Estratégias de recursos humanos

Tempo de leitura: 8 minutos

O mercado de trabalho mundial tem passado por mudanças extremas ao longo das últimas décadas. Por isso, um dos principais aspectos do novo cenário empresarial está na atuação de profissionais que lidam com o planejamento estratégico de recursos humanos.

Depois de períodos nos quais um grande nível de exigência e um enorme volume de trabalho eram as preocupações no topo das prioridades do setor de RH, essa área privilegia, hoje, o incentivo e a motivação de funcionários — buscando uma produtividade elevada por meio de ferramentas antigamente inexistentes.

Ficou interessado pelo assunto? Então, continue a leitura e saiba por que um planejamento estratégico de recursos humanos é tão importante para o sucesso da sua empresa. Acompanhe!

Entenda qual a importância da estratégia de recursos humanos

Tendo como premissa o fato de que ter as pessoas certas nas suas determinadas funções ajuda a compor um ambiente mais fácil e agradável de trabalho, os profissionais de RH focam seus esforços na escolha dos candidatos ideais.

Com esse tipo de análise e desenvolvimento de estratégia específica, as empresas podem, de fato, ampliar o conhecimento e motivar ainda mais os funcionários. Isso ocorre por meio de um direcionamento específico de treinamento, que ajuda a reter funcionários e evitar frustrações.

Assim, grande parte dos profissionais de RH, atualmente, apostam suas fichas no levantamento e análise de dados, a fim de definir os objetivos do planejamento estratégico. Vamos entender mais sobre esse conceito.

Conceito de RH estratégico

Um RH estratégico consiste em articular e conhecer muito bem a missão e os objetivos da empresa. Assim, o setor deve ter como foco os resultados, o valor do negócio e os colaboradores. O departamento deve ir além das atividades e dos processos, entendendo quais são as principais necessidades e como atingi-las de forma equilibrada.

Isso contribui tanto para um cenário mais fluido de trabalho, como para uma maior motivação por parte dos funcionários, o que traz, automaticamente, mais satisfação e produtividade aos empregados. A escolha certa dos profissionais que vão ocupar determinados cargos também é benéfica para a empresa, no que se refere a treinamentos e dinâmicas especiais, evitando o desperdício de capital e de tempo.

Portanto, o RH estratégico é responsável por promover o crescimento e a solidez do negócio, que deve contar com pessoas competentes e motivadas. Ele oferece uma contribuição eficaz para toda a organização, uma vez que permite e aumenta sua competitividade no mercado. Com isso, é possível administrar melhor os recursos, tanto financeiros quanto materiais.

Saiba como o RH estratégico atua em uma empresa

Entre os principais itens de consideração dos gestores do setor está o desenvolvimento de novas estratégias de recursos humanos. Além de incluir as tarefas com as quais os responsáveis por essa área já estavam acostumados, tem que considerar fatores antigamente ignorados.

Responder às questões, dúvidas e problemas dos funcionários de uma empresa continua sendo parte do trabalho do profissional de RH. Assim como a gestão de pagamentos, promoções, benefícios corporativos e de disputas que possam ocorrer no ambiente de trabalho.

No entanto, fatores que no passado eram considerados irrelevantes são os que ganham cada vez mais espaço e consideração dentro das novas estratégias. Eles abordam, acima de outros itens, a felicidade e a satisfação dos colaboradores em relação a suas funções diárias.

Assim, para realizar a transição do RH tradicional para o estratégico na organização, é preciso promover ações que visam contribuir com a melhoria do planejamento na empresa. Isso pode ser feito por meio da definição clara dos objetivos da companhia e por avaliações de desempenho dos profissionais, entendendo se existe a necessidade de investimentos no setor.

Além disso, o departamento deve transmitir aos colaboradores quais são os valores que permeiam o trabalho, o que contribui para um maior alinhamento das equipes e para a melhoria da rotina organizacional. O gestor deve considerar, ainda, o fit cultural do negócio e quais são as expectativas em relação a seus funcionários.

Para isso, entenda, a seguir, quais são as principais atribuições do setor de RH, levando em consideração uma visão mais estratégica do negócio.

Treinamento e desenvolvimento

A fim de contribuir para o crescimento profissional dos colaboradores, o gestor de RH deve implementar bons programas de treinamento e desenvolvimento para a equipe. Sendo assim, é possível aproveitar alguns meios de capacitação, como as plataformas de cursos EAD e o mobile learning, promovendo, assim, o gerenciamento do tempo e dos recursos.

Recrutamento e seleção

O aprimoramento do processo de recrutamento e seleção também é outro atributo do setor de RH, uma vez que ele consegue trabalhar alinhado às políticas da empresa. O objetivo, portanto, é formar uma equipe que ofereça um alto desempenho e, principalmente, para diminuir os índices de absenteísmo, sobretudo devido ao fato de que a situação pode gerar prejuízos para a organização.

Avaliação de desempenho

Avaliar e realizar o gerenciamento sobre os níveis de desempenho dos funcionários é mais uma das obrigações do gestor. Nesse sentido, pode-se utilizar um software para acompanhar as metas, pois é por meio da tecnologia que consegue-se verificar, de forma precisa, como anda a produtividade da equipe. Sem uma base de dados segura, entretanto, torna-se praticamente impossível tomar decisões de maneira estratégica.

Aprimoramento da comunicação interna

É importante criar um ambiente em que a comunicação seja aberta e, principalmente, que as diferentes opiniões sejam levadas em consideração. Para chegar a esse patamar, é preciso cultivar relacionamentos transparentes dentro da empresa e evitar certas barreiras que impedem a eficiência dos diálogos. Portanto, o gestor deve levar, sempre que possível, as informações e os objetivos da organização de forma clara para todos os colaboradores.

Descubra quais são as principais ferramentas de uma estratégia de recursos humanos

Antes de implementar o RH estratégico na empresa, é necessário que o gestor realize um diagnóstico detalhado da situação do setor. Com isso, é possível identificar os acertos e os erros relacionados aos processos organizacionais e como eles influenciam o dia a dia da companhia.

Após esse mapeamento, o profissional deve delimitar qual será o direcionamento da visão estratégica e se ela atende aos interesses e às necessidades da empresa. Assim, é possível obter uma gestão muito mais alinhada com todos os colaboradores. Inclusive, isso fará com que os funcionários se sintam estimulados a colaborar para o bom andamento do ambiente de trabalho, favorecendo a retenção de talentos.

As críticas e as análises também devem estar presentes nesse momento, uma vez que elas servirão como uma importante alternativa para avaliar e diagnosticar as ações e os resultados. Dessa maneira, torna-se muito mais viável traçar metas e tomar decisões cada vez mais acertadas.

Tenha em mente que a motivação deve ser sempre estimulada entre a equipe, proporcionando maior engajamento e o aperfeiçoamento das qualidades e aptidões de cada funcionário. Também não se esqueça de que a empresa tem um objetivo claro e delimitado, que deve ser sempre considerado pelo setor de RH. Com isso, é possível promover crescimento para o negócio, que contará com profissionais cada vez competentes.

O papel da tecnologia nas estratégias de RH

É essencial estar atualizado sobre as novas tecnologias, pois elas são uma verdadeira tendência do mercado para melhorar a prática de gestão. Nesse sentido, utilizando sistemas e aplicativos digitais, é possível manter a competitividade da organização e otimizar diversos processos internos, principalmente os relativos ao RH.

Por meio de algumas soluções tecnológicas de fácil acesso e utilização, os softwares oferecem a base para que as empresas desenvolvam o planejamento estratégico de seus colaboradores. Existem, atualmente, uma série de opções de sistemas de RH, desde os mais simples e gratuitos, até os mais completos e personalizados.

Assim, é possível melhorar toda a rotina de trabalho do gestor de RH, uma vez que a tecnologia contribui para os processos relacionados à gestão de pessoas. É possível aprimorar, por exemplo, o recrutamento, seleção, treinamentos, capacitações, avaliações, entre outros.

Ao adquirir conhecimento sobre o planejamento estratégico de recursos humanos, os gestores da área têm muito o que oferecer para a melhoria da organização como um todo. Assim, a adaptação às principais tendências do mercado vai trazer uma série de benefícios ao empreendimento, proporcionando um impacto positivo em todos os processos da companhia.

Gostou do nosso conteúdo? Se você deseja ficar por dentro de todas as novidades sobre a área de RH, siga a Convenia nas redes sociais! Estamos no FacebookInstagramYouTube e LinkedIn. Até a próxima!

Auto-avaliação Departamento Pessoal

 

2 Comentários


  1. as vossas informações são muito interessante ajudam na superação profissional

    Responder

    1. Obrigado, Wilfredo! Ficamos felizes que o conteúdo esteja sendo útil.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *