Saiba como o RH pode aproveitar as experiências de recrutamento para melhorar e divulgar a imagem da corporação

Recrutamento

Nos dias de hoje, em que o mercado de trabalho muda de perfil a todo tempo e os profissionais trocam de emprego de maneira frenética, o recrutamento é uma prática constante em qualquer empresa. No entanto, nem todas as corporações dão a atenção devida a este processo de seleção, sem perceber que esse pode ser um erro fatal para a imagem de uma empresa.

A experiência de cada candidato que passa por um processo de recrutamento em uma empresa gera uma série de feedbacks, que acabam sendo amplamente divulgados no mundo corporativo, podendo tanto aumentar a popularidade de uma empresa como um bom local para se buscar uma vaga, como destruir a sua imagem, fazendo com que bons talentos não tenham interesse algum em fazer parte da corporação.

Para se ter uma ideia do impacto que um simples recrutamento pode causar, basta dizer que cerca de 60% dos candidatos que passam por uma boa experiência de seleção profissional (independentemente de serem contratados para uma vaga) encorajam seus colegas a buscar vagas nessa empresa determinada. Enquanto isso, os demais 30% – que afirmam ter tido uma experiência ruim durante o processo – espalham a notícia de que aquela empresa específica é um péssimo lugar para se trabalhar.

Levando em conta que, além de considerar a empresa como um local ruim de trabalho, estes candidatos também deixam de usar ou comprar os produtos que o empreendimento oferece (e também indicam que seus conhecidos façam o mesmo), fica claro que as consequências podem ser bastante prejudiciais. Com isso em mente, confira, abaixo, alguns pontos que o setor de RH não pode deixar de fora na hora de elaborar um processo de recrutamento:

  • Colocar-se no lugar dos candidatos: é preciso desenvolver processos confortáveis e agradáveis de se participar.
  • Comunicação: quase 70% dos candidatos para uma vaga não recebem tipo algum de feedback por parte da empresa após uma seleção, e isso conta muitos pontos negativos ao olhar dos profissionais.
  • Incluir empregados no processo: um par novo de olhos pode dar uma visão diferente, e isso é sempre válido dentro de um recrutamento.
  • Personalização: burocracia e falta de flexibilidade devem ser fatores excluídos desse tipo de processo.
  • Buscar feedback: os setores de RH devem se esforçar para ter a opinião honesta dos candidatos que participam de suas seleções, podendo modificar e implementar o que for necessário para aperfeiçoar e tornar mais agradável o processo de seleção.

Imagem: reprodução

 

Sobre o autor

Equipe Convenia

Deixe um comentário