Como o time de marketing pode auxiliar o RH a melhorar a retenção de talentos

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Marketing e recursos humanos ficaram separados por muito tempo. Nesse contexto, muitas empresas ainda erram por não saberem como uma estratégia alinhada pode trazer várias oportunidades de sucesso.

São vários benefícios que você pode ter quando integra times para caminharem juntos em um mesmo objetivo.

Mas não vá pensando que esses dois times só vão trabalhar para alcançar um maior nível de pessoas e aumentar a aquisição de candidatos qualificados.

Além disso, juntos, RH e marketing podem melhorar a retenção desses talentos na sua empresa para que ela seja um dos melhores lugares para eles trabalharem.

Razões para se trabalhar que envolvem somente dinheiro não é mais suficiente para manter funcionários em sua empresa. Tudo é sobre a cultura vivenciada.

Nesse artigo vamos falar sobre como o time de recursos humanos alinhado com o marketing pode trabalhar para reter os talentos da empresa e ter um relacionamento saudável entre líderes e funcionários.

Negócios saudáveis têm funcionários felizes

O sentimento do seu funcionário em relação a sua empresa é o reflexo da aplicação da gestão de pessoas.

O RH vai colocar seus esforços em entender os talentos e comunicar com eles, valorizando-os, desenvolvendo-os e proporcionando um ambiente de constante crescimento.

O marketing, nesse caso, pode trabalhar junto com o RH para criar ações de endomarketing e melhorar o bem-estar com o foco no relacionamento.

O sentimento de pertencimento e confiança que o marketing passa para os seus clientes também pode ser aplicado na empresa, usando a transparência na comunicação.

O marketing de experiência, que também pode ser usado internamente, é um diferencial por mexer com o sentimento e impactar na vida das pessoas. Dessa forma, elas vão enxergar a relevância e o esforço da empresa em querer que elas evoluem — não só profissionalmente — mas na vida pessoal também.

Além disso, vários softwares que integram os dois times podem ser usadas para armazenar as informações sobre os funcionários e assim, entender melhor em quais ações focar e no que as pessoas realmente precisam. Assim como o marketing faz com os clientes: entendendo suas dores e atuando em soluções criativas.

Criando uma cultura bem definida

Posso dizer que esse é o aspecto mais importante que pode ser aplicado em uma empresa.

Ter e seguir uma cultura interna é saber a importância de ter valores bem definidos para o sucesso de um negócio.

Implementar valores positivamente e acompanhá-los é se previnir de vários problemas que podem surgir ao ter muitas pessoas diferentes trabalhando juntas.

Não adianta ser uma empresa orientada à dados, mas ter funcionários insatisfeitos com seu plano de carreira, por exemplo. Ou frustrados com séries de episódios de desrespeitos vivenciadas no dia-a-dia.

Uma empresa que tem o respeito como um dos valores de sua cultura terá menos ocorrências de cenários como esse, pois irá contratar pensando na cultura e também poderá trabalhar o cotidiano dos funcionários com palestras e conhecimento sobre outras realidades diferentes da deles, por exemplo.

Além disso, uma cultura bem definida também impactará na relação das pessoas com os clientes. Se um dos valores é respeitar, isso irá abranger o tratamento com os consumidores também.

Assim, a integração entre os dois times tem como um dos desafios criar uma identidade forte  dentro e fora da empresa, melhorando sua percepção interna e externa.

Engajando pessoas

Todas as ações e incentivos que o marketing e o RH podem fazer para a melhoria da empresa vão chegar em um mesmo resultado: maior engajamento das pessoas.

As pessoas vão conseguir enxergar mais valor em tudo que fazem, fator que vai garantir melhores resultados para a empresa também.

O RH tem o objetivo de entender as necessidades e engajar o público interno, promovendo ações de motivação e produtividade. Já o marketing tem o objetivo de engajar o público externo, para construir uma estratégia de branding e aquisição de clientes.

Mesmo que o público seja diferente, a valorização das pessoas envolvidas em toda a empresa, seja ela funcionaria ou não, reflete na capacidade da empresa em formar uma conexão e relacionamento duradouro que melhoram o clima da organização.

Promover palestras, eventos, ações comemorativas, vídeos institucionais, são práticas de endomarketing, por exemplo, que humanizam as atividades e permitem com que o mercado e a cultura interna esteja mais próxima.

 

Fazendo pesquisas internas

Para entender melhor todos os gargalos e saber como enfrentar os problemas dentro da empresa, a equipe de RH pode fazer pesquisas e ter um planejamento bem-feito.

As pesquisas vão ajudar a identificar as verdadeiras informações sobre os colaboradores, sem usar do achismo.

Dessa forma, a empresa poderá traçar estratégias inovadoras para melhorar o bem-estar dos funcionários e promover ações de retenção.

A equipe de marketing tem como objetivo atuar ajudando o departamento de RH com a coleta e análise dos dados obtidos, para interpretá-los e compreender o que eles dizem.

Após isso, ambas as equipes, poderão propor melhorias com base em dados e informações reais que foram coletados. Deixando claro para toda a empresa e para os líderes que aquelas ações são realmente necessárias.

Com isso, pode se usar metas e métricas que ajudarão a guiar o caminho do sucesso dessas ações.

Trabalhando juntas, as equipes de recursos humanos e marketing tem muito o que aprender uma com a outra. Para isso, elas têm que focar em um objetivo comum.

Estabelecer metas e se tornar uma empresa orientada a dados em todos os sentidos faz com que as soluções escolhidas sejam mais acertadas.

Confira o Ebook “Recursos Humanos & Marketing: como estes times estão trabalhando cada vez mais juntos”, para ter uma análise completa de como os setores de Marketing e RH podem se juntar para ter resultados incríveis.

 

Convenia Clube de Vantagens

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *