Perfil de Líder: Identificação de potencial

Perfil de Líder: Identificação de potencial

Tempo de leitura: 5 minutos

Você sabe como identificar um líder? Na gestão de pessoas, a captação e retenção de talentos é um diferencial para gestores. Nesse caminho, encontrar potenciais reflete uma excelente competência para a empresa.

Essa identificação exige um olhar mais ampliado e humanizado sobre o que cada colaborador pode oferecer. E é muito bom para a empresa que surjam novos funcionários com perfil de liderança.

Quer descobrir como fazer isso? Então leia este artigo até o final e procure aplicar as orientações no seu ambiente de trabalho para identificar grandes potenciais. Confira!

Como identificar um líder?

O perfil de líder é um dos pontos mais buscados pelo setor de recursos humanos dentro de uma empresa. As características que fazem um funcionário mais ou menos apto para a liderança de grupos e equipes corporativas não são, necessariamente, as mais óbvias.

Um conjunto imenso de diferentes competências e potencialidades deve ser levado em consideração pelo RH na hora de escolher ou promover um colaborador a cargos de gerência.

Boa parte das grandes empresas de hoje já conta com programas voltados para o desenvolvimento de líderes dentro de suas próprias dependências. No entanto, identificar o perfil de líder desejado para um cargo ou corporação específica segue alguns passos necessários para uma escolha acertada.

A partir de agora, você verá algumas competências fundamentais que você deverá identificar no perfil de colaboradores.

1. Ter inteligência emocional

Seja em um processo seletivo interno ou externo, a inteligência emocional de um colaborador é o fator mais importante a se destacar na hora de identificar pessoas com o potencial de chefiar cargos de liderança.

Tendo que lidar todos os dias com pressões, cobranças, gerenciamento de pessoas, avaliações e a distribuição de competências — tanto por parte de seus superiores como por parte de seus subordinados — um líder deve ter controle emocional para que consiga exercer suas funções sem maiores problemas e conflitos.

Na verdade, dessa competência partem todas as outras que acabam se potencializando nesse perfil. Dessa forma, descobrir a inteligência emocional em um colaborador é uma das principais formas de como identificar um líder.

2. Manter a comunicação aberta

Manter a comunicação aberta com chefes e subordinados é outra característica importante no perfil de líder. E quanto maior for a capacidade de um colaborador de se relacionar bem com seus companheiros de trabalho, maior será a sua habilidade em gerenciar crises.

Além disso, a boa comunicação ajuda a lidar com as adversidades que possam surgir na rotina do cargo de liderança. Saber quais caminhos percorrer para solucionar problemas também é um fator muito relevante.

A capacidade comunicativa ainda auxilia na correta interpretação das demandas de trabalho e na conexão com a equipe. Dessa forma, situações mais complexas, como metas e objetivos desafiantes, podem ser melhor absorvidas pelo pessoal.

3. Saber se relacionar com a equipe

Além das capacidades de relacionamento e gestão da adversidade, um bom líder deve inspirar e motivar suas equipes de trabalho, podendo, dessa forma, influenciar diferentes áreas de uma empresa.

Geralmente, isso se reflete em habilidades interpessoais e impacta em grande capacidade de harmonização de trabalho. Dessa forma, as particularidades e temperamento de cada indivíduo são compreendidos como um recurso humano de valor.

4. Conseguir gerenciar crises e conflitos

Um perfil de liderança estabelece uma comunicação eficaz, se relaciona com desenvoltura e controla com perspicácia os momentos de crises e conflitos.

Essas crises podem ser internas ou externas. No primeiro caso, algum desentendimento ou insatisfação pode originar um problema mais grave e afetar toda a equipe. Já no segundo, fatores de fora da empresa podem interferir no clima organizacional e trazer grandes problemas. Um líder, nesse caso, contorna a situação e mantém a sinergia da equipe rumo à produtividade e à manutenção de resultados.

Além disso, podem surgir momentos de conflitos, que ocorrem quando há falhas de comunicação ou uma interpretação equivocada por alguma das partes em um relacionamento entre colegas. Há possibilidade de um comportamento exacerbado ou excesso de competitividade. Aí entra a habilidade de conciliação, fazendo com que os profissionais mantenham um nível de colaboração.

5. Ser capaz de se adaptar às mudanças

Vivemos em um mundo de mudanças. A transformação digital comprova isso, e nos leva a refletir sobre o que o futuro próximo nos reserva. No cenário atual, grande parte das tecnologias caminham para um conceito ainda mais inovador que é o cloud computing (computação em nuvem).

Isso impacta as equipes, ferramentas e metodologias de trabalho. O que alguém com perfil de líder precisa fazer nesse caso? Ter uma leitura rápida sobre a transformação e encontrar a sinergia adequada para adaptar a equipe. A palavra-chave nessa demanda é a rapidez do processo.

Percebeu como as competências são bem sutis de se identificar, mas extremamente úteis para o capital intelectual da empresa? Não deixe de considerar essas orientações e encontre líderes de excelência no ambiente de trabalho.

Continue na tarefa nobre de aprender sobre como identificar um líder descobrindo também as principais características de um líder!

Dica extra: Descubra o papel da liderança em tempos de crise assistindo a um super Webinar com Marcelo Furtado, nosso CEO e facilitador do Leaders Lab do Google e Pedro Waengertner, autor do livro Inovaçào Radical e fundador da Aceclique aqui!

Convenia e Tangerino - Ebook gestao de equipes externas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *