O que é BENEFLEX? Entenda melhor o benefício flexível

O que é BENEFLEX? Entenda melhor o benefício flexível

Tempo de leitura: 6 minutos

Beneflex! Quer saber se os benefícios da sua empresa precisam de melhorias? Faça o dowload GRATUITO da matriz de avaliação e analise de forma rápida e objetiva. Clique aqui!

 

A cultura organizacional vem se atualizando ao longo do tempo. O modo como as empresas oferecem benefícios aos seus colaboradores também acompanha este cenário.

O plano de benefícios corporativo atua como um atrativo na busca de profissionais qualificados. Sendo primordial na procura de retenção de grandes talentos

O Beneflex surge nesse cenário. Quer saber mais? Continue lendo!

O que é Beneflex?

É tornar os benefícios oferecidos pela empresa flexíveis, conforme a necessidade e decisão do colaborador. A ideia é oferecer um cardápio de benefícios, fugindo daquele pacote fixo normalmente oferecido pelas empresas para suas equipes. Dessa forma, transformamos o valor utilizado no pacote de benefícios tradicional em pontos a serem distribuídos conforme o interesse do funcionário, de forma simples e prática.

O exemplo abaixo representa a saída de um pacote de benefícios tradicional para um pacote com Beneflex:

O que é BENEFLEX

*(B – I – S) = Básico – Intermediário – Superior

Dessa maneira, a empresa aumenta consideravelmente o leque de benefícios oferecidos ao seus colaboradores, sem que necessariamente isso represente um aumento nos seus custos.

Distribuição de pontos dentro do Beneflex

A pontuação destinada a cada colaborador será definida de acordo com as políticas da empresa, assim como cabe a ela também definir o período de eleição no qual será possível realizar a troca ou escolha de um novo benefício. Os pontos funcionam como crédito e a empresa pode ou não determinar um pacote mínimo a ser adquirido pelo colaborador.

O desconto em folha de pagamento ocorrerá apenas em situações onde a escolha dos benefícios ultrapasse a pontuação pré-determinada pela empresa.

Confira abaixo, uma tabela exemplo, para distribuição de 1.000 pontos do Beneflex de uma empresa. Nesse caso, cada ponto é equivalente a R$ 1,00:

Exemplo 1

Benefício Pontuação
Vale alimentação 400.00
Vale Refeição 0.00
Academia 150.00
Plano de saúde 450.00
Estacionamento 150.00
Total 1.150.00

De acordo com o exemplo acima, a escolha dos benefícios ultrapassou a pontuação de 1.000 que o colaborador tinha direito a distribuir. Sendo assim, seu desconto em folha será no valor de R$ 150,00 correspondente aos créditos utilizados.

Exemplo 2

Benefício Pontuação
Vale alimentação 0.00
Vale Refeição 400.00
Academia 0,00
Plano de saúde 450,00
Estacionamento 150,00
Total  1000.00

No exemplo 2 não haverá débitos na folha de pagamento do colaborador, pois o total utilizado corresponde a pontuação pré-determinada pela empresa.

E quais são as vantagens de contratar o Beneflex para sua empresa?

Além de oferecer maior autonomia aos seus profissionais – o que tem sido cada dia mais um diferencial – o Beneflex possibilita às empresas o aumento do pacote de benefícios sem a necessidade de maiores investimentos, visto que uma realocação dos valores fica a cargo do colaborador.

Muitas vezes a empresa fornece um plano de saúde intermediário que tem um ticket médio de R$ 450,00 reais, por exemplo, mas os hospitais de referência, que deixam a categoria escolhida mais cara, ficam fora do eixo casa – trabalho. Ao optar por um plano mais básico, com um ticket médio de R$ 250,00 reais, o colaborador pode direcionar essa economia para outro benefício – como um vale combustível – dessa forma o investimento para a empresa não muda e a percepção de valor por parte do funcionário é muito maior.

Benefícios flexíveis: como implantar?

1º passo

O primeiro passo para a implantação de benefícios flexíveis é um bom mergulho no pacote de benefícios atual da empresa. Nesta ação você precisa levantar os seguintes dados:

  • Regras dos benefícios;
  • Aniversário dos contratos;
  • Valores Investidos;
  • Convenção Coletiva.

2º passo

Com o mapeamento dessas informações em mãos, o segundo passo é entender a necessidade de seus colaboradores, que podem ser levantadas por meio de pesquisas de clima, fóruns, workshops, ferramenta de comunicação interna, entre outras ações. Um RH com mentalidade voltada para people analytics é fundamental neste processo. 

3º passo

O terceiro passo é entender o momento da empresa e, com os passos anteriores já é possível mensurar se haverá ou não a necessidade de um maior investimento ou, até mesmo de contenção de despesas que também é possível com o modelo de benefícios flexíveis. Lembre-se que quanto maior a pontuação, maior o impacto e percepção de valor para os colaboradores.

4º passo

O último passo é a definição de sua nova política de benefícios e nela devem ser levados em consideração os seguintes pontos:

  • Pontuação;
  • Pacote mínimo de benefícios obrigatórios;
  • Cardápio de benefícios;
  • Cronograma de implantação e comunicação

Ferramentas que ajudam

A gestão do benefício flexível pode ser realizada por meio de uma plataforma que espelha todas as regras definidas e facilita a realização das eleições, bem como documenta todas as decisões dos colaboradores.

Dica: Apesar de um roadmap extenso, o processo pode ser feito em conjunto com uma equipe de profissionais especializada em benefícios, que precisa estar focada em entender a realidade e necessidade da empresa. Desse modo, juntos poderão estruturar um pacote de benefícios ideal para seus colaboradores e viabilizar uma gestão eficiente.

O que diz a previsão legal?

Uma das maiores dúvidas quanto à contratação do Beneflex, é se há algum tipo de previsão legal na legislação brasileira. Vejamos o que diz o artigo 468, da CLT:

Art. 468 – Nos contratos individuais de trabalho só é lícita a alteração das respectivas condições por mútuo consentimento, e ainda assim desde que não resultem, direta ou indiretamente, prejuízos ao empregado, sob pena de nulidade da cláusula infringente desta garantia.

Ou seja, desde que haja anuência do empregado e que este não sofra nenhum tipo de prejuízo em relação à nova política de distribuição dos benefícios da empresa, a CLT não estabelece nenhum impedimento para essa alteração.

Vale salientar que as empresas que optarem pela utilização do Beneflex, devem consultar o sindicato da categoria antes de sua implantação. Caso haja alguma especificação por eles determinada, o plano de benefícios deverá ser definido respeitando suas exigências e o mesmo vale para os fornecedores de benefícios. 

Se gostou do post e quer entender melhor como sua empresa pode se beneficiar dos benefícios flexíveis, entre em contato com os nossos consultores que possuem ampla experiência no tema, clicando aqui.

Ebook: Reavaliação do pacote de benefícios como ativo para diminuir custos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *