7 habilidades pessoais que você precisa conhecer!

7 habilidades pessoais que você precisa conhecer!

Tempo de leitura: 5 minutos

O mundo empresarial tem uma série de comportamentos que podem levar um profissional ao sucesso ou à ruína. Da mesma forma que saber como agir durante uma entrevista de emprego pode trazer muitas vantagens para um trabalhador, ter em vista algumas habilidades pessoais também pode se traduzir em um grande atalho para o crescimento e o destaque de uma carreira.

Vai fazer uma entrevista de emprego e não sabe como avaliar as habilidades pessoais dos candidatos? Então, baixe a PLANILHA GRATUITA para avaliação e facilite a seleção de colaboradores!

Embora a atuação individual de cada profissional também seja um fator primordial para o sucesso de qualquer carreira, saber interagir com colegas, superiores e subordinados da maneira correta também aumenta as chances de destaque para um colaborador. Confira, a seguir, o que são as habilidades pessoais, além de conhecer mais sobre algumas delas.

O que é habilidade pessoal?

As habilidades pessoais são padrões, atitudes e conhecimentos que tornam os profissionais melhores no ambiente profissional, além de auxiliar no desenvolvimento de atividades. Profissionais com certas aptidões conseguem se sair melhor em setores e profissões específicas.

Por isso, cada vez mais, os empregadores têm observado quais habilidades devem ser procuradas ou estimuladas em seus funcionários para que o seu setor se desenvolva. Assim, garantem que sua empresa tenha uma maior produção e qualidade em seus produtos/serviços.

Se o ambiente de trabalho da sua empresa costuma ser bastante movimentado e com diversas tarefas “para ontem”, é interessante contar com profissionais que consigam lidar bem em ambientes com pressão, por exemplo.

Quais habilidades pessoais são mais valorizadas pelas empresas?

Veja a lista com as principais competências que são valorizadas hoje no mercado de trabalho:

1. Tenha um bom relacionamento interpessoal

Relacionamento interpessoal é como a pessoa lida e se relaciona com outros indivíduos. Essa é uma habilidade que deve estar presente em praticamente todos os funcionários, já que nenhum colaborador trabalhará completamente sozinho em seu setor.

É importante saber ouvir e falar com o restante da equipe, além de conseguir ser empático. Ao mesmo tempo, deve conseguir falar sobre si mesmo e seus pensamentos para com a empresa.

2. Comunique-se de maneira clara

Além de conseguir lidar bem em equipe, é importante que todos se comuniquem de maneira clara, calma e direta entre si. Isso ajuda a evitar conflitos e a manter boa relação entre funcionários e superiores.

Para isso, o colaborador precisa falar em uma boa velocidade e tom de voz, bem como ter uma linguagem corporal amigável e não fechada ou intimidadora. Tão importante quanto saber falar é saber ouvir. Por isso, deixe que as pessoas expressem suas opiniões e experiências e trabalhe suas respostas em cima delas.

3. Consiga tomar decisões

Mesmo que o profissional não esteja atuando em um cargo de liderança, ele precisará dar sua opinião ou, até mesmo, tomar decisões importantes dentro da instituição. Por isso, é fundamental contar com pessoas que consigam analisar a situação e promover boas soluções para os planos e problemas apresentados.

Pode ser interessante conversar com profissionais com mais experiência antes de tomar uma decisão que causará grande impacto. Entretanto, não se deve pautar a sua escolha final apenas em comentários de terceiros, mas sim ter confiança nos seus próprios pensamentos e análises.

4. Saiba liderar

Seguindo o tópico anterior, é importante que um funcionário tenha espírito de liderança com seu grupo ou equipe, além de não tomar atitudes que passem a impressão de mandão ou de chefe. Afinal, é preciso trabalhar em equipe para atingir as metas e resultados esperados.

Uma importante característica de uma pessoa que sabe liderar é a transmissão de confiança para o resto da equipe. Mostrar que sabe o que está fazendo é uma ótima forma de acalmar os ânimos dos colaboradores e fazer com que eles trabalhem e pensem melhor.

5. Tenha empatia

É preciso confiar no restante da equipe no que diz respeito às decisões e delegação de tarefas, caso contrário, o profissional poderá tomar todo o trabalho para si com insegurança, se sobrecarregando ou não entregando um resultado satisfatório por não ter todos os conhecimentos necessários.

Nem todo mundo poderá ajudar no mesmo momento em que é solicitado. Por isso, é importante ser paciente e entender as prioridades do restante da equipe. Além disso, a paciência ajudará a lidar com os momentos de estresse e pressão dentro da empresa.

6. Seja flexível e criativo

Dentro do ambiente de trabalho, o profissional entrará em contato com diferentes tipos de pessoas, que trabalham de formas variadas e têm pensamentos singulares. Por isso, é importante contar com pessoas que tenham a mente aberta e saibam lidar com as diferenças e novidades.

Não será incomum realizar atividades fora dos seus afazeres corriqueiros ou ter que lidar com diferentes tipos de problemas. Por isso, empresas estão em busca de colaboradores que sejam flexíveis e consigam se adaptar e lidar com situações adversas.

Além disso, não tenha vergonha de expor suas ideias para novos projetos ou resoluções de problemas para o restante do setor. Afinal, a sua opinião poderá trazer ótimos resultados para e empresa ou ser lapidada para algo mais realista e condizente com a instituição.

Assim, entendendo o que são as habilidades pessoais, sua importância para o crescimento da empresa e conhecendo melhor algumas das mais procuradas pelas empresas atualmente, você terá uma equipe capacitada e unida.

Gostou do conteúdo e quer ficar por dentro de outras informações importantes sobre a gestão de recursos humanos? Assine agora mesmo a nossa newsletter gratuita!

Template Avaliação de Candidatos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *