Entenda a importância e como é feito o trabalho de recursos humanos em empresas

Trabalho de recursos humanosO trabalho de recursos humanos é presente em empresas de todos os portes espalhadas no
mundo inteiro, no entanto, nem todas as corporações dão a atenção devida ao setor, deixando
de lado ações importantes que podem fazer a diferença na administração e no bem estar de
funcionários no ambiente profissional.

Diversas pesquisas e estudos foram realizados ao longo dos últimos anos para definir
estratégias de sucesso no trabalho de recursos humanos, e cada vez mais os resultados
indicam que, por meio de planejamentos detalhados – que levam em consideração tanto os
desejos dos empregados como a capacidade administrativa e de liderança de gerentes – é
possível motivar funcionários e engajar equipes de trabalho, aumentando a produtividade e,
consequentemente, o sucesso da empresa.

Embora o sucesso desse tipo de ação já seja comprovado, pesquisas indicam que, hoje, apenas
metade dos funcionários de empresas participam de algum tipo de programa motivacional ou
de engajamento. Tendo em vista que, na grande maioria dos casos, a satisfação das equipes
de trabalho é avaliada apenas uma vez ao ano, o setor de recursos humanos pode praticar
diferentes manobras para adquirir informaçõe valiosas e que possam indicar caminhos a
serem explorados.

De acordo com a pesquisa publicada sob o nome de The State of Talent Management 2013,
fatores como a confiança na administração da empresa e um bom plano de carreira estão
entre os itens mais importantes para a satisfação de funcionários, deixando salários e
programas de motivação bem atrás na lista de prioridades para os colaboradores.

Entretanto, dependendo do modo em que as ações são elaboradas, o resultado de programas
específicos para o engajamento de profissionais pode superar os itens tidos como mais
importantes para os funcionários, já que, por meio da pesquisa detalhada dentro de uma
corporação, é possível propor ações de motivação mais adequadas para a equipe de trabalho
em questão, como já foi explicado por aqui.

Tendo em vista que o engajamento de funcionários não está nas prioridades de gerentes da
grande maioria das corporações, fica um pouco mais fácil entender o conflito causado para
que ocorra a implementação de ações desse tipo nas empresas – que, claramente, necessitam
de mais interação entre gerentes, funcionários e o setor de recursos humanos, para que
estratégias possam ser elaboradas especificamente de acordo com as necessidades.

Imagem: reprodução

Sobre o autor

Marcelo Furtado

Cofundador do Convenia, empresa de tecnologia para a área de recursos humanos de pequenas e médias empresas. É responsável pela criação e execução da estratégia de inbound marketing da empresa que já atraiu mais de 15.000 leads. Formado em Administração de Empresas, com pós-graduação em Engenharia Financeira pela Poli-USP, Marcelo iniciou sua carreira na área de vendas da Pepsico. Logo em seguida iniciou uma trajetória em gestão de Hedge Funds internacionais, tendo trabalhado na Carval Investors e Financial Investimentos. Marcelo também é professor de Inbound Marketing na ESPM.

Deixe um comentário