Seleção de talentos eficaz e atração dos melhores candidatos

Seleção de talentos eficaz e atração dos melhores candidatos

A seleção de talentos já é, há algum tempo, uma das questões mais importantes para quem atua no setor de recursos humanos de empresas em todo o mundo. Afinal, ter um time de alta performance é o que toda empresa precisa para avançar e atingir os melhores resultados. 

A “guerra” pelos talentos do mercado é constante e torna os processos de atração cruciais dentro de um recrutamento. Eles precisam ser altamente estratégicos. Por isso, conforme o tempo passa, o currículo já não diz muito sobre o profissional e os critérios de seleção se tornam cada vez mais específicos, priorizando mais as soft skills e o fit cultural. 

Para descobrir como fazer a seleção de talentos de forma eficaz e atrair os melhores candidatos para a sua empresa, é só continuar a leitura!

O que é seleção de talentos?

A seleção de talentos é uma das etapas do processo de recrutamento e seleção. Nela, os gestores analisam e comparam todas as informações coletadas dos profissionais que se candidataram a uma vaga em aberto durante a fase de captação de talentos. Após uma avaliação profunda, eles selecionam o nome da pessoa que será contratada para fazer parte do time da empresa. 

É uma etapa que exige atenção, profissionais de RH capacitados, testes, provas, dinâmicas, entre outros recursos que colaboram para uma escolha mais assertiva. Por isso, é preciso saber quais competências a empresa necessita para escolher qual candidato irá se encaixar nelas. 

Impactos da tecnologia na seleção de talentos 

Sempre em busca de funcionários motivados e com perfil adequado para colaborar com o crescimento das corporações, o profissional de RH se utiliza de cada vez mais novas ferramentas e tecnologias, que podem ajudar muito na hora de encontrar o funcionário ideal em meio a um processo seletivo abrangente.

A internet – seja por facilitar o acesso a candidatos que realmente mostram interesse por vagas específicas ou por permitir um entendimento maior em relação a possíveis colaboradores (por meio de redes sociais voltadas para o mercado de trabalho ou não) – já é uma das ferramentas tecnológicas de maior importância para se garantir uma seleção de talentos assertiva.

No entanto, o mundo da tecnologia pode oferecer muito além disso, e as empresas brasileiras descobrem cada vez mais opções de ajuda, sendo os jogos virtuais (gamificação) considerados a “bola da vez” para o setor de RH em processos seletivos. De acordo com uma matéria publicada pela Folha de São Paulo, grandes nomes do mercado corporativo brasileiro andam aproveitando estes jogos para ter uma ideia melhor sobre a capacidade de administração e apresentação de possíveis candidatos.

Na maioria dos casos, esse tipo de teste é aplicado logo nas primeiras etapas do processo de seleção, dando a oportunidade ao candidato de mostrar habilidades de desenvolvimento de estratégia, conhecimentos específicos em relação a determinado setor ou mesmo de se apresentar à empresa, já que, em alguns casos, as conversas e reuniões feitas por meio de webcams são o primeiro passo para conquistar a vaga desejada.

Como melhorar a atração de talentos?

Para capturar os melhores talentos do mercado, é preciso atraí-los. Portanto, algumas ações estratégicas precisam ser realizadas. Confira abaixo:

Invista em employer branding

O employer branding é uma estratégia que tem como objetivo aperfeiçoar e melhorar os processos de atração e retenção de talentos por meio do fortalecimento dos princípios corporativos. Dessa forma, é possível criar defensores internos da organização. Ou seja, ele visa criar maneiras eficazes de ter um ambiente de trabalho atrativo, mostrando aos talentos do mercado as inúmeras vantagens que um indivíduo possui ao pertencer ao quadro de colaboradores da empresa.

Defina o perfil de profissional que deseja atrair

Para atrair os talentos certos, é preciso primeiro saber qual perfil de profissional a empresa deseja em seu quadro de colaboradores. O ideal é definir uma persona (conceito de marketing que representa um cliente de forma fictícia) de acordo com as necessidades e cultura da empresa. Essa definição permite que as vagas não sejam atiradas para qualquer perfil que apareça, afinal, isso trará muito trabalho ao RH. Ter uma persona aumenta as chances de uma contratação assertiva.

Foque na cultura organizacional

Ter uma cultura organizacional bem forte e definida também é fundamental para atrair talentos, afinal, ela deve guiar as contratações. Os candidatos devem acreditar na missão e propósito da empresa, bem como estar alinhados à cultura daquele ambiente corporativo. Os próprios funcionários passam a ser porta-vozes desses valores, atraindo outras pessoas que também se identificam e passam a desejar trabalhar na organização.

Tenha um programa de benefícios atraente

Vale-refeição, vale-transporte, plano de saúde são tipos de benefícios fundamentais nas empresas. Contudo, eles não passam do “básico”. Atualmente, oferecer um diferencial no pacote de benefícios é uma estratégia para atrair talentos. Em muitos casos, é possível optar por soluções que estão mais de acordo com as necessidades dos colaboradores sem a necessidade de aumentar o orçamento. 

A empresa pode investir em benefícios voltados para a saúde mental, flexibilidade de horários, cursos EAD, despesas de Home office, dentre outras inúmeras possibilidades. 

Estabeleça um bom plano de cargos e salários

O plano de cargos e salários é essencial dentro da gestão de recursos humanos, principalmente na atração de talentos. Sua elaboração permite que os colaboradores possam crescer na empresa de acordo com suas aptidões e desempenho, sendo uma base para desenvolver o plano de carreira. Com as análises, descrições dos cargos e as possibilidades de ascensão, se torna muito mais fácil atrair bons candidatos.

Ofereça oportunidades de desenvolvimento

Contribuir para que um profissional se desenvolva é uma das características que fazem uma empresa alcançar o sucesso. Afinal, os colaboradores terão a oportunidade de crescer em suas carreiras profissionais e oferecer melhores resultados. E claro, isso atrai novos talentos. Por exemplo, programas de estágio e trainee funcionam como uma porta para formar grandes lideranças dentro da empresa. Outras soluções são: investir em cursos, mentorias, palestras, treinamentos, etc.

Quais são as principais técnicas de seleção de talentos?

Conheça agora as principais técnicas que facilitam e colaboram com a seleção de talentos:

1. Uso de tecnologia para triagem de currículos

Realizar a triagem dos currículos pode ser uma tarefa muito cansativa. É comum que a empresa receba um número muito grande para avaliar, pois muitos profissionais enviam mesmo não estando de acordo com a descrição da vaga. Fazer o processo “manualmente” e analisar currículo por currículo, pode tirar muito tempo dos profissionais de RH, que muitas vezes precisam realizar um processo seletivo para ocupar uma vaga com urgência. 

Por isso, utilizar um software de triagem de currículos é ideal para otimizar o tempo e ganhar agilidade em todo o processo. A tecnologia viabilizou a técnica de parsing de currículos. Ela funciona baseada nos padrões e as exigências da organização, identificando apenas candidatos realmente qualificados pela triagem do parse (campo de formulário em que é inserido um arquivo que será lido pelo sistema).

2. Realização de testes comportamentais

Não há dúvidas que as soft skills são competências que ganharam destaque nos últimos anos e se tornaram essenciais para o sucesso da empresa. Ou seja, as atitudes e comportamentos no ambiente de trabalho também passaram a ser algo altamente avaliado durante o processo de seleção. Afinal, de nada adianta ter competências técnicas excelentes (hard skills) se o profissional não se encaixa no que a organização realmente procura em um colaborador.

Os testes comportamentais identificam os traços psicológicos e da personalidade do indivíduo para gerar sua análise de perfil. Eles são fundamentais para avaliar como um profissional irá reagir a diversas situações dentro do ambiente de trabalho. Com os testes, é possível unir profissionais com características compatíveis e fazer escolhas mais estratégicas, gerando um clima organizacional mais harmonioso e melhorando os resultados dos negócios.

3. Aplicação de técnicas de seleção diversificadas

Por fim, também é possível utilizar outras diversas técnicas de seleção. Atualmente, são inúmeras as possibilidades que podem tornar o processo mais ágil, assertivo e eficiente. Veja algumas dicas e opções:

  • Utilize a gamificação;
  • Tenha uma gestão automatizada de todo o processo;
  • Organize um banco de currículos;
  • Faça parcerias com universidades e escolas técnicas;
  • Aplique dinâmicas para real solução de problemas simulando o real ambiente de trabalho;
  • Faça um mapeamento de competências;
  • Realize uma seleção interna;
  • Utilize a inteligência artificial;
  • Coloque em prática o people analytics;
  • Aplique testes e provas;
  • Avalie se o candidato tem o Fit Cultural.

Gostou deste artigo? Agora que você já sabe como atrair os melhores talentos do mercado e selecioná-los de forma certeira, você pode continuar aprendendo sobre a próxima etapa do processo: a admissão. Ela pode ser burocrática, mas nós explicamos um passo a passo completo para te ajudar nesta missão. É só baixar o nosso ebook gratuito!

New call-to-action

Marcelo Furtado

Marcelo Furtado é administrador de empresas com pós-graduação em engenharia financeira pela Poli-USP. Iniciou sua carreira na Pepsico e posteriormente trabalhou 8 anos com gestão de ativos em hedge funds. É cofundador da Convenia, primeiro software na nuvem de gestão de departamento pessoal voltado para pequenas e médias empresas no Brasil. Marcelo também atua como professor de Marketing Digital na ESPM-SP e mentor na ACE e Google Campus.

Contribua com este post