Conheça 8 indicadores de RH que são essenciais para toda empresa

Conheça 8 indicadores de RH que são essenciais para toda empresa

Tempo de leitura: 6 minutos

Os indicadores de RH são peças fundamentais para entender melhor os funcionários da instituição, bem como a empresa. Com eles, ainda é possível encontrar problemas relacionados ao setor e aos colaboradores, permitindo aplicar soluções para que o bem-estar dos funcionários e a saúde da empresa sejam mantidos.

Quer entender melhor o funcionamento da sua empresa? Então coloque em ação os indicadores de RH. Baixe a planilha GRATUITA e  extraia informações sobre o turnover em poucos minutos!

Neste texto, você conhecerá 8 importantes indicadores de RH que devem ser acompanhados periodicamente na empresa, pois darão informações importantes para a tomada de decisões.

Conheça os 8 Indicadores de RH essenciais para a tomada de decisão

Quer saber quais indicadores de RH priorizar? Então, veja os 8 principais a seguir:

1. ROI em treinamentos

O setor de RH é o responsável por investir em treinamentos para os novos funcionários ou pessoas que já trabalham há algum tempo na empresa, mas precisam passar por uma atualização. É muito importante medir o retorno sobre esse investimento, pois isso mostra o quanto a empresa tem se dedicado a profissionalizar seus colaboradores, além de verificar se o gasto está dando resultados.

Para conseguir calcular o ROI, é necessário somar todos os custos relacionados aos cursos e treinamentos e comparar com os resultados obtidos. A análise poderá variar conforme o tipo de curso. Um treinamento voltado para vendas, por exemplo, tem seu resultado refletido no aumento delas.

Outro benefício do ROI é avaliar quais tipos de treinamentos estão sendo mais efetivos com a equipe. Investindo, assim em metodologias ou empresas que realmente deixarão os seus funcionários capacitados e engajados.

2. Turnover

O turnover é a taxa de rotatividade de funcionários dentro da empresa. Ou seja, é a frequência com que pessoas entram e saem do seu negócio. Uma empresa com uma alta rotatividade de colaboradores mostra que ela não está promovendo um bom ambiente de trabalho ou não está conseguindo selecionar corretamente os seus novos funcionários.

É importante que o setor invista em manter os seus funcionários o máximo de tempo possível dentro da empresa. Assim, ele ficará cada vez mais habituado com a rotina da instituição e do seu próprio trabalho, trazendo mais resultados.

Atualmente, existem quatro tipos de turnover: voluntário, involuntário, funcional e disfuncional. Entender sobre cada um deles ajudará a evidenciar o impacto que esse índice está trazendo para a empresa e o que deve ser feito para reduzi-lo.

3. Absenteísmo

É normal que, ocasionalmente, alguns funcionários precisem se ausentar da empresa, seja por motivos pessoais, seja para cuidar da saúde. Entretanto, se essa situação acontece com frequência, significa que tem algo errado.

Conheça a porcentagem de absenteísmo que seus funcionários têm e confira se os motivos são plausíveis ou não. Lembre-se de que a falta frequente influencia negativamente a produtividade daquele funcionário e, consequentemente, os resultados da empresa.

Além de entender os motivos das ausências, outra forma de diminuir os índices de absenteísmo é focar em fortalecer a cultura organizacional, além de implementar formas de manter toda a equipe engajada.

4. eNPS (Employee Net Promoter Score)

Derivado do Net Promoter Score, o eNPS serve para mensurar o grau de engajamento dos funcionários no ambiente de trabalho. Esse é um indicador de RH que é analisado diretamente com o colaborador, em que ele precisará responder a um questionário.

Uma pergunta clássica de eNPS é “Qual a probabilidade de você indicar a nossa empresa como um bom local de trabalho?”. Também são feitos questionamentos sobre o líder da equipe e os próprios produtos/serviços oferecidos pela instituição.

Uma forma de garantir a eficiência desse índice é explicar o que é e a importância do eNPS para o desenvolvimento da empresa. Além disso, pedir as respostas mais sinceras possíveis, para que a análise seja precisa.

5. Headcount

O headcount é o número de colaboradores que a empresa tem em seu quadro. Por mais que seja um indicador de RH simples, com ele, é possível melhorar a gestão estratégica da empresa por meio da análise dos colaboradores e adequando a força de trabalho à demanda necessária em cada setor.

A análise desse indicador evita que existam áreas na sua empresa com um número excessivo de colaboradores, enquanto outros setores estão com falta de funcionários, o que pode diminuir a produtividade, por exemplo.

6. Produtividade

O indicador de produtividade e desempenho mostra como os investimentos, assim como a própria habilidade do colaborador ou da equipe, estão se refletindo em suas atividades e nos resultados alcançados pela empresa. Um funcionário com uma alta performance mostra que consegue produzir mais e com menos índices de erros e retrabalhos.

Com o índice de produtividade, é possível controlar a eficiência dos processos feitos dentro da instituição, além de identificar e corrigir problemas e/ou danos na empresa. Isso faz com que a equipe consiga produzir mais e com maior qualidade.

7. Índice de reclamações trabalhistas

Esse é um indicador de RH importante para avaliar a eficiência da gestão com relação ao cumprimento das leis e normas trabalhistas. Além disso, o índice de reclamações trabalhistas também serve para avaliar a postura das políticas internas e como são solucionados os problemas relacionados à equipe dentro do ambiente de trabalho.

Uma empresa com muitas reclamações trabalhistas perde confiabilidade no mercado, além de fazer com que bons funcionários percam o interesse em atuar na instituição. Além disso, o negócio sofrerá prejuízos financeiros no futuro, com a possibilidade de pagamento de multas e indenizações.

8. Custo per capita de benefícios

Assim como é necessário analisar os colaboradores, também é preciso verificar como está a sua vantagem competitiva frente aos concorrentes com relação à remuneração. O custo per capita de benefícios mostra um comparativo entre o ganho bruto da empresa e o valor que está sendo utilizado para pagar os benefícios de cada um dos funcionários.

Conhecer esse índice pode ser um importante aliado na hora de atrair e reter funcionários, já que benefícios e bonificações são ótimas formas de manter uma equipe engajada e feliz em estar na sua empresa, evitando que parte dela decida ir para a concorrência por encontrar melhores opções de crescimento e remuneração.

Assim, entendendo a importância dos indicadores de RH e conhecendo alguns deles, você fará uma análise mais precisa e completa de como está a empresa. Além disso, conseguirá propor melhorias no setor para que os colaboradores possam produzir mais e melhor.

Que tal usar a tecnologia para ajudar nessas avaliações? Baixe o e-book “como a tecnologia pode melhorar a gestão de RH” e otimize agora mesmo o seu setor!

calculo turnover

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *