Pessoal

Sobre o autor

Equipe Convenia

Deixe um comentário