Recrutamento de novos talentos: descubra técnicas e ferramentas

Recrutamento de novos talentos: descubra técnicas e ferramentas

Recrutamento de novos talentos: descubra técnicas e ferramentas

Como o setor responsável pela gestão de pessoas, o RH tem uma forte influência no processo de aquisição de novos talentos, uma vez que tem o conhecimento e a capacidade de traçar o perfil da empresa e procurar profissionais com perfis compatíveis.

Para ter esse entendimento, a área de recursos humanos analisa a cultura interna, as metas, estratégias e os objetivos do negócio. Podemos dizer que essa análise é como um mapa que aponta o caminho para a contratação do colaborador ideal.

Técnicas e ferramentas eficazes

Para a atração de novos talentos, é essencial a adoção de técnicas e ferramentas eficientes. A seguir, apontamos algumas delas.

Testes de triagem online

Os testes online ajudam na triagem dos melhores profissionais. Eles são realizados por meio de ferramentas virtuais e podem ter o formato de questionário, jogos ou entrevista. Sem dúvida, é uma ótima maneira de conhecer a personalidade e as habilidades dos candidatos.

Ferramentas baseadas em Inteligência Artificial

As aplicações embasadas na inteligência artificial são importantes para mensurar a compatibilidade do perfil do talento com as estratégias da empresa. Essas ferramentas geram relatórios que ajudam na tomada de decisão dos recrutadores.

Softwares de análise comportamental

Já o software de análise comportamental revela, entre outras coisas, os traços de personalidade e as habilidades de competências de um profissional. Desse modo, os recrutadores mensuram o desempenho dele e percebem se agregará bons resultados para o negócio.

Dinâmicas de grupo

Envolver os candidatos talentosos em dinâmicas de grupo online é uma excelente maneira de entender como trabalham em equipe. Essas dinâmicas podem envolver desafios vivenciados na empresa.

Construção de carreira 

Algo que atrai a atenção dos talentos profissionais é a possibilidade de uma carreira sólida e bem direcionada na empresa. Durante o processo seletivo, os recrutadores podem apresentar o plano interno de carreira e os seus benefícios.

Visão de bonificações a longo prazo 

Outra maneira de encantar os profissionais de alto rendimento é ter uma política de meritocracia. Esse processo envolve premiar ou promover os colaboradores que se destacam em suas funções internas.

Fatores que podem prejudicar esse processo

Mesmo com boa intenção, o RH pode cair em armadilhas no processo de aquisição de novos talentos. A seguir, apontamos alguns deles.

Usar a remuneração para atrair

Os profissionais de alto desempenho são disputados pelas empresas. Sendo assim, são acostumados a receber generosas ofertas salariais. Devido a isso, esses talentos focam mais na experiência de carreira que a empresa pode proporcionar. 

Divulgar a vaga nos canais incorretos

Outro erro comum é divulgar as vagas do processo seletivo em todas as mídias sociais visando aumentar a visibilidade delas. O melhor a fazer é identificar os canais utilizados pelos talentos que a empresa busca e focar neles.

Não definir um perfil comportamental de candidato

Sem um perfil comportamental bem definido, o RH corre o risco de contratar talentos incompatíveis com a cultura organizacional e os objetivos da empresa. O resultado pode ser o aumento do turnover (taxa de rotatividade) de colaboradores.

Prolongar muito o processo de seleção

Quando o processo seletivo é demorado, a empresa pode passar a impressão de que não respeita ou não precisa tanto dos candidatos. Além disso, os talentos podem desistir do processo por causa de outras oportunidades mais atraentes.

Com certeza, a busca por novos talentos é algo essencial para o RH das empresas. Com as estratégias que mostramos neste artigo, esses profissionais desejados serão atraídos e retidos na organização. O que achou do nosso artigo? Entendeu quais são as técnicas e ferramentas para a aquisição de novos talentos? Então, descubra agora como fazer o seu recrutamento e seleção decolar.

New call-to-action

Marcelo Furtado

Marcelo Furtado é administrador de empresas com pós-graduação em engenharia financeira pela Poli-USP. Iniciou sua carreira na Pepsico e posteriormente trabalhou 8 anos com gestão de ativos em hedge funds. É cofundador da Convenia, primeiro software na nuvem de gestão de departamento pessoal voltado para pequenas e médias empresas no Brasil. Marcelo também atua como professor de Marketing Digital na ESPM-SP e mentor na ACE e Google Campus.

Contribua com este post