Benefícios para funcionários: 5 opções para engajar a equipe

Benefícios para funcionários: 5 opções para engajar a equipe

Muito se fala sobre motivação e engajamento no mundo corporativo. As empresas, agindo sob a premissa (correta) de que um colaborador feliz no trabalho é um colaborador produtivo, se movimentam para criar políticas que fomentem a satisfação dos colaboradores. Afinal, ninguém quer perder talentos para o concorrente só porque um salário maior foi oferecido. É por isso que definir os benefícios para funcionários pode ser crucial para engajar a equipe.

Precisa reduzir os custos dos benefícios para funcionários? Baixe o eBook GRATUITO e use a Reavaliação do pacote de benefícios como ativo para diminuir custos!

O problema é que o RH dessas mesmas empresas se sente perdido no momento de escolher os benefícios que vão catapultar a satisfação dos funcionários no trabalho. Não sabem quais são os que mais motivam ou quais apresentam a melhor relação custo/benefício.

Por esse motivo, nós da Convenia vamos listar os cinco melhores – não óbvios – benefícios para você oferecer aos colaboradores da empresa e, em última instância, torná-los mais produtivos.

Por que é importante oferecer benefícios para os colaboradores?

Investir na oferta de benefícios aos funcionários pode ser muito vantajoso para as organizações. Eles funcionam como uma excelente estratégia para engajar os colaboradores e fazer com que eles sintam que a empresa se preocupa com o seu bem-estar. Dessa forma, eles sentem mais confiança para serem bem-sucedidos e assim, “vestem a camisa” da organização.

Todos esses fatores impactam em algo que toda empresa procura: a atração de talentos. As vantagens e benefícios oferecidos são um dos maiores fatores decisórios para que profissionais escolham uma empresa para trabalhar. Portanto, é fundamental definir um pacote de benefícios eficiente e que esteja de acordo com o perfil dos colaboradores. 

Quais são os tipos de benefícios para funcionários?

Para definir o pacote de benefícios, é importante saber que existem os obrigatórios e os não obrigatórios. Os dois têm a sua importância e podem proporcionar algumas vantagens. Confira abaixo a diferença:

Benefícios obrigatórios

Também chamados de encargos trabalhistas, os benefícios obrigatórios são aqueles estabelecidos pela CLT e devem constar na folha de pagamento. Caso eles não sejam fornecidos, a empresa pode pagar multas e indenizações. Conheça os principais:

Contudo, existem benefícios além desses que são estabelecidos no contrato de trabalho ou em convenção coletiva. Assim, também se tornam obrigatórios nessas situações. 

Benefícios não obrigatórios

Além dos obrigatórios, as empresas podem optar pela oferta de outros benefícios como:

  • Vale-alimentação ou refeição;
  • Plano de saúde;
  • Plano odontológico;
  • Auxílio-creche;
  • Vale-cultura;
  • Vale-combustível;
  • Entre muitos outros. 

Como já abordamos aqui, essas soluções podem ser estratégicas e auxiliam na motivação dos colaboradores e na atração de talentos. 

5 melhores benefícios flexíveis para funcionários

Conheça os benefícios para funcionários que você pode oferecer na sua empresa:

1. Aulas de Educação Financeira para os colaboradores

A empresa que não oferece internamente algum tipo de incentivo educacional aos colaboradores perde uma oportunidade preciosa de elevar o engajamento no ambiente de trabalho.

Não apenas porque aulas, cursos e seminários tendem a estimular a motivação, mas também porque essas diferentes formas de ensino ajudam a afiar o intelecto dos colaboradores. Como consequência, os profissionais podem desempenhar melhor algumas tarefas do dia-a-dia que dependem de raciocínio lógico, linguagem e conhecimentos gerais.

“E por que Educação Financeira?”, você deve estar se perguntando.

É consenso que aqui no Brasil, nós não somos municiados com a Educação Financeira necessária à nossa segurança na vida adulta — seja na escola, na faculdade (excluindo aqueles que fizeram algum curso na área, obviamente) ou em nosso cotidiano. Porém, trata-se de um assunto importante na vida de qualquer profissional, não importando sua área de atuação.

A BambooHR, uma empresa americana de tecnologia para RH, incentiva e paga para todos os seus funcionários participarem de aulas de finanças pessoais na Financial Peace University. Essa prática fez com que os colaboradores economizassem um total de U$ 200 mil e ficassem mais seguros em relação à sua condição financeira, de modo que pudessem ser mais produtivos no trabalho (considerando ainda que o americano médio tem uma educação financeira superior à do brasileiro).

2. Trabalho flexível

De acordo com uma pesquisa conduzida pela TechnologyAdvice, que buscava correlacionar benefícios para funcionários com retenção de talentos, o benefício mais valorizado, com 31,8% das respostas, é ter agenda de trabalho flexível ou possibilidade de fazer home office. E várias pesquisas apontam uma correlação positiva de políticas de trabalho remoto com aumento na motivação e na produtividade dos funcionários.

No final das contas, o prestígio que a possibilidade de trabalhar em casa exerce sobre os profissionais, reflete o que eles mais valorizam: o tempo. Eles querem equilibrar ao máximo sua vida profissional e sua vida pessoal, e enxergam o trabalho flexível como uma forma de posicionar a gangorra no centro — ou o mais próximo possível dessa posição.

Não à toa tantas empresas se preocupam hoje em dia com o bem-estar holístico — também conhecido como wellness — dos profissionais. A agência de pesquisa de tendências de comportamento Box 1824 até elaborou estudo de caso no qual aborda essa preocupação com o equilíbrio entre vida particular e vida profissional, que eles batizaram de All Work and All Play. Para conferir o vídeo-resumo desse estudo de caso, basta clicar aqui.

3. Vantagens em academias

Segundo a mesma pesquisa mencionada no item anterior, o benefício mais valorizado depois do trabalho flexível é o incentivo financeiro para os colaboradores fazerem academia. O cuidado com o corpo e a valorização de um estilo de vida saudável têm tudo a ver com o conceito de wellness: o profissional de hoje não enxerga com bons olhos abrir mão de exercícios físicos para ficar mais horas no escritório.

Na esteira do cuidado crescente com a saúde, hoje em dia existem muitos negócios com planos e convênios que dão acesso a academias em diversas localizações. Se sua empresa oferecer esse tipo de vantagem, os colaboradores vão responder positivamente.

Há ainda um bônus nessa história. A atividade física, além de satisfazer os funcionários, melhora o nosso desempenho intelectual: uma pesquisa publicada na American College Sports Medicine verificou que a prática de trinta minutos de atividade física em um dia de trabalho eleva em 15% a produtividade do colaborador. Ademais, 60% dos participantes do estudo reportaram maior autoconfiança intelectual e maior segurança para entregar tarefas no prazo depois de praticar exercícios físicos.

4. Convênio com estabelecimentos próximos da empresa

Poucas vantagens satisfazem mais os funcionários do que ter descontos em lojas, restaurantes, academias, escolas e outros estabelecimentos comerciais que ficam geograficamente próximos ao escritório.

Descontos são motivadores. Descontos que podem ser usufruídos perto do trabalho, mais ainda.

A rotina do colaborador se torna mais fácil com a comodidade e praticidade de realizar atividades nas adjacências – para não citar o ganho financeiro que se tem com ofertas de 10%, 20% ou 30% de desconto.

A Convenia, por exemplo, tem um clube de benefícios para funcionários com descontos em uma série de estabelecimentos comerciais, além das lojas virtuais. Para saber mais detalhes e conhecer algumas empresas parceiras, clique aqui.

5. Uma sexta-feira de folga por mês

Uma prática comum em empresas americanas é liberar os funcionários de sexta-feira a partir das 14:00. Estatísticas mostram que a maioria dos colaboradores ficam ansiosos com a iminente chegada do final de semana conforme a sexta-feira se arrasta, então não conseguem produzir no mesmo nível depois do almoço. Algumas empresas, com isso em mente, perceberam que o nível de produtividade dos funcionários às vésperas do final de semana não compensa os gastos com água, luz e outros decorrentes de manter as pessoas no escritório.

Caso essa medida esteja além da sua capacidade no momento, uma opção interessante é oferecer uma sexta-feira de folga no mês (mas não uma folga coletiva). Para evitar que o benefício se torne um ônus, estipule que cada área da empresa terá uma planilha na qual seus integrantes selecionarão em qual sexta-feira do mês desejam não trabalhar. Desse modo, o gestor do departamento avalia os dias escolhidos, distribui os colaboradores por data e não fica desguarnecido.

Benefícios de baixo custo para a empresa

É comum que empresas se concentrem apenas nos benefícios obrigatórios. Isso ocorre porque a organização não deseja ter gastos extras que possam ter impactos econômicos nos negócios. Contudo, existem opções de baixo custo para oferecer aos colaboradores que podem ser muito vantajosas, alguns até já citados aqui. Veja os exemplos:

  • Horários flexíveis;
  • Reconhecimento e recompensas;
  • Mentorias, cursos, palestras e treinamentos;
  • Eventos;
  • Descontos sobre produtos ou serviços.

As pesquisas nas quais nossas sugestões de benefícios para funcionários são baseadas, proporcionam uma visão geral sobre as preferências dos colaboradores. Mesmo assim, elas não são totalmente precisas para todos os grupos de funcionários.

Como já falamos aqui, cada organização atrai perfis diferentes de pessoas. E cada perfil tende a preferir alguns tipos específicos de benefícios. Portanto, a melhor medida é pesquisar as preferências dos seus colaboradores para montar um pacote de benefícios ideal para eles.

Vantagens de um plano de benefícios bem estruturado

Como abordamos anteriormente, um plano de benefícios bem estruturado traz muitas vantagens para as empresas. São diversos os impactos positivos que essa estratégia pode proporcionar. Veja alguns:

  • Aumento da produtividade;
  • Alto engajamento;
  • Satisfação;
  • Motivação;
  • Lealdade;
  • Melhora do clima organizacional;
  • Retenção de talentos.

Implementação do Beneflex

Para obter melhores resultados na definição dos benefícios, a empresa pode optar pela implementação do Beneflex. Basicamente, é tornar os benefícios flexíveis conforme a necessidade e decisão do funcionário. Ele passa a ter um cardápio de opções, fugindo do pacote fixo que geralmente é oferecido pelas organizações. De uma forma prática, é possível oferecer maior autonomia aos colaboradores sem que necessite de um alto investimento. 

Contudo, apesar dos benefícios serem fundamentais, o período de Pandemia causado pelo Covid-19 gerou uma crise mundial econômica. Por isso, preparamos um eBook exclusivo para reavaliar os benefícios oferecidos e reduzir os custos sem causar impactos negativos na vida dos colaboradores. Não deixe de conferir!

Clique para avaliar esse post!
[Total: 0 Média: 0]

Equipe Convenia

Nós somos uma HR tech, com soluções voltadas para otimização de tempo e custos de pequenas e médias empresas. Nascemos há alguns anos, com o objetivo de trazer alta tecnologia para o setor de RH, de forma acessível e prática. Desde então temos trabalhado fortemente para que nossos produtos evoluam junto com os nossos clientes, pois entendemos que diminuindo o tempo gasto com rotinas operacionais, as empresas tem mais tempo para as pessoas. Atualmente nossas soluções abrangem plataforma de gestão de departamento pessoal, contratação e gestão de benefícios, onde você pode gerir todo seu time em um sistema em nuvem.