8 Filmes de RH que você não pode deixar de assistir!

Existem diversas maneiras de aprender novos conhecimentos, mas uma das melhores é por meio da sétima arte: o cinema. Além de ensinar, os filmes de RH são embalados por histórias interessantes que mexem com as emoções. Dessa forma, os aprendizados são retidos com mais facilidade pela mente e relacionados com o universo empresarial.

Gostou da ideia de assistir um bom filme sobre recursos humanos? Preparamos uma lista para você. Acompanhe o próximo tópico!

8 filmes de RH que todo profissional deveria assistir 

Os filmes que elencamos a seguir, são baseados em enredos que levam os profissionais de RH a refletir sobre temas importantes, como: carreira, estilo de liderança, conflito de gerações etc. Vamos conferir!

Amor sem escalas

Esse filme tem o ator George Clooney no papel de Ryan Bingham, profissional que é contratado por grandes organizações que estão em um processo de demissão em massa. A função dele é comunicar o desligamento e, para isso, precisa fazer viagens por todo o país.

Porém, seu próprio emprego sofre ameaça quando uma jovem recém formada é contratada e propõe que o serviço seja feito virtualmente. Nesse cenário, o filme discute sobre humanização nas demissões, necessidade de inovação, ética e valorização dos profissionais.

Um senhor estagiário

O personagem Ben Whittaker – muito bem interpretado por Robert De Niro – é um senhor de 70 anos que decide se inscrever em um programa de estágio para idosos. Essa inscrição é feita em uma empresa gerenciada por uma líder e um time formado por profissionais jovens.

Dentro desse ambiente, Ben precisa lidar com as diferenças entre gerações e preconceitos em relação a sua idade. Durante a história, são tratados assuntos sobre diversidade geracional, recrutamento baseado em competências pessoais, bem como a necessidade de equilíbrio entre a vida pessoal e profissional.

Sociedade dos poetas mortos

Esse é outro filme de RH que vale a pena assistir. Embora a história se passe em um ambiente acadêmico, tem lições importantes para os profissionais do RH. Em resumo, John Keating (personagem de Robin Willians) é contratado como professor de inglês de uma escola, exclusiva para meninos, que é exigente, rígida e tradicional.

Quando John percebe que os estudantes estão desanimados com o modelo educacional da instituição, decide inovar os métodos de ensino. O resultado no engajamento, aprendizado e motivação dos alunos é surpreendente. 

Como aplicar esse filme no RH? É importante conhecer as necessidades dos colaboradores e criar um programa de treinamento alinhado com elas.

O que você faria?

Uma pitada de drama misturado com toques de suspense são o pano de fundo dessa história que apresenta o método Gronholm (técnica utilizada por especialistas em seleção de candidatos). Durante a história, os participantes do processo de recrutamento são expostos a exames que testam rigorosamente o psicológico deles.

Nesse ambiente cheio de estresse, os recrutadores avaliam os candidatos. No geral, o filme expõe a necessidade de gerenciar o clima de competitividade e os conflitos para que não prejudique a eficiência do recrutamento.

Pad Man

Essa é mais uma história emocionante regada a boas doses de lições profissionais. O enredo acontece na Índia e trata de um assunto delicado do país. Muitas mulheres indianas deixam de trabalhar ou estudar nos dias do ciclo menstrual, prejudicando seu desenvolvimento intelectual e profissional.

Ao notar isso, o personagem Arunachalam Muruganantham decidiu criar um absorvente que se tornou um sucesso entre as mulheres. Devolvendo a dignidade e os sonhos delas.

Aplicando ao universo do RH, notamos que é importante que o gestor fique atento a estratégias que melhorem a qualidade de vida dos profissionais. Um dos bons resultados disso é a melhoria da employer branding (marca empregadora) da empresa.

O discurso do rei

Resiliência e perseverança diante de desafios, essas são qualidades que o rei George VI do Reino Unido precisou demonstrar ao assumir o trono em 1936. Apesar da proximidade de uma guerra, dificuldade na fala e despreparo para liderar uma nação tão importante, George VI não desistiu de seguir em frente. Por fim, ele se tornou um rei muito competente.

Qual é a lição? Ao lidar com obstáculos e crises, o profissional do RH precisa se esforçar em encontrar soluções em vez de desistir. Quando essa é a atitude, logo os desafios são contornados, aumentando a confiança e resiliência para os novos percalços que surgirão.

Despachado para Índia

O personagem Todd Anderson é transferido dos Estados Unidos para a Índia com o propósito de montar uma central de atendimento ao cliente para a empresa. Ao chegar no país, ele decidiu implantar o mesmo modelo de trabalho do seu país de origem, incluindo a necessidade de os atendentes usarem o sotaque do inglês americano.

Essa estratégia não deu certo por causa das grandes diferenças culturais entre os países. Esse filme ensina para os profissionais do RH que a definição das estratégias internas precisa levar em consideração o perfil cultural e comportamental dos colaboradores.

O diabo veste Prada

Um estilo de liderança rígido e pouco inspirador. Essa é a descrição da executiva Miranda Priestly (personagem da atriz Meryl Streep) que controla a Runaway – empresa de moda – com mão de ferro. Devido ao perfil de Miranda, o ambiente é competitivo, cheio de estresse no trabalho e muito desagradável.

Podemos dizer que esse filme mostra exatamente como um líder não deve ser. O profissional do RH pode utilizar esse ensinamento nas aulas do programa de desenvolvimento de líderes. Dessa forma, se cria uma liderança empática e que atenda as necessidades da empresa.

Extra: 3 séries relacionadas ao RH

Além dos filmes de RH, existem séries interessantes que também tem lições para os profissionais dos recursos humanos. Vejamos quais são elas.

Ted Lasso

Essa série apresenta um técnico de futebol americano que treina um time para um importante torneio. O modo como exerce a liderança é um exemplo para os líderes do RH que desejam ser inspiradores para as equipes, além de motivá-las a darem o seu melhor. Vale muito a pena assistir!

Billions

Billions retrata uma disputa entre um procurador de justiça e um dono de uma empresa de investimentos. Durante os episódios, a série mostra a importância de uma boa comunicação entre profissionais de RH, como gerenciar conflitos e o valor de uma boa rede de contatos (networking).

Succession

A série toca em um tema delicado: a gestão de uma empresa familiar. Enquanto os Roy (família que lidera várias mídias americanas) gerenciam seus negócios, precisam lidar com plano de sucessão, equilíbrio entre vida privada e profissional, bem como resolução de crises. Todas essas situações ensinam como criar políticas importantes para a área de recursos humanos.

Sem dúvidas, os recursos humanos é um dos setores mais incríveis para se trabalhar, pois lida com gestão de pessoas. E quanto maior forem os aprendizados, melhor será a trajetória do profissional de RH. Ao assistir esses filmes e séries, isso fica ainda mais claro.

O que achou do nosso artigo? Gostou dos filmes de RH? E das séries, quais delas ficou com vontade de assistir?

Também fizemos uma seleção de livros para gestores de RH que vão ajudar a decolar sua carreira. Confira!

Aproveite para baixar no nosso Manual + Quiz + Checklist – Como humanizar as relações digitais no RH.

  New call-to-action

Marcelo Furtado

Marcelo Furtado é administrador de empresas com pós-graduação em engenharia financeira pela Poli-USP. Iniciou sua carreira na Pepsico e posteriormente trabalhou 8 anos com gestão de ativos em hedge funds. É cofundador da Convenia, primeiro software na nuvem de gestão de departamento pessoal voltado para pequenas e médias empresas no Brasil. Marcelo também atua como professor de Marketing Digital na ESPM-SP e mentor na ACE e Google Campus.

Contribua com este post