Conheça as principais tendências no RH para 2021 e aplique!

Conheça as principais tendências no RH para 2021 e aplique!

As tendências no RH para 2021 seguem o ritmo das transformações vivenciadas pelo mundo corporativo nos últimos anos. Em especial, as que aconteceram em 2020, com a chegada da pandemia do COVID-19. 

Podemos dizer que, no ano passado, houve uma potencialização de vários dos aspectos que compõem o conceito de RH estratégico e da transformação digital.

Mas o que esperar de 2021? Qual cenário já aponta no horizonte deste ano para o setor de RH? Por que os profissionais dessa área precisam ficar de olho nas tendências? Descubra as respostas neste artigo!

Qual é a importância de acompanhar as tendências no RH?

As mudanças estão acontecendo com muita rapidez. Como dito anteriormente, 2020 trouxe muitas novidades, como a migração em massa para o trabalho remoto. Devido a isso, de uma hora para outra, foi pintado um novo quadro do mundo empresarial.

Sendo assim, é fundamental que as empresas acompanhem as transformações e se adaptem a elas. Esse é um dos caminhos para se manterem competitivas e atualizadas no mercado em que atuam.

Como o RH lida com o bem mais precioso de um negócio, o capital humano, ficar desatualizado significa não inovar nos processos seletivos, treinamentos internos e no desenvolvimento dos colaboradores. Com certeza, essa não é a realidade que os negócios desejam vivenciar.

Quais são as principais tendências no RH para 2021?

Como pano de fundo das tendências no RH para 2021, citaremos o estudoThe social enterprise at work: Paradox as a path forward”, produzido pela empresa Deloitte. Esses dados mostram que as empresas estão mais focadas no fator humano em todos os processos.

Além disso, os negócios estão utilizando a tecnologia para capacitarem os colaboradores, bem como criarem valor para a marca e a sociedade em geral. Ao analisarmos cada uma das tendências no RH para 2021, perceberemos esses pontos destacados no estudo.

Processos seletivos virtuais

O recrutamento online cresceu bastante entre as empresas em 2020 por conta das medidas de distanciamento social. Porém, antes da pandemia, os profissionais de RH já percebiam os impactos do processo seletivo virtual na redução de custos, tempo e na otimização das contrações.

Para atender a esse formato de recrutamento, as empresas implantaram tecnologias baseadas em:

  • Inteligência artificial (IA);
  • Machine Learning;
  • People analytics.

Essa tendência continuará em 2021. Porém, o desafio será tornar o processo seletivo virtual mais humanizado.

Candidate Experience

Muitas empresas estão encarando o conceito candidate experience (experiência do candidato) como uma estratégia para melhorar o employer branding (marca empregadora). De fato, a primeira impressão de um profissional em relação a empresa acontece no processo seletivo.

Sendo assim, o modo como os candidatos são tratados pode refletir diretamente na reputação da marca e na consequente atração de talentos.  Por isso, em 2021, notamos um esforço das organizações em encantar candidatos por meio de:

  • Processos inovadores;
  • Feedbacks relevantes;
  • Diminuição do tempo de resposta do resultado;
  • Comunicação humanizada;
  • Investimento no desenvolvimento de soft skills.

Treinamento e onboarding 100% online

As organizações realizaram treinamentos e onboarding por meios virtuais em 2020 – e isso continuará em 2021. 

Com respeito aos treinamentos, o uso de plataformas de comunicação, como o Zoom, Microsoft Teams e Google Hangouts Meet, permitiu que os colaboradores assistissem a palestras, fizessem dinâmicas interativas e participassem de outras atividades de desenvolvimento de habilidades e competências.

Essas mesmas tecnologias ajudaram também no processo de onboarding de novos colaboradores. Uma vez que estratégias de integração, como conversas com membros da equipe e imersão na cultura da empresa, foram e continuarão a serem realizadas mesmo que o recém contratado esteja a quilômetros de distância.

Autogerenciamento de demandas

A flexibilização que o mercado de trabalho vivenciou em 2020, aponta como uma forte tendência para 2021. Um dos efeitos gerados pela flexibilização é o autogerenciamento de demandas – uma prática que da gestão de pessoas. Essa prática se potencializou devido ao regime de trabalho remoto.

Nesse modelo de trabalho, as empresas aumentaram a autonomia e a responsabilidade das equipes. Os colaboradores recebem as ferramentas virtuais necessárias para controlar a jornada de trabalho, a produtividade, realizar serviços burocráticos e gerenciar prazos de projetos.

Bônus: Habilidades comportamentais

Entre as tendências no RH para 2021 estão as habilidades comportamentais – que estão cada vez mais valorizadas. De acordo com a pesquisa “Competências TOP 10, 2020 – 2021”, produzida no Segundo Fórum Econômico Mundial, as competências que serão mais procuradas pelas empresas são:

  • Pensamento analítico;
  • Espírito inovador;
  • Aprendizagem ativa;
  • Criatividade;
  • Originalidade;
  • Iniciativa;
  • Pensamento crítico e análise;
  • Solução de problemas complexos;
  • Liderança e influência social;
  • Inteligência emocional;
  • Raciocínio, resolução de problemas e ideação;
  • Análise e avaliação de sistemas.

Como o RH pode implementar essas tendências no dia a dia?

Assim como as metas pessoais, o RH não precisa implementar todas essas tendências de uma vez. O melhor caminho é a criação de uma cultura interna voltada para a inovação. Isso pode ser feito por meio de incentivos, como:

  • Premiação dos profissionais que apresentarem ideias e projetos inovadores;
  • Benefícios para os colaboradores que desenvolverem novas soluções para a empresa;
  • Realização de eventos corporativos, como as maratonas da inovação;
  • Investimento em programas de treinamentos e desenvolvimento de habilidades.

Além dessas ações, a empresa pode identificar quais tendências já integram a estrutura interna e otimizá-las. Por outro lado, as práticas que ainda não foram inseridas na organização podem ser incluídas no planejamento das metas a serem alcançadas em 2021. 

Seria interessante dar atenção primária às tendências que trarão melhorias a processos importantes, como o recrutamento e seleção.

Quais são as vantagens de adotar tendências no RH?

Entre os principais benefícios de as empresas adotarem as tendências de RH, podemos citar:

  • Fortalecimento da competitividade;
  • Melhoria dos resultados internos;
  • Maior atração e retenção de talentos;
  • Elevação da qualidade de produtos, serviços e demandas;
  • Promoção da satisfação dos colaboradores;
  • Potencialização da inovação, engajamento e da produtividade dos times.

Não é fácil prever o que acontecerá no futuro, mas observando o presente, conseguimos pistas valiosas sobre o amanhã. Sendo assim, a melhor maneira das empresas se prepararem para 2021, e os próximos anos, é olhando atentamente para o cenário atual e se preparando para o que vem pela frente.

Gostou de conhecer as tendências no RH para 2021? Queremos ajudar a sua empresa a se preparar para o futuro do mundo corporativo. Por isso, recomendamos que baixe e leia o e-book: RH antes da era digital x RH na era digital!

Clique para avaliar esse post!
[Total: 0 Média: 0]

Marcelo Furtado

Co-fundador e CEO do Convenia.

Contribua com este post