Gestão Colaborativa: o que é e como implementar na sua empresa

Tempo de leitura: 6 minutos

Com o aumento da competitividade no mundo dos negócios, as relações de trabalho tornam-se cada vez mais dinâmicas. Para se adaptar a um mercado em constante transformação, as formas tradicionais de gestão de empresas vêm sendo questionadas.

Nesse cenário, a gestão colaborativa é a nova aposta das organizações para reter talentos e aumentar a produtividade. Esse modelo traz diversos ganhos para os colaboradores e para toda a empresa. Por isso, neste post você vai conhecer melhor essa forma de gestão e também vai descobrir como implementá-la em seu negócio. Pronto para começar?

O que é gestão colaborativa?

A gestão colaborativa, também chamada de gestão horizontal, é um modelo descentralizado de condução dos negócios. Ao contrário da gestão vertical, não há uma rígida hierarquia entre os funcionários.

A empresa é dividida em áreas e cada um dos colaboradores deve entender claramente quais são suas responsabilidades para que, assim, despertem a consciência de que todos podem contribuir para o sucesso do negócio.

Na gestão colaborativa, todos trabalham por um bem comum, que se traduz na geração de bons resultados para a empresa. Como há pouca ou nenhuma relação de superioridade entre os cargos, na elaboração do planejamento estratégico da empresa, membros de todas as áreas da instituição são convocados.

Assim, essa nova forma de gestão tem o foco em pessoas, que são o maior ativo de uma empresa. Enquanto na gestão vertical o chefe concentra o poder de decisão e a responsabilidade por toda uma equipe, no modelo horizontal todos os colaboradores têm voz para contribuir com o planejamento a longo prazo.

Dessa forma, as habilidades individuais podem ser mais bem aproveitadas em prol da organização. Por isso, a adesão a esse modelo de gestão vem crescendo e traz diversas vantagens competitivas ao seu negócio.

Quais os benefícios da gestão colaborativa?

Com um mercado cada vez mais competitivo, fomentar a colaboração é essencial para que a empresa alcance seus objetivos ao longo do tempo. Concentrar um excesso de atribuições em uma só pessoa leva ao desgaste físico e emocional do profissional, que perde a motivação para o trabalho. Por isso, a gestão colaborativa é essencial para que uma divisão justa de responsabilidades seja feita entre os funcionários.

Com maior liberdade de propor novos métodos de ação e de tomar decisões, o profissional torna-se mais engajado com o propósito da empresa. Assim, cria-se um ambiente de trabalho positivo e estimulante, propício à cooperação e à criatividade. Os colaboradores sentem-se mais à vontade para expor novas ideias e dar sua opinião acerca dos processos da empresa, o que abre caminho para a inovação.

Nesse ambiente, a receptividade das pessoas aos feedbacks também cresce, bem como sua capacidade de absorvê-los. Outro ponto positivo da gestão colaborativa é a maior facilidade de adaptação do time às mudanças. Com o trabalho em equipe fortalecido, as habilidades de cada colaborador serão aproveitadas para superar desafios e criar resiliência na empresa.

A ausência da hierarquia deixa as relações de trabalho mais leves, o que estimula um bom relacionamento entre os funcionários. Logo, o cumprimento de metas individuais e também compartilhadas é favorecido, o que eleva a produtividade e traz benefícios para toda a equipe.

Outro benefício da gestão colaborativa é a melhoria da comunicação entre os funcionários. Já que a interação entre eles é estimulada nesse modelo de administração, o fluxo de informações é facilitado.

Mais um ganho desse tipo das relações de trabalho colaborativas é a atração de profissionais que se identificam com empresas que oferecem maior liberdade de expressão. Há pessoas que se adaptam melhor a um modelo de gestão mais flexível, no qual possam dar vazão às suas ideias. Muitos talentos da geração Y podem ser atraídos por organizações que trabalham dessa forma. Portanto, essa pode ser uma vantagem competitiva para o seu negócio.

Logo, a gestão colaborativa é um diferencial para o planejamento estratégico e crescimento da empresa ao longo prazo. Mas como incorporá-la à sua organização? Esse é o assunto do nosso próximo tópico. Vamos lá!

Como implementar um sistema de gestão colaborativa na empresa?

Está pensando que é hora de mudar a forma de gestão da sua empresa para estimular a cooperação entre funcionários? Então, você precisa considerar alguns aspectos essenciais.

Primeiramente, é necessário que todos os colaboradores tenham conhecimento do planejamento estratégico da empresa. Somente dessa maneira será possível que todos caminhem na direção de um objetivo comum.

Em seguida, é importante definir bem as atribuições de cada colaborador para que, assim, eles compreendam qual o seu papel no desenvolvimento da empresa. É necessário que haja um bom planejamento de ações para não haver sobreposição de tarefas nem ociosidade de funcionários.

Além disso, cada colaborador deve saber quais são as funções dos demais membros da equipe. Quando todos têm claros os seus papéis e os de seus colegas, fica mais fácil oferecer suporte ou fazer sugestões.

Como quase não há hierarquia na gestão horizontal, uma atenção especial deve ser dada à comunicação entre os colaboradores. Essa ação é essencial para que os projetos sejam conduzidos com eficiência. Portanto, é relevante checar se os canais de informação dentro da empresa são eficazes.

Finalmente, é importante destacar que os colaboradores devem estar alinhados à cultura organizacional. Quando seus interesses e expectativas são coerentes aos objetivos e valores da instituição, o funcionário torna-se mais motivado e disposto a superar os desafios que venham a surgir na rotina de trabalho. Com isso, condições favoráveis a um alto desempenho são criadas.

Devido a todos os seus benefícios, a gestão colaborativa é uma tendência no mundo dos negócios. Por ser focada em pessoas e criar um ambiente de trabalho que traz liberdade aos colaboradores, a gestão horizontal tem o potencial de aproveitar o melhor que cada um deles tem a oferecer. Assim, abre-se caminho para a inovação, elemento que vem se mostrando essencial para o progresso das organizações a médio e longo prazo.

Agora que você já sabe os diferenciais da gestão colaborativa e como aplicá-la à sua empresa, que tal ler o nosso artigo sobre team building? Conheça mais essa estratégia que traz diversos benefícios para o seu negócio!

Clima Organizacional: Como melhorar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *