Como entrevistar um candidato? Confira neste guia completo

Como entrevistar um candidato? Confira neste guia completo

Tempo de leitura: 8 minutos

A entrevista é uma das etapas mais importantes no processo seletivo das organizações. Por isso, é importante garantir que todas as medidas para sua execução sejam perfeitas, minimizando o risco de erro no ato de contratação.

Organize o seu processo de recrutamento e seleção e diminua as suas chances de realizar uma má contratação. Baixe o Mapa da Vaga GRATUITO e visualize os requisitos do candidato ideal de forma rápida e objetiva!

Afinal, ter uma pessoa que não esteja dentro do perfil do seu negócio pode trazer uma série de consequências para a empresa, inclusive, prejuízos financeiros severos. Por isso, é fundamental saber conduzir esse processo com o máximo de eficiência.

Vamos mostrar um guia completo sobre como entrevistar um candidato. Aproveite e tire suas dúvidas sobre o tema.

Saiba a importância de conduzir uma boa entrevista de emprego

Ter um bom processo de entrevista de emprego é fundamental para o sucesso do setor de RH e da empresa como um todo. Veja alguns pontos que evidenciam essa importância a seguir:

  • melhora o clima organizacional;
  • reduz os índices de turnover;
  • possibilita processos seletivos eficientes;
  • reforça a cultura da empresa;
  • evita problemas de imagem da empresa com questões inadequadas no processo;
  • reduz os custos de contratação;
  • amplia a eficácia interna na empresa, entre outros.

Como entrevistar um candidato?

Estar por dentro de algumas dicas para entrevistar candidatos é importante até para os gestores com mais experiência no mercado, já que esse momento é determinante para a composição de equipes de trabalho eficientes e produtivas.

O tipo de responsabilidade que o candidato em questão deverá exercer na empresa, além das qualificações que devem fazer parte da sua atuação, são algumas das informações que o gestor deve ter em mente na hora da entrevista. Além disso, saber como investigar a fundo o perfil do entrevistado pode fazer toda a diferença na contratação de um profissional adequado.

Pensando nisso, selecionamos algumas dicas para entrevistar candidatos de forma eficaz que podem aumentar as chances de contratação de um profissional de qualidade e totalmente de acordo com o cargo a ser preenchido.

1. Entenda a fundo o perfil da vaga

É fundamental saber qual é a vaga que será preenchida pelo candidato, suas especificidades, competências necessárias e principais responsabilidades. Isso porque, em alguns casos, algumas características são preferíveis a outras, mas não para aquele cargo específico.

2. Tenha clareza sobre os pré-requisitos

Alguns pontos são pré-requisitos bem específicos sobre determinadas vagas. Portanto, você, como condutor de um processo de seleção, precisa estar devidamente ciente disso. Para isso, é importante conversar com os diretores sobre quais pontos são obrigatórios para quem vai exercer o cargo.

3. Avalie o currículo do candidato com detalhes

Não tenha pressa ao analisar currículos: verifique quais são os pontos fortes e fracos de cada um deles. Aproveite, também, para contar com ferramentas específicas que podem otimizar o processo de avaliação.

4. Gere um ambiente agradável para a entrevista

O processo de entrevista pode ser extremamente tenso. Por isso, seja gentil, gere um ambiente agradável e tente aliviar esse clima antes de entrar no processo de entrevista especificamente.

5. Peça um resumo da vida acadêmica e profissional

O currículo não aponta algumas questões bem importantes sobre a vida acadêmica e profissional do seu candidato. Por isso, a entrevista é o momento para perguntar a ele sobre esses pontos, pedindo um resumo sobre suas experiências anteriores.

6. Pergunte sobre seus erros e acertos

Escute quais foram as principais falhas e acertos na vida profissional do seu candidato e peça para que ele justifique a resposta. Isso pode ser enriquecedor para compreender o perfil da pessoa.

7. Busque a expectativa do candidato

As expectativas da pessoa estão devidamente alinhadas com o que a empresa pode oferecer ou com o cargo que será executado? Pergunte isso para a pessoa e analise a resposta.

8. Analise suas expressões

Muitas vezes é possível entender se a pessoa está sendo sincera ou não pela análise da expressão corporal dela. Por isso, não foque apenas no que ela está dizendo, mas também em como está dizendo. Isso é importante até mesmo nas entrevistas on-line.

9. Evite perguntas muito pessoais

Questões relacionadas com estado civil (se é casado ou não), existência de filhos ou vontade de tê-los, etnia, religião, idade, entre outras, não são pertinentes ao trabalho e podem gerar complicações para a empresa.

Entenda que tipo de atitude você deve evitar

Enquanto muitos se preparam fortemente na hora de participar de uma seleção profissional, há quem esqueça que, para entrevistar um candidato, também é necessária uma boa dose de treino por parte do recrutador que comanda esse encontro — deixando de lado o fato de que, para uma empresa, esse tipo de preparo é fundamental para evitar contratações que gerem perda de tempo e, principalmente, prejuízos.

Tendo em mente que é na hora de entrevistar um candidato que o recrutador tem a oportunidade de verificar a sua compatibilidade com o perfil da vaga — e prever se aquele profissional será capaz (ou não) de executar o que é específico da função para a qual se candidatou —, fica claro que estar prevenido para não cair em mentiras ou armadilhas é essencial para quem comanda essa importante entrevista.

Diante disso, vamos mostrar a seguir que tipo de atitude evitar na hora de conduzir uma entrevista de emprego — otimizando o seu tempo e adquirindo novas táticas para identificar os candidatos certos para a posição a ser preenchida.

Não fazer um planejamento

Tal como o candidato, o entrevistador precisa ter um planejamento impecável para o processo seletivo. Há uma série de questões importantes que precisam ser pensadas previamente, tais como:

  • tempo de duração da entrevista;
  • perfil ideal para o profissional a ser contratado;
  • pré-requisitos do cargo;
  • perguntas a serem realizadas;
  • ordem das perguntas;
  • prazo de resposta para o candidato;
  • dúvidas comuns dos candidatos durante a entrevista, entre outros.

Não ter perguntas previamente formuladas

Saber o que será perguntado e o que é, de fato, importante sobre o candidato e a sua experiência é a base de uma boa e esclarecedora entrevista profissional.

Há perguntas que são padrões, ou seja, são informativas independentemente do cargo, enquanto outras são bastante específicas e auxiliam a nortear a escolha por um candidato mais preparado para o cargo. Por isso, lembre-se de preparar essas questões e, também, de tirar suas dúvidas com os diretores sobre o tema.

Focar apenas no discurso do candidato

Notar os sinais corporais emitidos pelo candidato na hora da entrevista é fundamental, e confiar somente no discurso do profissional pode ser uma grande armadilha. Portanto, mantenha o “desconfiômetro” ligado.

Além disso, lembre-se de que muitas vagas dependem da capacidade comunicativa do colaborador. Se ele expressa sinais contraditórios na entrevista, isso pode demonstrar uma inabilidade de comunicação clara, seja verbalmente, seja corporalmente. Mas, não deixe de observar frases críticas que, normalmente, são indicativos ruins em entrevistas de emprego.

Ter apenas um entrevistador

Contar com mais de um profissional para entrevistar um candidato pode ser a melhor forma de tomar uma decisão bem informada sobre a compatibilidade de um candidato com uma vaga específica.

Isso porque, muitas vezes, alguns detalhes podem não ser vistos por você, mas outro profissional poderá apontá-los. Além disso, poder discutir detalhes do processo seletivo com outra pessoa pode auxiliar em momentos de indecisões e dúvidas, principalmente se houver mais de um candidato que pareça perfeito para a vaga.

Não se preparar física ou mentalmente para a ocasião

Essas questões podem atrapalhar muito a visão e o poder de percepção de um recrutador, tirando sua concentração sobre aquele momento e podendo prejudicar a escolha dos candidatos para a próxima etapa.

Lembre-se de que, para ter uma boa análise dos candidatos, você precisa estar focado no momento presente. Caso contrário, detalhes de expressão corporal, subtextos e falas específicas que podem ser determinantes para a escolha passarão despercebidos por você.

Saber como entrevistar um candidato é fundamental para ter um processo seletivo eficiente, bem como para garantir a contratação de uma pessoa que realmente esteja dentro das expectativas da empresa.

Lembre-se, também, de que o processo seletivo só termina após o período de experiência e, portanto, é importante estar atento a esse ponto. Então, fique por dentro do processo de onboarding de novos funcionários! Baixe nosso e-book e tire suas dúvidas sobre o tema.

Mapa da Vaga: organize melhor o seu recrutamento e seleção

 

Os comentários foram encerrados, mas trackbacks e pingbacks estão abertos.