Aprenda como usar a liderança e motivação para engajar sua equipe

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Atualmente, a liderança é um dos assuntos mais difundidos no mundo dos negócios. Cerca de 81% das empresas da América Latina consideram o assunto importante ou muito importante, segundo a Deloitte. Contudo, como usar a liderança e motivação para engajar equipes?

É certo que o líder tem um papel significativo no empenho dos seus subordinados. Segundo o Towers Watson, funcionários reconhecidos por seus superiores possuem um desempenho 60% superior aos outros, em média. Por essa razão, é preciso desenvolver grandes líderes.

Pensando nesses pontos, criamos um guia especialmente para você. Hoje, vai entender melhor a relação entre liderança e motivação de equipes, com dicas práticas para otimizar os resultados em seu empreendimento. Continue a leitura e fique por dentro do assunto!

Conceito de líder e chefe no contexto empresarial

Primeiramente, é importante ter clareza sobre o conceito de liderança e chefia, muitas vezes tratados como sinônimos. É certo que nem todo líder é um chefe, mas será que todo chefe é um líder?

O chefe é aquele que possui o poder posicional, que pode mandar e desmandar nas pessoas sob seu comando. Ele possui uma autoridade formal, constituída por seu cargo. O problema e que todo cargo é passageiro, e a autoridade fica fixada apenas à esse período. Ou seja, o chefe precisa do poder posicional para fazer com que os outros o obedeçam.

Por essa razão, convém dizer que nem todo chefe é um líder. Todavia, é importante que todo chefe desenvolva a habilidade de influenciar e conduzir pessoas à ação. Assim, será possível otimizar os resultados das equipes e da organização em geral.

Relação entre liderança e motivação no trabalho

A verdadeira gestão de pessoas está sob responsabilidade dos líderes de equipe, são eles que indicam o caminho a ser seguido, reconhecem e premiam os talentos pelos resultados alcançados. Por isso, possuem forte influência na motivação dos colaboradores.

Para tanto, é preciso que o líder portador do poder posicional também seja o exemplo no dia a dia de trabalho. Atualmente, não basta falar o que deve ser feito, é preciso se comprometer e também atuar com diligência na busca por grandes resultados.

Uma liderança eficaz inspira e engaja grandes resultados da equipe, motivando cada um dos profissionais a buscar se aperfeiçoar constantemente. Isso beneficia não só o time de trabalho ou setor em questão, mas toda a organização, que passa a ser mais produtiva e eficaz.

Aliás, segundo pesquisa, apenas 39% do expediente de trabalho é produtivo, reflexo de equipes sem um direcionamento claro ou motivação, bem como líderes sem propósito de atuação.

Fatores que desmotivam uma equipe de trabalho

Para que os objetivos e metas da empresa sejam alcançados é preciso do trabalho em equipe, isto é, que diversas pessoas atuem com empenho e foco em resultados específicos. O problema é que nem sempre as equipes estão motivadas, o que mitiga a eficácia da organização.

Como dito, grande parte da motivação é de responsabilidade do líder, que efetivamente pratica a gestão de pessoas na organização. Contudo, há diversas ações que possuem efeito completamente oposto ao esperado, dentre as principais:

  1. falta de feedback;
  2. urgência desnecessária nas tarefas;
  3. carência de processos sólidos;
  4. pouco diálogo no dia a dia;
  5. metas inatingíveis.

Estes são apenas alguns dos fatores, mas a realidade é que existem muitos outros. O líder deve se atentar a si mesmo e avaliar sua postura durante o expediente de trabalho. Caso um ponto fraco seja identificado — e será! — é importante buscar pela melhoria.

Entretanto, nem sempre esse é um processo eficaz. A verdade é que todos possuem pontos cegos, características que dificilmente podem ser identificadas em uma autoavaliação. Nesse caso, é preciso contar com a ajuda dos liderados, solicitando a eles feedbacks de melhoria.

Fatores que motivam uma equipe de trabalho

É certo que a motivação surge de dentro de cada indivíduo, ou seja, é um processo intrínseco que depende de cada profissional. Porém, o líder deve atuar como um catalizador, criando as condições necessárias para que a motivação exista.

Nesse sentido, as ações diárias do líder fazem toda a diferença. Aliás, segundo Dave Ramsey, escritor do livro “Líder empreendedor”, os pontos fortes e fracos de um líder são repetidos em uma equipe. Assim, se um líder é motivado, é muito provável que sua equipe também seja. Veja, agora, outros pontos que facilitam e motivam uma equipe:

  1. forte senso de atuação (propósito);
  2. comunicação clara com os liderados;
  3. inteligência emocional e contextual;
  4. incentivo à capacitação da equipe;
  5. melhoria do ambiente de trabalho.

É necessário identificar e maximizar os pontos fortes da liderança, depois usá-los em benefício do empreendimento. Esse processo também pode ser feito por meio de uma autoavaliação ou com a ajuda dos liderados, questionando-os sobre as forças do seu superior imediato.

Investir na motivação da equipe não é apenas uma forma de engajá-los na busca por ótimos resultados, mas também de retê-los em longo prazo. Assim, é possível garantir que os talentos fiquem por muito mais tempo dentro do estabelecimento.

Gestão de pessoas depende de cada líder de equipe

A área de Recursos Humanos tem função de staff, isto é, ajuda aos líderes e demais setores da empresa a gerenciarem adequadamente o capital humano. Isso significa que o RH ajuda nas questões técnicas e de planejamento, mas a responsabilidade está nas mãos dos líderes.

Muitos gestores usam a maior parte do seu tempo para direcionar a burocracia diária, mas se esquecem de direcionar seus próprios liderados. Aí está um grave erro, que pode custar muito caro e culminar na desmotivação dos funcionários.

Líderes não foram feitos apenas para liderar com a burocracia — apesar de isso fazer parte do seu papel —, mas especialmente para alinhar e impulsionar pessoas. Só assim é possível atingir resultados significativos, que beneficiem os profissionais e o negócio em geral.

Veja, agora você está por dentro do assunto. Como se pode ver, há uma grande relação entre a liderança e motivação das equipes de trabalho. Por essa razão, é importante contar com uma liderança entusiasmada, que tenha prazer em solucionar problemas e engajar pessoas.

Gostou do conteúdo? Agora, aproveite para nos seguir nas redes sociais (Facebook, LinkedIn, Twitter) e acompanhar nossas novidades!

 

ebook_5_praticas_para_motivar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *