Ponha técnicas de motivação em prática e atinga um nível maior de engajamento e satisfação entre seus colaboradores

Técnicas de Motivação 01Técnicas de motivação devem ser postas em prática para que uma empresa consiga motivar e engajar seus funcionários e, depois de apresentar os conceitos defendidos por uma das empresas com o maior índice de empregados satisfeitos no mundo, The Motley Fool, explicaremos como tais ações devem funcionar na prática.

De acordo com pequisas realizadas no mercado internacional, 3 em cada 4 funcionários de empresas não gostam ou não se sentem atraídos a desenvolver suas funções de trabalho. Tendo isso em mente, a aplicação de técnicas de motivação se torna de extrema importância, e as causas da falta de engajamento por parte dos empregados são os pontos em que o RH deve se focar na hora de desenvolver seu planejamento, pois, é justamente nessas causas, que podem ser encontradas as soluções para a maioria dos problemas.

O fornecimento de salários confortáveis para os funcionários é o item que encabeça a lista de prioridades e, feito isso, deve se prestar atenção na relação dos funcionários com a missão e os propósitos da corporação. De acordo com CEO da The Motley Fool, Tom Gardner, definir valores e “comunicá-los” aos funcionários é um erro comum em empresas de grande porte.

A recomendação nesse caso é deixar que cada funcionário colabore, individualmente, com o que acredita ser um valor importante para seu trabalho na empresa, e essa não é uma tarefa difícil. Permitindo que o funcionário compartilhe suas idéias de propósito com a corporação, ele se sente mais motivado a produzir, já que passa a ter suas idéias como parte dos valores da empresa, interessando-se ainda mais nos roseultados do trabalho como um todo.

A definição de equipes de trabalho que se dão bem e gostam de trabalhar uns com os outros é outro fator importante entre as técnicas de motivação, e se houver a identificação de indivíduos que não se encaixam bem nessa dinâmica, uma recisão com benefícios maiores que o esperado pode ser uma boa saída para manter uma equipe motivada.

Dessa maneira, a empresa promove mais condições para que o funcionário que não se encaixa busque novas oportunidades com mais conforto, ao mesmo tempo em que mantém a sinergia das equipes de trabalho que funcionam bem.

Propor novos desafios constantemente é outra ação eficaz para a motivação de funcionários, já que, boa parte dos mais de 70% insatisfeitos com suas funções têm a rotina como causa dessa desmotivação. Consultar os empregados para saber em que tipo de projetos gostariam de trabalhar e que tipo de desafios os atraem é a solução para este problema, pois, com projetos especiais, os funcionários se sentem com mais desejo de realizar tarefas, enxergando a rotina de trabalho de outra maneira.

A flexibilidade de horários e a liberdade dos funcionários durante o trabalho é outro ponto primordial para promover o engajamento. Pesquisas realizadas em diversas corporações que adotaram esse tipo de ação mostraram resultados positivos, incluindo o aumento de produtividade e de motivação por parte dos empregados.

Segundo Tom Gardner, o futuro das técnicas de motivação em empresas está no fim das regras que determinam horários de trabalho, períodos de férias e ausência por doença; já que funcionários com maior liberdade trabalham melhor e se sentem mais confortáveis no ambiente de trabalho. Ainda de acordo com o CEO, quem não tem tempo para conhecer seus funcionários não consegue dar-lhes liberdade; e sem liberdade os funcionários não são respeitados devidamente.

Bônus e os reconhecimentos financeiros também fazem parte da lista de técnicas de motivação, no entanto, são menos importantes que os demais fatores – tendo em vista que os funcionários que buscam recompensas financeiras, na maioria das vezes, não têm planos a longo prazo dentro das empresas, buscando resultados rápidos e que não garantem permanência nem comprometimento com a corporação.

A formação de comitês para garantir grupos que trabalhem bem em conjunto, ações que desafiem funcionários e a liberdade de escolha em relação a horários de trabalho para os empregados é um ponto indispensável no planejamento da área de recursos humanos que visa o engajamentro e a motivação de equipes.

Imagens: reprodução

 

Convenia Clube de Vantagens

Sobre o autor

Marcelo Furtado

Cofundador do Convenia, empresa de tecnologia para a área de recursos humanos de pequenas e médias empresas. É responsável pela criação e execução da estratégia de inbound marketing da empresa que já atraiu mais de 15.000 leads. Formado em Administração de Empresas, com pós-graduação em Engenharia Financeira pela Poli-USP, Marcelo iniciou sua carreira na área de vendas da Pepsico. Logo em seguida iniciou uma trajetória em gestão de Hedge Funds internacionais, tendo trabalhado na Carval Investors e Financial Investimentos. Marcelo também é professor de Inbound Marketing na ESPM.

Deixe um comentário