Avaliação de candidatos: tudo sobre os principais métodos

Avaliação de candidatos: tudo sobre os principais métodos

Uma boa divulgação de vagas e o uso de táticas para atrair os melhores talentos do mercado são duas etapas essenciais de um processo de recrutamento e seleção. Contudo, sem a utilização dos métodos de avaliação de candidatos, todos esses processos anteriores podem se tornar ineficientes.  

Afinal, para ter um R&S de excelência, é preciso tanto saber despertar o interesse de bons candidatos quanto saber como ter uma escolha assertiva nas etapas de seleção. Para isso, é necessária a utilização de métodos eficazes que auxiliarão a avaliar as competências dos profissionais. Além disso, também se torna possível identificar se eles possuem o perfil adequado para assumir a vaga em aberto e fazer parte do time da empresa.

Neste artigo, abordaremos esses principais métodos e explicaremos todos os passos para ter uma avaliação de candidatos de sucesso. Continue acompanhando a leitura!

Entenda como funciona um processo de recrutamento e seleção

O processo de recrutamento e seleção vai desde a divulgação de vagas (já com o perfil da vaga desenhado) até a comunicação da escolha final da empresa sobre quem irá ocupar o cargo. Todas essas etapas têm como objetivo a busca pelos profissionais mais adequados para o perfil da vaga em aberto e que irão contribuir para o bom desenvolvimento da organização. São diversas técnicas aplicadas em diferentes etapas até que o RH chegue ao resultado final. 

Veja abaixo as etapas de um processo de R&S de sucesso:

  • Identificação das necessidades da empresa, os objetivos e competências necessárias para a vaga;
  • Divulgação de vagas;
  • Triagem de candidatos (através dos métodos de avaliação que abordaremos neste artigo);
  • Mensuração dos resultados;
  • Escolha final e comunicação do resultado.

Com todos esses passos, o RH pode ser mais assertivo em sua escolha, evitando o aumento do turnover e proporcionando melhores resultados para os negócios, seja em fatores econômicos ou no engajamento dos colaboradores.

Quais são os métodos para fazer a avaliação de candidatos no processo seletivo? 

Confira abaixo quais são os principais métodos para avaliar os candidatos dentro de um processo de seleção:

1. Currículo

A avaliação e seleção de currículos é a primeira triagem que os profissionais de RH precisam realizar no processo de R&S. Nesta etapa, já é possível filtrar uma boa quantidade de candidatos. Isso porque é comum que muitos dos currículos enviados não se encaixem ao perfil da vaga. 

Assim, eles podem ser descartados para a vaga em aberto e encaminhados para um banco de currículos, em que podem ser avaliados para outras oportunidades que venham a surgir na empresa que se encaixem melhor com estes perfis. 

Essa triagem irá agilizar e otimizar as próximas etapas do processo. Confira os pontos que são analisados:

  • Apresentação do currículo: verificar se há erros de português, se a linguagem é clara e se o currículo foi bem estruturado;
  • Escolaridade: identificar se cumpre os requisitos de formação exigidos pela vaga (ensino médio completo, alguma formação acadêmica em específico, etc.);
  • Endereço: distância do local de trabalho;
  • Experiência profissional: quais foram as funções já exercidas, cronologia do crescimento profissional, qual a média de estabilidade nas antigas empresas, etc;
  • Adicionais: experiência e informações extras que podem ser um diferencial.

Vale lembrar que dependendo da vaga e dos critérios da empresa, os fatores de avaliação da escrita e da estabilidade em antigas empresas podem ser analisados, mas não como critérios eliminatórios em vista das demais competências de um candidato.

2. Entrevista

A entrevista é outro método do processo de seleção em que é possível avaliar os candidatos, sendo uma das etapas mais importantes. Afinal, é quando a empresa irá ter o primeiro contato direto com o profissional. 

O entrevistador deve conseguir extrair todas as informações possíveis e que sejam pertinentes durante o diálogo. As dicas são:

  • Escolha o modelo de entrevista ideal para a vaga disponível e que irá proporcionar uma melhor avaliação;
  • Faça perguntas claras, objetivas e que gerem respostas estratégicas para a avaliação de competências;
  • Esteja com o currículo em mãos durante a entrevista e utilize-o para conduzir o diálogo, perguntando sobre as experiências profissionais e deixando com que o candidato ofereça informações valiosas para a avaliação;
  • Faça a avaliação da entrevista e anote todos os dados e informações relevantes. Eles serão fundamentais para o momento da escolha final.

3. Testes de seleção

Os testes de seleção têm cada vez mais ganhado espaço nos processos de R&S, sendo um dos métodos mais eficientes para avaliar candidatos. Eles podem avaliar as competências técnicas (hard skills) ou comportamentais (soft skills). Esses testes podem enriquecer (e muito!) as análises, além de comprovar informações citadas anteriormente no currículo ou na entrevista. Veja alguns exemplos abaixo:

  • Simulações de trabalho;
  • Provas técnicas;
  • Dinâmicas;
  • Testes comportamentais.

No próximo tópico, abordaremos os principais testes utilizados no processo de R&S. Continue acompanhando!

Conheça os principais testes para recrutamento e seleção

Confira agora os principais testes utilizados em processos seletivos e quais são as suas vantagens:

Habilidades de escrita

Não há dúvidas que a má escrita de um colaborador pode trazer muitos prejuízos na empresa, desde atividades mais simples até as mais complexas. A escrita está presente nos emails, na relação com clientes, em relatórios, notas ou até mesmo na simples comunicação entre a própria equipe. As falhas presentes nessas rotinas podem gerar erros graves. Portanto, o teste de habilidade de escrita é fundamental na hora de avaliar um candidato, principalmente aqueles que possivelmente irão se relacionar com os clientes da empresa. 

Eles podem ser aplicados através da solicitação de uma redação sobre a função que pode ser exercida por ele na empresa, sobre sua visão externa em relação à organização, sobre as suas expectativas profissionais futuras, etc. Neste caso, é importante lembrar que não é ideal solicitar que escrevam sobre assuntos polêmicos ou de opinião pessoal. O intuito é avaliar se há erros de escrita, se o texto possui coerência, analisar como ele desenvolveu seu raciocínio, entre outros fatores.

Perfil comportamental

O teste de perfil comportamental é uma das grandes ferramentas estratégicas do RH nos processos seletivos. Existem diversos tipos de teste e todos eles têm o objetivo de analisar o perfil comportamental e a personalidade dos candidatos, identificando quais são as suas soft skills e como eles possivelmente agiriam nas rotinas dentro do ambiente de trabalho. Alguns exemplos são:

  • Teste DISC;
  • Teste de perfil STAR;
  • Teste dos bichos;
  • Teste IAC;
  • Teste Big Five.

Um modelo mais específico de teste comportamental é o teste Fit Cultural, que mede se as características do candidato se encaixam na cultura e nos valores da empresa. Dessa forma, é possível identificar se o profissional terá facilidade de se adaptar à empresa e ao quadro de colaboradores.

Aptidões sociais

A habilidade de trabalhar em equipe é uma das competências que os gestores mais buscam. Isso porque não são todos os profissionais que têm facilidade para se relacionar com seus colegas de trabalho ou para atuar com as diferenças dentro de um time.

Por isso, avaliar como o profissional se relaciona com as pessoas ao seu redor é fundamental, pois o candidato precisa se relacionar de forma sadia e reagir bem às diversas situações que podem vir a ocorrer nas rotinas da empresa. O teste de aptidões sociais pode ser aplicado por meio de dinâmicas em equipe. Nessas dinâmicas, a interação entre os candidatos será avaliada durante a simulação de desafios comuns no trabalho.

Conhecimentos técnicos

Quando a função a ser ocupada exige alguma competência técnica específica (hard skills), esse é o teste ideal. Esse tipo de teste pode ser aplicado antes das entrevistas e assim otimizar o processo de seleção ao simplificar as próximas etapas. Ele pode ser aplicado até mesmo por e-mail ou por uma plataforma, o que pode tornar ele ainda mais ágil. Alguns exemplos são:

  • Proficiência em inglês ou algum outro idioma;
  • Saber operar alguma máquina;
  • Saber usar algum software específico que é utilizado na empresa.

Como analisar os resultados obtidos nos dados de avaliação?

Após a coleta de todas as avaliações obtidas, é preciso analisar os resultados para realizar a tomada de decisão final. Para isso, veja algumas sugestões de perguntas que todo gestor deve se fazer neste processo:

  • Quais candidatos comprovaram por meio dos testes realizados as competências relatadas na entrevista ou no currículo?
  • Os candidatos mais bem avaliados no início do processo mantiveram os bons resultados até a última etapa?
  • Quais candidatos mostraram se encaixar melhor na cultura da empresa?
  • Quais candidatos possuem competências semelhantes em relação aos melhores talentos já existentes na empresa?
  • Algum candidato demonstrou indiretamente que pode pedir demissão em pouco tempo de trabalho e não tem o intuito de permanecer por muito tempo na empresa?
  • Quais candidatos possuem as competências que realmente podem impactar a função que será exercida e vão responder às expectativas da empresa?

Todas essas respostas irão contribuir para que o RH encontre o candidato ideal e que irá ser a escolha ideal para preencher o time de colaboradores da empresa.

Dicas finais para você não errar no processo de avaliação

Preparamos algumas dicas finais essenciais para te auxiliar no processo de avaliação dos candidatos:

  • Evite avaliações generalistas, mas opte por aquelas que apresentarão resultados relevantes para a função a ser preenchida na empresa;
  • O RH pode utilizar técnicas diversificadas e suplementares para atingir os resultados esperados. Ex: a gamificação é uma técnica que pode contribuir para a identificação natural das características dos candidatos e pode oferecer análises muito relevantes;
  • Mantenha sempre os entrevistadores bem treinados e capacitados para conseguir extrair melhores análises de cada etapa e assim realizar uma avaliação mais precisa e assertiva. 

Vantagens da tecnologia na avaliação de candidatos

Para realizar todas as etapas e métodos aqui citados, o RH pode usufruir dos benefícios proporcionados pelos avanços tecnológicos. Plataformas e softwares de recrutamento e seleção possuem recursos que otimizam todo o processo com agilidade e eficiência. Alguns exemplos são:

  • Aplicação facilitada dos testes de seleção e de forma customizável;
  • Triagem de candidatos com agilidade;
  • Realização de entrevistas online;

Por fim, lembre-se que um processo de R&S bem-sucedido pode diminuir a taxa de turnover da empresa, diminuindo assim gastos com desligamento de funcionários na organização. Além disso, ele também promove o aumento da produtividade e uma melhor retenção de talentos. Tudo isso proporcionado pelas escolhas mais assertivas provenientes dos diversos métodos de avaliação. Portanto, é fundamental que a empresa invista nesses métodos para alcançar os melhores resultados.

Para te auxiliar nesta grande tarefa, baixe gratuitamente nossa matriz de avaliação de candidatos. Ao baixá-la, você pode definir os critérios importantes para cada vaga em específico, pode ter uma forma quantitativa de avaliar as melhores características dos candidatos e também gerar um ranking com os melhores classificados (baseado nos critérios já definidos anteriormente). 

Clique para avaliar esse post!
[Total: 0 Média: 0]

Equipe Convenia

Nós somos uma HR tech, com soluções voltadas para otimização de tempo e custos de pequenas e médias empresas. Nascemos há alguns anos, com o objetivo de trazer alta tecnologia para o setor de RH, de forma acessível e prática. Desde então temos trabalhado fortemente para que nossos produtos evoluam junto com os nossos clientes, pois entendemos que diminuindo o tempo gasto com rotinas operacionais, as empresas tem mais tempo para as pessoas. Atualmente nossas soluções abrangem plataforma de gestão de departamento pessoal, contratação e gestão de benefícios, onde você pode gerir todo seu time em um sistema em nuvem.

Contribua com este post