Computação em nuvem para o RH: conheça os benefícios!

Computação em nuvem para o RH: conheça os benefícios!

A computação em nuvem para o RH expandiu os limites do armazenamento de dados virtuais. Antes do surgimento desse sistema, as empresas contavam apenas com servidores físicos limitados. Sendo assim, pouco se podia fazer quanto à evolução da infraestrutura digital e isso impedia também o avanço das práticas internas do RH.

Neste artigo, explicaremos o que é a computação em nuvem e abordaremos o seu funcionamento, bem como os seus benefícios e impactos sobre as demandas do RH. Acompanhe com atenção os próximos tópicos!

O que é computação em nuvem?

A computação em nuvem, ou em inglês: cloud computing, é uma tecnologia capaz de armazenar, acessar e executar inúmeros arquivos pela internet. Além disso, a cloud computing hospeda software, aplicativos e outros sistemas virtuais complexos.

Quando uma empresa tem sua infraestrutura virtual alocada na computação em nuvem, basta um dispositivo eletrônico conectado com a internet para que os profissionais internos acessem os diversos arquivos armazenados. 

Tipos de nuvem

Para atender as necessidades das empresas, as grandes organizações especializadas em computação em nuvem desenvolveram três tipos desse sistema. São eles:

  • Pública: conjunto de serviços de computação que são oferecidos por terceiros na internet pública. Sendo assim, esses serviços ficam disponíveis para qualquer empresa ou pessoa que deseje comprá-los sob demanda ou utilizá-los gratuitamente;
  • Privada: conjunto de serviços de computação que são oferecidos pela internet a usuários selecionados. Dessa forma, a infraestrutura virtual da empresa é privada, ou seja, não compartilhada com outros usuários. Esse tipo de nuvem é mais vantajoso para as organizações, pois conta com suporte, escalabilidade, elasticidade e customização feita pela empresa de hospedagem cloud;
  • Híbrida: é a combinação dos serviços realizados nas nuvens públicas e privadas. A principal vantagem desse tipo de cloud é a possibilidade de aproveitar os recursos dos dois tipos de nuvens. Sendo assim, as empresas ganham flexibilidade e autonomia para usar as ferramentas que mais se adequam às suas necessidades.

Vantagens e desvantagens

Mesmo sendo um sistema amplamente utilizado pelas empresas, é possível apontarmos não só as suas vantagens como também as desvantagens dele. Quanto às vantagens, podemos citar:

  • Redução de custos com a infraestrutura virtual;
  • Acessibilidade;
  • Backups e restauração de dados;
  • Capacidade de gerenciamento e armazenamento de dados;
  • Recursos inovadores.

Por sua vez, as desvantagens são:

  • Dependência de uma boa conexão de internet;
  • Tempo de inatividade da empresa de hospedagem;
  • Controle limitado dos recursos virtuais.

Como funciona o armazenamento em nuvem para o RH?

A computação em nuvem para o RH permite que todos os dados e programas sejam centralizados e integrados em um único lugar. Sendo assim, não importa em qual local estejam as equipes (presencial ou home office), todos poderão realizar os seus trabalhos por meio de um dispositivo eletrônico conectado à internet.

Para os gestores do RH, a cloud computing possibilita a implantação, por exemplo, de:

  • Aplicativos para o controle de ponto;
  • Software para gestão de competências ou dos treinamentos internos;
  • Software para folha de pagamento.

Ao passo que o trabalho remoto está se consolidando no mundo corporativo, o armazenamento em nuvem é a garantia de que o RH terá controle sobre a gestão de pessoas. Sem falar que os gestores obtêm as ferramentas mais modernas, inserindo assim, a transformação digital no RH da empresa.

Benefícios da computação em nuvem

No universo digital, podemos dizer que a cloud computing é uma protagonista. Afinal, esse sistema é a base para o desenvolvimento e armazenamento de muitas tecnologias, com as aplicações baseadas na inteligência artificial, no big data, na machine learning e no business intelligence.

Para delimitar o impacto da computação em nuvem, apontaremos, a seguir, os principais benefícios desse sistema para o RH das empresas.

Baixo custo

Construir e manter atualizado um servidor físico demanda tempo, além de recursos financeiros. Já na computação em nuvem, o RH reduz os custos com a manutenção de uma infraestrutura própria. Como vimos, o setor tem a possibilidade de contratar serviços pagos ou usufruir de serviços gratuitos

Gestão de talentos

Como a cloud computing integra os dados dos colaboradores, os gestores têm um acervo valioso para realizar a gestão de talentos. Desse modo, fica mais fácil acompanhar a produtividade das equipes, bem como a efetividade dos programas de treinamento e desenvolvimento de liderança.

Produtividade

Diante da grande quantidade de ferramentas eficientes, os colaboradores do RH conseguem otimizar os seus serviços. Além disso, o fácil acesso aos arquivos permite que os times responsáveis por projetos mantenham o fluxo de suas atividades.

Mobilidade

Como dito, os profissionais remotos do RH conseguem se conectar facilmente com os arquivos, programas e com o seu time. Sendo assim, não importa se os colaboradores estejam em uma viagem corporativa ou em home office, a cloud computing entrega a mobilidade que eles precisam.

Integração no RH

Com a integração de processos, o RH acompanha em tempo real os indicadores de desempenho (KPIs), como: absenteísmo, rotatividade e produtividade. Desse modo, fica mais fácil tomar decisões importantes.

Segurança

A cloud computing é protegida por sistemas de segurança criptografados e outras ferramentas atualizadas. Sendo assim, os arquivos do RH ficam protegidos contra o ataque de criminosos virtuais ou o vazamento de informações de colaboradores.

O impacto da transformação digital no RH

O RH é uma área essencial para a transformação digital da empresa. Uma vez que lida com o capital humano, esse setor precisa de tecnologias eficientes para gerenciar bem essa responsabilidade.

Sabendo disso, o mercado da tecnologia da informação continua desenvolvendo ferramentas virtuais que suprem todas as necessidades do RH, como as gestões de:

  • Competências;
  • Folha de pagamento;
  • Benefícios;
  • Treinamentos, etc.

Podemos dizer que quando essas e outras demandas do RH são automatizadas e otimizadas, os efeitos positivos são vistos em toda a empresa. Afinal, um time bem gerenciado é também produtivo, engajado e feliz.

Essa atitude reflete na qualidade dos serviços da empresa, deixando os clientes e parceiros mais satisfeitos. Por fim, a marca se torna referência no mercado em que atua, aumentando o seu valor comercial e a sua lucratividade.

Entendeu os benefícios da computação em nuvem para o RH? Quer continuar revolucionando seu departamento e compreender como sincronizar a tecnologia, a estratégia da organização e a gestão de pessoas através de plataformas integradas?

Então, baixe o nosso e-book gratuito “Automação no RH: o guia completo”!

New call-to-action
Clique para avaliar esse post!
[Total: 0 Média: 0]

Marcelo Furtado

Marcelo Furtado é administrador de empresas com pós-graduação em engenharia financeira pela Poli-USP. Iniciou sua carreira na Pepsico e posteriormente trabalhou 8 anos com gestão de ativos em hedge funds. É cofundador da Convenia, primeiro software na nuvem de gestão de departamento pessoal voltado para pequenas e médias empresas no Brasil. Marcelo também atua como professor de Marketing Digital na ESPM-SP e mentor na ACE e Google Campus.

Contribua com este post