Como a Análise de Perfil Comportamental pode ajudar no desenvolvimento de líderes

Tempo de leitura: 6 minutos

Seja na gestão de pessoas ou na identificação — e consequente retenção — de talentos, a análise de perfil comportamental se destaca como um diferencial para o desenvolvimento de líderes, sabia?

Afinal, por meio da aplicação de suas técnicas é possível aprofundar os conhecimentos do líder nas capacidades e, especialmente, no comportamento de cada colaborador e profissionais em processos seletivos, qualificando ainda mais a tomada de decisão.

Só que a aplicação da análise de perfil comportamental também se destaca por outros fatores. E, ao longo deste post, vamos entender como ela se relaciona com o desenvolvimento de líderes e como combater a concorrência de mercado por meio dessa ferramenta. Confira!

Entenda como a análise de perfil comportamental pode ser usada

No geral, a análise de perfil comportamental tem uma utilização tão ampla quanto diversificada, podendo ser usada em:

  •         processos seletivos;
  •         avaliações de desempenho dos colaboradores;
  •         instrumento de pesquisa para avaliar eventuais promoções;
  •         transferências de profissionais para outros departamentos;
  •         treinamentos e outras ações de capacitação.

Sua versatilidade se explica pela identificação de um perfil melhor alinhado aos pilares institucionais da empresa. Um mapeamento que ajuda, inclusive, no desenvolvimento de líderes.

E sabe de qual maneira? A partir de um estudo aprofundado do perfil desejado, para ocupar um cargo, e quais são as respectivas qualidades necessárias para cada um deles.

Veja as qualidades inerentes a diferentes perfis de líderes

Existem diferentes estilos de liderança. E isso não faz com que um seja melhor do que o outro, mas em destaque para a ocupação de diferentes tipos de cargos.

Assim, a análise de perfil comportamental contribui, inicialmente, com a delimitação específica dos perfis buscados, e na consequente associação com o desenvolvimento de líderes, como:

Executivo

Possuem facilidade para comandar pessoas com autoconfiança e posicionamento firme. São determinados e focados nos objetivos e prazos a serem cumpridos e, por isso, possuem um senso de urgência aguçado, costumando imprimir um ritmo mais acelerado para si e para a sua equipe.

Motivador

Costumam liderar de forma mais descontraída, positiva e liberal. Buscam estabelecer uma conexão e desenvolver uma relação de influência positiva com os seus liderados. A qualidade de vida dos profissionais é tão importante quanto os resultados — lembrando que as pessoas felizes são mais produtivas.

Metódico

São abertos às opiniões de seus liderados e tomam suas decisões de forma mais compartilhada. Desse modo, são maiores as possibilidades de participação e co-criação, o que contribui para que o grupo se sinta mais valorizado.

São mais conciliadores, valorizam a harmonia no grupo e o trabalho em equipe, contribuindo para a ocorrência de atitudes mais colaborativas. Afinal, são profissionais que tendem a abrir espaço para sugestões, críticas e ideias, sendo receptivo a elas e permitindo, assim, que sua equipe realize os seus respectivos sonhos.

Sistemático

São autodisciplinados, sérios e se concentram nas tarefas e atividades relacionadas ao trabalho, esperando a mesma atitude de seus liderados.

Costumam criar ambientes mais formais, com a equipe concentrada em suas tarefas e poucos momentos de descontração.

Avalie a importância do desenvolvimento de pessoas

Quando falamos em desenvolvimento de líderes, estamos diante de uma questão que passa, inicialmente, pela identificação de perfis — com base na listagem acima — e no uso de ferramentas adequadas para a sua realização. Caso da análise de perfil comportamental.

Acontece que o contexto desse diferencial está atrelado à essência do desenvolvimento de pessoas. Algo determinante para o crescimento de qualquer empresa, independentemente do seu setor de atuação ou porte.

Quando a empresa se ocupa não apenas do desenvolvimento de líderes — mas de todos os seus recursos humanos —, os benefícios são diversos, como:

  •         atração maior de profissionais do mercado;
  •         mais retenção de talentos internos, bem como a redução do índice de rotatividade;
  •         reputação aprimorada do empreendimento no mercado;
  •         mais valor agregado aos clientes da marca.

Sem falar no potencial de crescimento que o negócio adquire por meio dessa qualificação da força de trabalho. O que nos leva novamente à importância da análise de perfil comportamental.

Com ela, o desenvolvimento de líderes pode ser ainda mais beneficiado e, a seguir, vamos destacar os pontos que devem ser levados em conta na sua aplicação interna.

Descubra os segredos de uma boa análise de perfil comportamental

Como destacamos ao longo do artigo, o desenvolvimento de líderes pode ser aprimorado a partir do uso da análise de perfil comportamental. Mas, mais que isso, também apontamos que não existe um perfil “melhor do que o outro”.

Por sua vez, apresentamos as características que ajudam na construção desse tipo de profissional. Assim, o RH tem as melhores condições para alinhar o perfil de gestão desejado com base nas necessidades do cargo e nas habilidades e comportamentos apresentados.

Um exemplo simples: o perfil de líder motivador, que destacamos anteriormente, é menos considerado em cargos que demandam uma postura mais firme, rígida e resoluta.

Para tanto, abaixo nós reunimos algumas considerações úteis para que, ao considerar a análise de perfil comportamental, você trabalhe efetivamente no desenvolvimento de líderes da empresa. São elas:

Abra mão do extremismo

Ao fazer a análise é fundamental compreender que as características específicas para cada cargo são determinantes, mas desde que sejam ponderadas.

Uma situação exemplar para isso é o estilo dominante que, em excesso, pode se tornar pouco agregador e até mesmo improdutivo em decorrência de conflitos com a equipe por conta disso.

Dessa maneira, durante a análise considere as qualidades buscadas, mas sem extremismos. Um profissional híbrido é tão interessante quanto alguém que não consegue escapar de suas características mais presentes.

Passe um feedback completo

Com base na análise, exponha os resultados para cada pessoa. Com isso, ela aprende a ser flexível, dominante, cativante e agregadora, entre outras características.

Para o desenvolvimento de líderes, o feedback é uma maneira enriquecedora de colocar o RH da empresa em um papel mais estratégico e de contínuo aprendizado.

Use a tecnologia em favor da empresa

Por fim, uma dica fundamental para o desenvolvimento de líderes é o uso complementar das melhores ferramentas tecnológicas.

Para este caso, especificamente, estamos falando do CIS Assessment, que tem relevante participação na lapidação do autoconhecimento e a partir de uma comunicação eficaz.

O seu uso data de meados da década de 1920, elaborado com a essência da Teoria Comportamental DiSC — idealizada, por sua vez, pelo psicólogo Dr. William Marston.

Se você estiver em busca de um auxílio elementar na análise de perfil comportamental, que quiser usá-la para o desenvolvimento de líderes na sua empresa, convidamos você a experimentar uma degustação do software exclusivo da Febracis! Uma maneira rápida, acessível e eficaz em trabalhar a construção de profissionais cada vez mais qualificados na sua empresa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *