Novo perfil do trabalhador: características do profissional atual

Tempo de leitura: 4 minutos

As mudanças no perfil profissional do trabalhador é um dos indícios de uma nova realidade que se instala no mercado profissional em todo o mundo, fazendo com que o trabalhador precise correr atrás de maneiras rápidas e eficientes de adaptação e captação – evitando a perda de posições na evolução de planos de carreiras. Conhecer o novo perfil do trabalhador é de extrema importância para o setor de RH, pois ajudará na tomada de decisão.

Com o novo perfil do trabalhador, oferecer benefícios é fundamental. Já ouviu falar em clube de vantagens para empresas? Baixe o e-Book GRATUITO e aprenda a montar um clube de vantagens para os seus funcionários de forma rápida e simples!

Para entender a evolução e mudanças no perfil do trabalhador, é importante olhar para a história e analisar a evolução do trabalho.

Olhar histórico do perfil do trabalhador

Foi em meados dos anos 60 que a evolução do perfil profissional começou surgir, com a geração batizada de Baby Boomers. Nascida no período pós segunda guerra mundial, essa população ingressou no mercado de trabalho tendo regras claras e a estabilidade como características mais marcantes. Foi o início do novo perfil do trabalhador.

Nessa época, ter um emprego estável era sinônimo de sucesso e principalmente status. Funcionários da geração do Baby Boom tinham os escritórios como seu único ambiente de trabalho, exercendo tarefas específicas e individuais que tinham hora para começar e acabar. Em busca da estabilidade, escolher uma profissão era basicamente tomar uma decisão de você exerceria praticamente a mesma função pelo resto da vida, o que garantiria uma carreira longa e uma série de  recompensas ao longo do tempo.

Mudanças no perfil do trabalhador

Na década de 1980, o mercado de trabalho mundial sofreu modificações com a chegada da chamada geração X, trazendo consigo revoluções estruturais e funcionais de empresas e ampla visão de empregados, no que diz respeito a sucesso profissional, um novo perfil do trabalhador, literalmente falando.

Competitividade, confiança e busca por independência foram fatores que cresceram entre os trabalhadores dessa geração e, consequentemente, a relação entre esforço e recompensa sofreu modificações, tornando a combinação de riqueza e jovialidade a nova tradução para o sucesso.  

A busca constante por melhores oportunidades, se tornou comum e a experiência perdeu relativamente a sua importância, dando lugar para ideias lucrativas, que poderiam levar seus criadores às altas posições em uma empresa de modo quase que instantâneo.

Novo perfil do trabalhador: Como é hoje em dia

Já hoje, notamos um momento onde a alta rotatividade de colaboradores ocorre em muitos setores, a mão de obra qualificada e profissionais capacitados são cada vez mais valorizados, tendo em vista que o novo perfil do trabalhador exige colaboradores com altos níveis de experiência e conhecimento para lidar adversidades de mercados que mudam constantemente.

Rápidas mudanças de gerações ativas no mercado de trabalho de modo conjunto as consequentes dificuldades de adaptação é mais um desafio encarado por gestores de RH e pelos próprios colaboradores. 

Características do novo perfil do trabalhador

Tendo conhecimento dessa situação, as principais características do novo perfil do trabalhador são:

  • Ser graduado e especialista (como MBA e pós-graduação) na área em que atua, além de fluência em um ou mais idiomas.
  • Pensar de forma estratégica, ter iniciativa, ser criativo e ter noções amplas de liderança;
  • Ter experiência no segmento em que atua;
  • Ter habilidade para trabalhar em equipe e ser produtivo;
  • Ter boa comunicação e se esforçar para estar atualizado em sua área de atuação;
  • Ter capacidade de planejamento, e utilizar isso em relação à sua própria carreira.

Como muito se sabe, hoje o mercado de trabalho é dominado pela geração batizada de Millennials, o que traz grandes desafios e necessidades de adaptação por parte de grandes e pequenas empresas, que precisam modificar constantemente, visões, pensamentos e posturas, para conseguir atrair e manter talentos, e dessa maneira, se manter competitiva em um mercado de perfil profissional que não pára de mudar. Pensando dessa forma, em um curto espaço de tempo, teremos um novo perfil do trabalhador, com características e peculiaridades ainda mais específicas.

Auto-avaliação Departamento Pessoal

Os comentários foram encerrados, mas trackbacks e pingbacks estão abertos.