Comportamento profissional: como desenvolvê-lo na equipe

Comportamento profissional: como desenvolvê-lo na equipe

Quem está prestes a começar uma vida de trabalho (ou simplesmente em busca de uma nova oportunidade profissional) deve estar ligado nas preferências e nos itens considerados de maior valor no mercado dos dias de hoje. Dessa forma, os profissionais podem se preparar de forma mais direcionada e, com isso, aumentar as chances de sucesso na carreira. Um dos fatores bastante avaliado pelas empresas atualmente é o comportamento profissional.

As atitudes, competências e habilidades são tão variadas entre os profissionais da atualidade, que as empresas devem definir quais características os colaboradores devem ter para reforçar a sua cultura organizacional.  No entanto, às vezes também é preciso alinhar o quadro de funcionários atual com essas características.

Por isso, preparamos um artigo com dicas valiosas sobre quais medidas podem ser tomadas para melhorar o comportamento da equipe. Continue acompanhando a leitura!

O que é uma postura profissional?

Postura profissional é o conjunto de comportamentos e atitudes que são considerados como o ideal para o exercício de uma profissão. Ela tem relação com as competências, responsabilidades e ética do colaborador.

Não há dúvidas de que as hard skills (habilidades técnicas) não são mais as únicas competências necessárias para o bom desenvolvimento dos negócios. Os profissionais também devem desenvolver as soft skills (habilidades comportamentais) e se adequar ao perfil da empresa que atuam (modo de agir, apresentação, cultura, normas, etc.).

Contudo, muito além de políticas e cultura da organização, todo colaborador deve ter uma boa postura profissional, sabendo se comunicar de forma clara, respeitosa e tendo compromisso com o seu trabalho. Portanto, a postura profissional é um dos requisitos básicos para formar um time de sucesso.

Como avaliar o comportamento profissional dos colaboradores?

Veja abaixo algumas dicas para avaliar o comportamento dos colaboradores:

  • Realize avaliações comportamentais constantes, seja na rotina da equipe ou no processo de recrutamento e seleção;
  • Adeque o perfil de cada colaborador para a função adequada;
  • Invista em treinamentos com momentos de prática;
  • Utilize ferramentas e tecnologias para analisar os perfis;
  • Analise características como respeito, cooperação, humildade, organização, dentre outras essenciais para um bom clima organizacional

Medidas para melhorar o comportamento da equipe

Embora possam parecer bastante óbvias, algumas ações cotidianas podem fazer muita diferença no decorrer de um dia de serviço, evitando questões constrangedoras e a desmotivação de colaboradores. Confira abaixo algumas medidas fundamentais para melhorar o comportamento profissional da sua equipe:

1. Usar o tom de voz correto

A liderança no ambiente de trabalho envolve desde a capacidade de ser acessível aos subordinados até o comportamento e o tipo de exemplo que se dá, de uma forma geral. Pesquisas apontam que o tom de voz é um fator que pode provocar um grande impacto no local de atuação profissional. Além de ter a capacidade de aumentar seus pontos como um grande gestor, também pode levar uma pessoa (qualquer pessoa) a ser mais bem ou mal vista entre os seus colegas.

Ajudando a transparecer o humor, as emoções e o estado psicológico das pessoas, o tom de voz é uma ferramenta poderosa no mundo profissional, de acordo com a pesquisa realizada pelo CPDEC – Centro de Pesquisa, Desenvolvimento e Educação Continuada. A pesquisa contou com a participação de cerca de 400 executivos de empresas de grande porte do Brasil.

Segundo as respostas dos gestores que colaboraram com o estudo, o tom de voz de uma pessoa pode impactar os seguintes fatores:

  • Melhorar o marketing pessoal (82,6%);
  • Prender a atenção de quem escuta (81,9%);
  • Facilitar o contato entre os colegas (64,6%);
  • Aumentar as chances em um processo seletivo (63,9%);
  • Passar uma imagem de competência (52,6%);
  • Refletir a personalidade do profissional (58,7%);
  • Transmitir passividade (79,9%);
  • Transparecer imagem de liderança (77,5%);
  • Destacar sociabilidade (57,9%);
  • Passar competência profissional (52,6%);
  • Transmitir inteligência (20,5%).

2. Manter a etiqueta corporativa 

Para que um ambiente de trabalho possa ser agradável para todos e o clima organizacional possa ser mais um ponto motivador para a produtividade, diferentes fatores devem ser levados em consideração. Para que a atitude dos colaboradores melhore, os líderes também devem demonstrar exemplo de etiqueta corporativa.

Pensando nisso, a revista Exame consultou a especialista em etiqueta Maria Aparecida Araújo que descreveu alguns dos comportamentos mais chatos e impactantes no ambiente de trabalho, conforme você confere a seguir:

  • Atrasar sempre: atrasos ocasionais são completamente normais, no entanto, quando se tornam uma regra, podem ser muito mal vistos;
  • Fofocar: indiscrições e fofocas podem ser motivo de desconforto e desentendimentos no ambiente de trabalho;
  • Falar muito: conversas ocasionais são inevitáveis, mas falar demais o tempo todo pode atrapalhar muito a concentração de colegas, afetando a produtividade;
  • Paquerar: atitudes e roupas provocantes demais no trabalho estão no topo dos piores comportamentos que se pode ter no ambiente corporativo.
  • Bajular demais: usar da bajulação e das “puxadas de tapete” para subir na carreira são atitudes vistas como extremamente escusas no meio de trabalho;
  • Ser um piadista: o bom humor pode ser agradável, mas usar de ofensas para ser engraçado e fazer piadas demais pode manchar a imagem de um profissional;
  • Mandar e-mails desnecessários: encher a caixa de mensagens dos colegas com e-mails desimportantes pode atrapalhar muito o clima organizacional;
  • Impactar o olfato alheio: perfumes, plantas e incensos com cheiro forte não devem ser presentes no trabalho. Seus colegas não são obrigados a compartilhar os odores agradáveis para você;
  • Ser barulhento: neste quesito, vale o mesmo que na questão de falar muito ou ser piadista. Pode manchar sua imagem por atrapalhar a concentração alheia;
  • Ser pegajoso: encostar demais, abraçar ou beijar pode ser desconfortável para os colegas; portanto, evite tais atitudes com pessoas pouco próximas.

3. Organizar as tarefas 

Mantenha a organização e controle das tarefas em que os colaboradores ficam responsáveis. Embora esta possa parecer uma dica já seguida pela maioria dos líderes, muitos problemas acabam acontecendo dentro de grandes corporações, justamente, pela falta de organização da liderança. 

4. Promover a interação entre os funcionários 

O engajamento dos colaboradores é fundamental para que eles tenham um melhor desempenho e comportamento profissional. Por isso, promover momentos de interação na equipe é uma excelente estratégia para mantê-los motivados e empenhados no ambiente de trabalho.

5. Exercer uma liderança participativa 

Estar sempre presente nas questões que ocorrem com sua equipe e no dia-a-dia do trabalho, evitando levar para o ambiente corporativo um humor para baixo ou triste, também pode fazer bastante diferença.

Realize ações simples como o famoso “respirar fundo” em situações de estresse com os colaboradores. Tome um bom café da manhã antes de iniciar seu dia de tarefas e, sempre comece seu dia de trabalho como uma folha em branco; deixando para trás aborrecimentos anteriores e a frustração que algum projeto possa ter causado em outra ocasião. Assim, você estará preparado para exercer uma liderança participativa. 

Consulte sua equipe (tanto para pedir quanto para oferecer assistência), tenha sua área de serviço bem organizada (evitando deixar bagunças monstruosas e pilhas de papéis em sua mesa), e lembre-se diariamente do seu maior propósito na empresa. Dessa forma, você estará sendo um ótimo exemplo e isso irá impactar o comportamento dos colaboradores. 

6. Promover momentos de descanso 

Planejar intervalos de descanso ao longo do dia para os colaboradores também pode ser uma boa solução. Evite também que eles tenham muitas distrações, fazendo com que foquem em tarefas relacionadas para o que há de urgente na empresa.

7. Desenvolver a inteligência emocional nos colaboradores 

Por meio da consulta da opinião de especialistas em gestão e recrutamento, a revista EXAME investigou o assunto, definindo alguns dos principais pontos de destaque entre os profissionais que apresentam o tipo de atitude mais desejada e buscada pelos recrutadores nos dias de hoje. As habilidades ligadas à inteligência emocional do profissional são, de uma forma geral, as mais buscadas por quem quer encontrar talentos no mercado.

No entanto, é preciso desenvolvê-las naqueles que já atuam em sua equipe. Você pode fazer isso levando os colaboradores ao autoconhecimento, através do mapeamento comportamental, implementando a cultura de feedback e promovendo treinamentos de desenvolvimento de soft skills.

Esse equilíbrio é o que irá permitir que um profissional não perca a produtividade em momentos de crise; usando o jogo de cintura para manter sua atuação mesmo em situações desfavoráveis. Em resumo, a capacidade de lidar com pressões, problemas e exigências no dia-a-dia é fundamental para uma equipe de sucesso.

8. Desenvolver a visão de dono na equipe 

Faça com que os colaboradores realizem as tarefas necessárias para o bem-estar da empresa como se a empresa fosse deles também, ou seja, desenvolva a visão de dono em sua equipe. Dessa forma, eles não irão fugir de tarefas que não fazem parte da sua descrição de trabalho.

9. Impulsionar os insatisfeitos crônicos 

Impulsione na sua equipe os insatisfeitos crônicos. Eles são aqueles que nunca estão satisfeitos com os resultados do seu trabalho (ou dos outros), e isso lhes impulsiona para a descoberta de soluções e alternativas melhores, mais eficientes e inovadoras.

10. Divulgar amplamente o código de cultura

O código de cultura é a formalização da cultura organizacional. Ou seja, é um documento que representa os princípios, valores e crenças da empresa. Seja em forma de texto, vídeo, slides, ou qualquer outro formato, ele deve ser amplamente divulgado para toda a equipe. Dessa forma, os colaboradores saberão quais são os objetivos da organização, como eles devem agir e como eles devem se comportar no ambiente de trabalho.

11. Fazer ações constantes que reforcem a cultura da empresa

Realize ações constantes que reforcem a cultura organizacional. A empresa pode realizar eventos internos, projetos, investir em treinamentos, ter uma boa comunicação interna, entre outras soluções estratégicas que irão engajar a equipe e reforçar os valores da organização.

Como evitar erros de comportamento profissional

Para evitar problemas de comportamento profissional nos colaboradores, além de todas as medidas que já abordamos aqui, a empresa deve estar atenta ao processo de recrutamento e seleção. O RH precisa escolher os candidatos que tenham o perfil comportamental que esteja alinhado com o perfil da empresa. 

Para isso, é possível utilizar testes específicos e buscar entender nas entrevistas como foi a trajetória do profissional em sua carreira. Portanto, não se apresse para escolher os candidatos ideais se você deseja montar um time de sucesso, afinal, as empresas que possuem um bom clima organizacional são aquelas que tem um bom investimento no R&S.

E para descobrir como está o clima organizacional da sua empresa e ver quais outros métodos podem melhorá-lo, você pode baixar o nosso e-book gratuito.

Clique para avaliar esse post!
[Total: 0 Média: 0]

Equipe Convenia

Nós somos uma HR tech, com soluções voltadas para otimização de tempo e custos de pequenas e médias empresas. Nascemos há alguns anos, com o objetivo de trazer alta tecnologia para o setor de RH, de forma acessível e prática. Desde então temos trabalhado fortemente para que nossos produtos evoluam junto com os nossos clientes, pois entendemos que diminuindo o tempo gasto com rotinas operacionais, as empresas tem mais tempo para as pessoas. Atualmente nossas soluções abrangem plataforma de gestão de departamento pessoal, contratação e gestão de benefícios, onde você pode gerir todo seu time em um sistema em nuvem.

Contribua com este post