Headhunter: qual a importância desse profissional?

Como contratar um headhunter para a minha empresa? Esse profissional tem grande importância no dia a dia da organização, pois ele literalmente está em busca de talentos

O mercado mostra que os profissionais pretendem mudar de carreira, como mostra uma pesquisa feita pela consultoria Fellipelli. Cerca de 40% dos profissionais pretendem mudar de emprego ainda em 2021. 

As habilidades e características do headhunter o tornam uma peça importante para aumentar a produtividade da equipe, bem com a sua competitividade no mercado. Neste artigo você vai saber o que faz, a sua importância e como contratar esse profissional.

Afinal, o que faz um headhunter?

De maneira literal, a palavra headhunter vem do inglês e significa caçador de cabeças. Mas, aplicando o conceito no plano organizacional, a melhor tradução seria caçador de talentos. Ele é um profissional que se empenha de maneira ativa para encontrar novos talentos, garimpando os melhores para ocuparem os cargos na empresa.

O RH faz um recrutamento e seleção convencional, ou seja, lança as suas vagas de emprego no mercado e espera o contato dos profissionais.O headhunter vai um pouco mais além, indo em busca dos profissionais enquanto eles ainda estão empregados.

As habilidades técnicas e comportamentais que esse profissional precisa ter são diferentes de um recrutamento tradicional. Ele precisa ser especializado em convencer os talentos a mudarem de emprego, ou seja, enxergarem que existe uma oportunidade melhor em outra organização. É um grande desafio! 

Pensando em como estruturar o seu RH a ter um dinamismo presente na convivência do headhunter, a Convenia preparou um kit exclusivo para turbinar o RH da sua empresa. Fique com a gente até o final deste artigo para garantir o seu material gratuito!

Qual o perfil desse profissional?

O headhunter precisa ter habilidades específicas para dominarem a área em que atuam, as chamadas hard skills e soft skills.

As primeiras dizem respeito às habilidades técnicas do profissional, ou seja, ele precisa entender da área em que está atuando. Como o nome mesmo diz, o caçador de talentos está em busca de um profissional em específico. Sobre a sua formação, ele não precisa ter uma em específico.

Já as habilidades soft skills são as comportamentais, que envolvem principalmente: 

Networking

O headhunter precisa ter uma rede de contatos sólida para ter onde procurar e direcionar os talentos. Essa relação de networking abre portas para os profissionais se colocarem em uma nova profissão.  

Ser um profissional dinâmico

O dinamismo deve fazer parte do caçador de talentos, pois espera-se que ele tenha empolgação e motivação para inspirar o talento a tomar uma decisão de ir para outra empresa. 

Saber se comunicar bem

A comunicação deve ser clara e assertiva, onde os profissionais entendam o objetivo ao procurar e encontrar um novo talento. Ele deve enxergar o potencial de que um funcionário X está mais adequado a atuar na empresa Y. 

Apto para negociar

A negociação requer muito conhecimento sobre a organização, do mercado de trabalho e das tendências para o futuro. Basicamente, o headhunter deve ser um vendedor, oferecendo ao talento as vantagens e benefícios da empresa. 

Qual a importância desse profissional e as vantagens de contratá-lo?

Quando uma empresa cria um processo de recrutamento e seleção, muitas vezes ela não encontra o profissional certo para uma vaga de emprego na empresa. É aí que entra o headhunter! Ele é o profissional adequado para encontrar esse talento e trazê-lo para a empresa, como uma peça que se encaixa perfeitamente a um quebra-cabeça.

Esse desafio que o RH tem se estende a todas as funções da empresa, principalmente quando as vagas são para gerência, diretoria, vice-presidência, etc. Mas, esse desafio é possível de ser vencido com a ajuda desse profissional. 

Existem vantagens muito importantes ao contratar um headhunter, confira agora quais são:

  • Ele vai de encontro ao candidato / perfil ideal para uma vaga na empresa
  • Mantém uma relação objetiva com o seu cliente (a organização), entendendo as suas necessidades em relação a um novo profissional a ser contratado
  • Usa as suas habilidades para recrutar talentos com excelência
  • Otimiza os recursos da empresa para encontrar um novo profissional, melhorando o processo de selecionar novos talentos

Como contratar um headhunter?

Agora que vimos a importância de contar com a ajuda de um headhunter na busca por um talento ideal, você precisa saber como contratar esse profissional

1-Tudo começa com uma boa busca na internet

Para encontrar o melhor headhunter, é preciso procurar bem. No ambiente online, principalmente nas redes sociais (o LinkedIn, por exemplo), os profissionais podem ser visualizados de maneira ampla. Assim que os perfis promissores forem selecionados, faça uma lista dos melhores e entre em contato com eles. 

2-Peça referências e analise o conhecimento do profissional

Depois de entrar em contato com os profissionais, marque entrevistas para conhecê-los de perto. Peça referência sobre os headhunters que encontrar, faça com que eles falem sobre a experiência e conhecimento que possuem na área.

3-Qual é a capacidade de networking do caçador de talentos

Como falamos de networking nos tópicos anteriores, o headhunter precisa ter uma boa rede de contatos para atuar em sua empresa. Esse é um dos itens cruciais para determinar a utilidade do profissional em sua organização.

4-Em quanto tempo o headhunter consegue encontrar um novo talento

O caçador de talentos precisa ter as habilidades necessárias para atuar na sua empresa. Isso inclui o tempo médio de contratação que ele tem em suas experiências profissionais, além do tempo que ele gasta para encontrar e selecionar um novo talento, que deve ser menor ou proporcional ao que a empresa já pratica no momento.

Podemos concluir que o headhunter é um profissional que trabalha além do que o RH de uma empresa consegue ir. Ele atua ativamente na busca de um novo talento para a organização, valendo muito a pena o investimento. 

Como prometido, baixe agora mesmo o Kit Avançado de RH Digital que preparamos para a sua empresa e otimize os seus processos na área. Clique aqui e aproveite!

New call-to-action

Marcelo Furtado

Marcelo Furtado é administrador de empresas com pós-graduação em engenharia financeira pela Poli-USP. Iniciou sua carreira na Pepsico e posteriormente trabalhou 8 anos com gestão de ativos em hedge funds. É cofundador da Convenia, primeiro software na nuvem de gestão de departamento pessoal voltado para pequenas e médias empresas no Brasil. Marcelo também atua como professor de Marketing Digital na ESPM-SP e mentor na ACE e Google Campus.

Contribua com este post