Como construir uma boa relação com os empregados?

Como construir uma boa relação com os empregados?

Como construir uma boa relação com os empregados?

Conheça bons métodos para construir uma boa relação com empregados e que tipo de vantagens isso pode trazer para o seu negócio

Boa relação com empregados

Em um cenário onde cada vez mais profissionais se mostram extremamente insatisfeitos com seus trabalhos e a competição por talentos é constante, ter uma boa relação com empregados é essencial para reter trabalhadores e impulsionar o sucesso de uma empresa. No entanto, a oferta de benefícios corporativos nem sempre é suficiente para manter um talento em uma corporação, e a criação de laços diferenciados com colaboradores pode trazer muito mais segurança para quem deseja manter trabalhadores de destaque e grande performance.

Para construir e, principalmente, manter uma boa relação com empregados, os líderes e profissionais em posição de comando devem ter sempre em mente que o respeito e as responsabilidades são fatores extremamente valorizados pelos profissionais e, portanto, respeitar subordinados e passar responsabilidades importantes para os talentos de sua empresa são ações fundamentais.

Obviamente, os pacotes de benefícios corporativos também são quesitos importantes e atraentes para que um colaborador se mantenha em um emprego, e a participação nos lucros é, hoje, um dos principais focos entre os profissionais. Além de gerar uma motivação maior para a produtividade, a inclusão deste item entre os benefícios de funcionários dá, ainda, uma garantia de que o profissional cresça junto com a empresa; algo que conta muitos pontos para a sua permanência na companhia.

Recompensar colaboradores por uma boa atuação também é essencial, e essa recompensa pode ir muito além do fator financeiro, já que o reconhecimento, festas empresariais, cartões de agradecimento e até mesmo o envio de flores a empregados doentes ou que tiveram filhos podem ser de grande valia para os profissionais – que se sentem valorizados e, consequentemente, mais propensos a continuar no emprego. Ainda nesta linha de pensamento, garantir pausas e tempo suficiente para que os funcionários tenham uma vida pessoal de qualidade é fundamental.

Imagem: reprodução

 

Marcelo Furtado

Marcelo Furtado é administrador de empresas com pós-graduação em engenharia financeira pela Poli-USP. Iniciou sua carreira na Pepsico e posteriormente trabalhou 8 anos com gestão de ativos em hedge funds. É cofundador da Convenia, primeiro software na nuvem de gestão de departamento pessoal voltado para pequenas e médias empresas no Brasil. Marcelo também atua como professor de Marketing Digital na ESPM-SP e mentor na ACE e Google Campus.

Contribua com este post