O que é psicologia organizacional e quais são os benefícios para sua empresa?

O que é psicologia organizacional e quais são os benefícios para sua empresa?

O que é psicologia organizacional e quais são os benefícios para sua empresa?

Devido às transformações causadas pela pandemia do Covid-19, muitos profissionais começaram a sofrer com doenças emocionais e seus desdobramentos físicos. Porém, antes mesmo dessa fase pandêmica, muitas empresas já haviam percebido essa tendência e implantaram a psicologia organizacional para melhorar o bem-estar e a qualidade de vida dos seus colaboradores.

Mas o que é a psicologia organizacional? Qual a sua importância? Que efeitos positivos ela gera nos colaboradores? Essas perguntas serão respondidas em nosso artigo. Acompanhe os próximos tópicos!

O que é psicologia organizacional?

Em poucas palavras, a psicologia organizacional é uma área que estuda o comportamento humano no contexto corporativo. Sendo assim, todos os conceitos e técnicas são utilizados para compreender o perfil individual e o coletivo dos profissionais, bem como os impactos que esses perfis exercem no desempenho organizacional.

Com base nesse mapeamento comportamental fornecido pela psicologia organizacional, a empresa emprega estratégias para a melhoria da satisfação, do bem-estar e da qualidade de vida dos colaboradores que laboram em estações remotas de trabalho ou nos escritórios físicos.

Qual a sua importância para a empresa?

Um dos grandes benefícios da psicologia organizacional é a possibilidade de conhecer melhor as habilidades, competências, hábitos e comportamentos dos colaboradores. Por que isso é importante? Só assim os gestores entendem o que motiva as equipes a permanecerem na empresa e a continuarem produtivas.

O contrário também é verdade. Se houver algo que esteja prejudicando o desempenho dos profissionais, a psicologia organizacional pode identificar e ajudar a remover esse obstáculo. Outro fator que revela a importância dessa área da psicologia é a oportunidade da criação de uma cultura organizacional focada na experiência dos colaboradores (employee experience).

Uma vez que, a cultura engloba as crenças, valores, missão, objetivos e propósito da empresa, é essencial que seja compatível com o perfil dos profissionais internos. Esse entendimento será fornecido pela psicologia organizacional que ajudará também na identificação de candidatos do processo seletivo que se adequam à cultura interna.

Conheça as especialidades do psicólogo organizacional

Nos tópicos anteriores, falamos de uma forma geral sobre a atuação da psicologia organizacional na empresa. Agora, mostraremos em quais áreas específicas da organização um psicólogo exerce suas funções.

Recrutamento e seleção

Na área de recrutamento e seleção, o psicólogo organizacional participa das entrevistas individuais, dinâmicas em grupo e nos testes comportamentais. Sendo assim, esse profissional avalia o perfil dos candidatos e repassa essas informações para relatórios.

Com base nesses documentos, os recrutadores determinam o quanto um candidato é compatível com a cultura organizacional e as atribuições do cargo vago. Além disso, é possível entender também se a personalidade dele geraria conflitos ou vínculos pacíficos com os colaboradores.

Treinamento e desenvolvimento

Durante um programa de treinamento e desenvolvimento de colaboradores, é necessário mensurar resultados, direcionar habilidades, promover o autoconhecimento e fornecer feedbacks para os participantes.

Por meio de um psicólogo organizacional, o programa de treinamento atinge esses objetivos com mais facilidade. Afinal, esse profissional trabalhará junto com os responsáveis pelo treinamento no intuito de alinhar os conhecimentos com os aspectos comportamentais.

Cultura e clima organizacional

Conflitos internos, queda no engajamento e ausência de um ambiente saudável – esses são apenas alguns sinais de que a cultura e o clima na empresa não estão indo bem. Mas o que pode ser feito para reverter esse cenário?

A resposta está na psicologia organizacional. Por meio de pesquisas de clima organizacional, pesquisas de satisfação e conversas com os colaboradores, o psicólogo descobrirá problemas e desafios enfrentados na empresa. Com esses resultados, os gestores traçam soluções para melhorar o clima e a cultura interna. 

Avaliação de desempenho

Como está a produtividade dos times remotos e presenciais? O psicólogo organizacional poderá fornecer essa resposta. Com a ajuda de indicadores e avaliações de desempenho, esse profissional pode avaliar o rendimento dos colaboradores em um determinado período. Dessa forma, é possível identificar fases de queda ou aumento de produtividade – e possíveis motivos para isso.

Benefícios da psicologia organizacional

A psicologia organizacional oferece muitas vantagens importantes para as empresas. Veja as principais.

Diminuição na rotatividade

Um alto nível de rotatividade (turnover) de profissionais pode ser reduzido por meio da psicologia organizacional. Com ações voltadas para a promoção de um ambiente mais saudável e com uma melhor experiência de carreira, os colaboradores se sentirão mais felizes. Esse sentimento é essencial para permanecerem na empresa.

Aumento no engajamento e satisfação no trabalho

A psicologia organizacional otimiza o engajamento de equipe e a satisfação dos profissionais internos. Como os psicólogos cuidam da saúde mental e do bem-estar dos times, os colaboradores passam a amar o trabalho na empresa. Quando isso acontece, se cria um vínculo emocional com a marca, melhorando assim, o employer branding.

Contratações assertivas

Perfis comportamentais estruturados com o auxílio da psicologia organizacional ajudam o RH a contratar os profissionais certos. Afinal, os recrutadores passam a ter um direcionamento sobre os tipos de soft skills e hard skills que um candidato precisa para ocupar uma vaga interna.

Esse mesmo direcionamento pode ser utilizado nas campanhas de divulgação de vagas e nas buscas por profissionais que atendam aos requisitos. Dessa forma, o processo seletivo é iniciado com os melhores candidatos para ocuparem um cargo na empresa.

Saúde mental e bem-estar é investimento

Um programa interno voltado para a saúde mental e o bem-estar dos colaboradores é um ótimo investimento. A prova disso foi apresentada no estudo “Gov.BR/Desafios – Dados sobre saúde mental no trabalho”, produzido pela Capita.

De acordo com esses números, para cada 1 dólar investido em estratégias que promovem melhorias na saúde mental e no bem-estar dos profissionais, 4 dólares são obtidos em ganhos com a elevação da produtividade. Sim, o sucesso da organização depende muito da qualidade de vida dos seus colaboradores. 

Como abordado neste artigo, a psicologia organizacional é a estratégia ideal para potencializar o bem-estar das equipes. Adotando essa prática, os bons resultados logo aparecerão no clima interno e no desempenho dos profissionais.

O que achou do nosso artigo? Entendeu o que é e quais são os benefícios da psicologia organizacional para as empresas? Então, aprofunde os seus conhecimentos! Baixe agora mesmo o nosso e-book: Como cuidar da saúde mental e emocional dos colaboradores?

New call-to-action

Marcelo Furtado

Marcelo Furtado é administrador de empresas com pós-graduação em engenharia financeira pela Poli-USP. Iniciou sua carreira na Pepsico e posteriormente trabalhou 8 anos com gestão de ativos em hedge funds. É cofundador da Convenia, primeiro software na nuvem de gestão de departamento pessoal voltado para pequenas e médias empresas no Brasil. Marcelo também atua como professor de Marketing Digital na ESPM-SP e mentor na ACE e Google Campus.

Contribua com este post